França bate recorde de mais de 52 mil casos diários de Covid-19

França bate recorde de mais de 52 mil casos diários de Covid-19

A França registrou de ontem para hoje 52.010 mil novos casos de Covid-19  —um novo recorde diário após o país contabilizar 45.422 no sábado.

No total, a França acumula 1.138.507 casos da doença desde o início da epidemia. De ontem para hoje, 116 pessoas morreram da doença, elevando o número de mortos para 34.761.

Collor é pego cochilando durante sabatina de Kassio Marques

O senador Fernando Collor de Mello (PROS-AL) foi pego cochilando durante a sabatina de Kassio Nunes Marques para o Supremo Tribunal Federal (STF).

No momento em que o senador dava algumas “pescadas” no Senado, a Polícia Federal realizava ação de busca e apreensão em imóveis dele, que é acusado de participação em esquema de pagamento de propinas para a obtenção de licenças ambientais para a instalação de um porto no Paraná.

Em nota à CNN, Collor afirma: “Fui surpreendido hoje com este ato inusitado. Fizeram busca e nada apreenderam, até porque não tinha o que ser apreendido. Vou tentar apurar a razão deste fato de que fui vítima. Nada tenho a temer. Minha consciência está tranquila”.

CNN Brasil

Com EUA e outros quatro países, Brasil se une a aliança contra aborto

O Brasil assinou na última quinta-feira (22) a Declaração Consensual de Genebra, acordo internacional firmado em parceria com os Estados Unidos, Egito, Hungria, Indonésia e Uganda, que tem como um de seus pilares garantir que “em nenhum caso o aborto seja promovido como um método de planejamento familiar.”

O documento foi assinado em conferência online, que contou com a participação dos ministros Ernesto Araújo, das Relações Exteriores, e Damares Alves, da Mulher, Família e Direitos Humanos. Ao todo, 32 países assinam a declaração, que contempla uma população de 1,6 bilhão de pessoas.

A declaração foca no que chama de “defesa do direito das mulheres” e “preservação da família como núcleo natural e fundamental da sociedade”.

Leia maisCom EUA e outros quatro países, Brasil se une a aliança contra aborto

Mercado de startups do Brasil caminha para ter melhor ano da história em 2020

Proposta do Marco Legal das Startups foi enviada ao Congresso Nacional na última semana

O ano de 2020 certamente se tornará inesquecível para muita gente – mas, para as startups brasileiras, as lembranças serão positivas. Mesmo com a pandemia e a crise econômica, o ecossistema brasileiro de inovação caminha para ter seu melhor ano da história nesta temporada. Os sinais até aqui são bons: segundo dados da empresa Distrito, que mapeia o setor, aconteceram 100 aquisições de startups entre janeiro e setembro, superando os anos de 2018 e 2019.

O número de aportes realizados em novatas também já tem recorde histórico de 322 cheques, superando o melhor ano do setor com folga – em 2017, foram 263 investimentos. E o volume total e aportes está em US$ 2,2 bilhões, completando 82% do que foi injetado no mercado em todo o ano de 2019.

“Esperamos que o último trimestre faça superar o ano de 2019, mas mesmo com crise a gente enxerga um mercado forte e muito aquecido”, diz Gustavo Araújo, presidente executivo da Distrito. “Só não estamos maiores em volume porque os investidores ficaram cautelosos no início da pandemia, mas a recuperação é em V, setembro foi um mês muito forte.” Só no mês passado, as startups brasileiras receberam US$ 843 milhões em investimentos. 

 

Leia maisMercado de startups do Brasil caminha para ter melhor ano da história em 2020

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: