Kelps Lima diz que Polícia Militar está sendo alvo de “doutrinação ideológica”

O deputado estadual Kelps Lima (SDD) falou nesta quarta-feira (16), durante sessão da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, que a Polícia Militar do estado estaria sendo alvo de “doutrinação ideológica”. Segundo o parlamentar, os policiais estão recebendo orientações para não interferir em manifestações realizadas por grupos de esquerda no Estado.

“Os policiais estão sendo vítimas de doutrinação política ideológica. Foi realizada uma reunião e dito aos PMs que se houver qualquer manifestação com viés de esquerda no RN a polícia não pode interferir. A orientação que está sendo dada não tem relação com a manifestação ser pacífica ou não. Está ocorrendo ordem para que se manifestação for de partidos de esquerda ordem é não interferir”, disse o deputado.

Kelps disse que os PMs não podem aceitar este tipo de orientação e colocou o mandato a disposição para receber denúncias do tipo. “Vamos abrir investigação na Assembleia. O Estado e a PM não podem ser manipulados ideologicamente por qualquer que seja o viés. Onde houver desordem, uso de violência, interfiram sim”, completou.

Outro problema abordado pelo deputado em relação a PM foi a falta de efetivo. De acordo com o deputado, 80 PMs fazem atualmente a segurança pessoal da governadora do Estado. Enquanto isso, 52 homens cuidam do policiamento para mais de 100 mil habitantes em determinada área da zona Norte de Natal.

ARMAÇÃO FAMILIAR: Gustavo Soares pode ser substituído por Lula em Outubro na disputa pela Prefeitura do Assú


E os “soares” surpreendem a cada dia e inovam no quesito armação e enganação, agora, vazou uma conversa nos bastidores da política assuense, de que em outubro, o prefeito Gustavo anunciará a impossibilidade de ser candidato na chapa que encabeça, e será substituído pelo seu primo, Lula Soares, que passará a ser o candidato a prefeito, e manterá Fabiele Bezerra como vice.

A armação surgiu depois da desistência anunciada por Gustavo de que não seria candidato a reeleição, e diante da rejeição do grupo em achar um nome que pudesse enfrentar o ex prefeito Ivan, com isso, arquitetaram essa, Gustavo aceitou ser o candidato, mas com a condição de desistir no meio do caminho, assim, a chapa continua tendo na cabeça, um Soares.

Essa armação ensaiada nem vai pegar todo o grupo de surpresa, pois para quem analisa os fatos, já era esperado, é só observar a dedicação que Gustavo vem tendo como candidato, passa semanas fora da cidade, não vai a convenções de aliados de sua base, e deixa a vice sozinha na maior parte do tempo.

Cristiane Dantas lamenta índices do Ideb no Rio Grande do Norte

O baixo índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) no RN, referente a 2019, divulgado nesta terça-feira (15), foi o tema do pronunciamento da deputada estadual Cristiane Dantas (SDD) durante sessão ordinária nesta quarta-feira (16), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

“O Estado apresenta um dos quatro piores desempenhos do País no Ensino Médio. Para se ter uma ideia, 30,1% das escolas estaduais que participaram do levantamento tiveram índice abaixo de 3,1. A soma da média das escolas é de 4.2, o que reflete a qualidade do ensino público do nosso Estado”, lamentou.

Cristiane mostrou preocupação também com esse índice para 2020. “Em 2020 a pandemia irá acarretar um prejuízo ainda maior para os alunos do ensino público”, preocupou-se.

A parlamentar alertou à Secretaria Estadual de Educação para os prejuízos que a pandemia deixará para os alunos da 3ª sério do ensino médio que farão a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). “A Secretaria de Educação precisa montar uma estratégia, um programa que permita que os prejuízos a esses alunos sejam minimizados. Que corram atrás do prejuízo permitindo que esses alunos tenham a oportunidade de competir nessa prova tão concorrida”, cobrou.

O Ideb é um índice que vai de 0 a 10, criado em 2005 pelo Ministério da Educação para avaliar o desempenho e estipular metas para a educação brasileira. O índice é divulgado a cada dois anos e calculado com base em dois fatores: índices de aprovação/reprovação dos alunos e de abandono dos estudos, medidos no Censo Escolar; notas em provas de português e de matemática no Sistema de Avaliação da Educação Básica.

Testagem da vacina e cuidados do poder público com os animais são temas debatidos na ALRN

A pandemia, políticas de proteção animal e as condições das estradas estaduais pautaram o horário destinado aos deputados, durante a sessão ordinária desta terça-feira (16), na Assembleia Legislativa.

O primeiro deputado a usar a palavra foi Vivaldo Costa (PSD), que celebrou a ampliação do número de voluntários para a testagem da vacina de Oxford e a inclusão de Natal nas cidades autorizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

“Em vez de 5 mil serão testados 10 mil voluntários, trabalhadores da Saúde, pelo Centro de Pesquisas Clínicas de Natal (CPClin). Adultos acima de 18 anos, profissionais de saúde e trabalhadores que desempenham funções de alto risco no combate ao novo coronavírus. Nessa etapa também será permitida a entrada de idosos”, esclareceu o parlamentar que também é médico.

Leia maisTestagem da vacina e cuidados do poder público com os animais são temas debatidos na ALRN

Joselito Curinga oficializa candidatura a vereador e pode ser destaque na renovação do Legislativo Assuense


Joselito Curinga oficializou sua candidatura a vereador, pelo Partido Republicano no intuito de fidelizar projetos de cunho social junto aos governantes, incentivando e valorizando a qualificação profissional e consequente inserção no mercado de trabalho.

Enquanto vereador, busca propor soluções e estrategias para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos assuenses. O vereador eleito de forma democrática desempenha um papel fundamental para a harmonia do processo político, cabe a ele a responsabilidade de fiscalizar a atuação do poder executivo e propor alternativas para o desenvolvimento pleno do município onde atua, e é pensando nisso que Joselito está disputando uma vaga no legislativo da cidade de Assu, prometendo ser uma renovação que a Câmara municipal e a população almeja do cidadão que ocupa um cargo público.

Casado e residente no município, tem nível superior em Gestão de Recursos Humanos e especializado em Gestão Escolar, agregado a cursos de extensão Universitária em formação de líderes, administrou uma Instituição de renome nacional, o Senac em Assú, por 14 anos, onde desenvolveu um trabalho voltado para a educação profissionalizante, beneficiando jovens e adultos através de projetos sociais.

Nesse período, com o suporte institucional e no propósito de gerar emprego e renda à população de baixo poder aquisitivo, firmou parcerias com gestores municipais da região do Vale do Assu/RN, contribuindo para o aquecimento da economia e transformando a vida de inúmeros cidadãos.

Leia maisJoselito Curinga oficializa candidatura a vereador e pode ser destaque na renovação do Legislativo Assuense

BALDE DE ÁGUA FRIA: Prefeito do Assú não prestigia convenção do Partido Verde de apoio a sua reeleição

O partido verde (PV) de Assú, que tem como presidente da legenda no município, Marcos Miranda, resolveu fazer um grande evento para demonstrar sua empolgação no projeto de reeleição do atual prefeito da cidade Assú, Gustavo Soares, mas não contava com a falta de consideração do prefeito em não comparecer ao evento.

O evento que foi realizado ontem, contou com a presença dos apoiadores do partido, da candidata a vice-prefeita Fabiele Bezerra, mas o prefeito Gustavo, resolveu dá um banho de água fria na empolgação do PV.

O prefeito Gustavo que passou mais de uma semana ausente na cidade, voltou apenas para homologação da sua candidatura, e logo depois sumiu de novo, comprovando mais uma vez sua falta de consideração com os aliados.

Que respeito tem um candidato que sequer vai a convenção de um partido aliado? Coisas que não dá pra entender!

Operação da PF em contratos do COVID pode chegar a Assú

A Polícia Federal tem realizado em todo o país, investigações que apura irregularidades em contratos relacionados ao combate à Covid-19, e tudo indica que pode chegar na cidade do Assú, já que foram publicados diversos contratos milionários nesse período de pandemia.

Em Pernambuco, a Operação Desumano mira a contratação de Organização Social de Saúde (OSS) para gerenciamento de serviços de saúde com recursos do Ministério da Saúde, segundo a PF.

Em Assú, um dos gastos mais suspeitos, é a Prefeitura ter contratatado testes do Covid após o período critico da pandemia, fora os outros contratos celebrados, alguns supostamente sem necessidade como banheiros e tendas, dentre outros.

Mas há quem diga que será dificil a Prefeitura do Assú não ser alvo em face aos desmandos realizado sob orientação do prefeito Gustavo, já que nada fez o número de infectados diminuir na cidade, indicando que há algo de muito errado.

Operação contra Crivella causa baixa em peça-chave da campanha de Eduardo Paes

Eduardo Paes e Marcelo Faulhaber Foto: Carlos Ivan / Agência O Globo

Deflagrada na quinta-feira passada, a operação que investiga o suposto “QG da Propina”, na Riotur, atingiu em cheio o grupo político do prefeito Marcelo Crivella (Republicanos) e criou uma saia-justa no comitê do adversário Eduardo Paes (DEM), que tenta voltar ao cargo. Marqueteiro de Crivella na vitória de 2016, o economista Marcello Faulhaber era até a semana passada um dos principais estrategistas de Paes na atual campanha, mas, após ser alvo de mandado de busca e apreensão, foi afastado do posto-chave e teve o papel na campanha minimizado.

O Ministério Público do Rio (MP-RJ) investiga a suspeita de que o grupo político de Crivella recebeu dinheiro para direcionar licitações e regularizar pagamento de fornecedores na prefeitura. Na representação do MP-RJ à Justiça, são reproduzidas várias conversas de Faulhaber com Rafael Alves, acusado de ser um dos principais operadores do esquema. Ambos trocaram 11,2 mil mensagens por WhatsApp entre junho de 2017 e setembro de 2018 — período em que Crivella já ocupava o cargo. O marqueteiro reclamava com Alves por não ter recebido o que havia combinado por prestar consultorias para o governo e ameaçava ir ao Ministério Público contar tudo o que sabia sobre Crivella.

O papel de Faulhaber no governo Crivella não foi bem visto no entorno do prefeito. Ao economista, é atribuída a iniciativa de reduzir ao mínimo os cargos de chefia nos primeiros meses de gestão. A medida afetou a rotina da prefeitura, porque deixou postos estratégicos sem comando em áreas como financeiro e de emissão de licenças. No primeiro mês, a emissão da folha de pagamento correu o risco de atrasar , porque, até meados de janeiro, não havia quem autorizasse os pagamentos.

Leia maisOperação contra Crivella causa baixa em peça-chave da campanha de Eduardo Paes

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: