fbpx

Com crise na saúde, desemprego e pandemia em alta, População reprova em 56% a gestão de Gustavo e Fabielle

As pesquisas servem para refletir de fato, a qualidade e responsabilidade de qualquer coisa, por isso foi realizado a pesquisa para ver a aprovação da população na gestão do prefeito Gustavo.

Para cada fato, as pessoas tiram conclusões que favoreçam seus interesses, e isso está bem claro na pesquisa divulgada pela TCM, que a gestão de Gustavo e Fabielle querem transformar 31,76% de pessoas que consideram como Boa e 11,26% como ótima , como se fosse algo muito bom, mas como está abaixo de 50%, desmascara o circo que eles montaram com uma opinião embasada no interesse próprio.

Na verdade, 56,98% reprovam a atual gestão que é marcada pela crise na saúde, falta de ações de combate a pandemia, desemprego, crise no setor econômico da cidade, e disseminação em massa do novo corona virus.

Uma boa gestão tem ter no minimo 51% de aprovação, e hoje, eles tem 31,76% e 11,26% com boa e ótima, respectivamente, totalizando apenas 43,02%.

O prefeito Gustavo a mando de seu irmão George, querem perverter os resultados e fazer uma midia falsa, mas pra falarem a verdade, precisam de um percentual bem maior.

PRIVILÉGIO: Prefeito de Macau paga a si próprio diária de 525 reais e 25 reais para servidor

O prefeito de Macau José Antônio, perdeu o bom senso, a noção e até a vergonha, e prefere dá privilégios a ele mesmo e deixar servidor “chupando o dedo”.

O prefeito além de ganhar um dinheirão, coloca suas diárias no valor de 525 reais (veja aqui), enquanto um trabalhador que necessita se deslocar até a capital, acompanhando paciente enfermo, recebe diária de apenas 25 reais (veja aqui), e a dele supera 21 vezes mais a do servidor do município, o que mostra claramente a disparidade de valores.

Essa é uma realidade que ninguém entende, pois mal dá para fazer uma refeição digna, e nem se hospedar em nenhum lugar, tendo em vista que o valor é muito baixo. Pelo visto, As promessas de campanha de José Antônio não passaram de conversa fiada, pois já demonstrou ser oportunista, e não dá a mínima para o servidor público de Macau.

Experimento sugere que desempenho da CoronaVac cai contra variante brasileira P1

Profissional de saúde prepara uma dose da vacina CoronaVac contra a Covid-19, desenvolvida pela empresa Sinovac da China Foto: YURI CORTEZ / AFP

Um experimento de laboratório conduzido na China sugere que a vacina CoronaVac tem desempenho menor contra a variante do coronavírus brasileira, a P1, assim como contra a sul-africana e a nova-iorquina. Contra as cepas britânica, da Califórnia, e a D614G (mutação que surgiu nos primeiros meses da pandemia), o imunizante teve desempenho semelhante ao observado contra a versão original do coronavírus. A cepa indiana não foi incluída no estudo. Os resultados foram publicados na revista científica Lancet, na quinta-feira.

Para avaliar a potencial resistência de novas variantes à neutralização induzida pelo imunizante, produzido no Brasil pelo Instituto Butantan em parceria com a Sinovac, pesquisadores avaliaram o soro do sangue de 93 profissionais de saúde saudáveis do Hospital Nanjing Drum Tower, em Nanjing, na China, antes e depois de receberem duas doses da vacina.

Eles testaram a resposta imune das amostras contra um vírus artificial, montado em laboratório, no qual adicionaram a proteína “spike” — responsável por forçar a entrada do vírus nas células humanas — de diferentes variantes do coronavírus.

Ao analisar o soro do sangue antes da vacinação, todos mostraram níveis indetectáveis de neutralização contra as sete variantes do Sars-CoV-2 testadas, como esperado.

Após a vacinação, 82% das amostras foram capazes de neutralizar o vírus da cepa “referência” do coronavírus, encontrada em Wuhan. Em comparação a ela, as amostras foram igualmente capazes de neutralizar as variantes D614G, B.1.1.7 (britânica) e B.1.429 (Califórnia).

No entanto, as variantes que possuem uma mutação no gene E484k apresentaram menor propensão a serem neutralizadas pelos anticorpos estimulados pela CoronaVac. Entre elas está a P1 (que emergiu em Manaus), assim como a B.1.526 (que emergiu em Nova York) e a B.1.351 (que emergiu na África do Sul). Contra essas variantes, a atividade neutralizante dos anticorpos caiu a cerca de um quarto daquela observada contra a cepa original do coronavírus.

O estudo é um experimento de laboratório em condições artificiais, portanto não reflete necessariamente as condições reais de uso do imunizante. Por isso, os pesquisadores recomendam trabalhos de vigilância epidemiológica:

“Nossos resultados ressaltam a necessidade de vigilância viral aprimorada e avaliação da eficácia da vacina atualmente autorizada contra variantes emergentes, especialmente na presença de E484K”, afirmam os autores.

Em abril, em uma análise interina realizada em Manaus, onde a variante brasileira P1 era predominante, a CoronaVac se mostrou 50% efetiva em prevenir adoecimento pela Covid-19 14 dias após a primeira dose. A pesquisa foi realizada pelo grupo Vebra Covid-19 e teve participação de mais de 67 mil profissionais de saúde.

O Globo

Salário de Marco Aurélio é pago pela “economia que eu segurei”, diz Bolsonaro

Gastos com publicidade oficial do governo Bolsonaro podem chegar a R$ 577  milhões em 2021 - Jornal O Globo

Jair Bolsonaro criticou hoje Marco Aurélio Mello, do STF, durante conversa com apoiadores. Segundo o presidente, o ministro “debochou” da ação apresentada à corte contra decretos estaduais com medidas restritivas por conta da pandemia.

Mais cedo, Marco Aurélio afirmou à CNN que a ação de Bolsonaro era “uma perda de tempo”. Para o ministro, o pedido “tem conotação política, para atribuir ao Supremo a responsabilidade”.

Bolsonaro respondeu dizendo que o salário do ministro está sendo pago por causa das medidas adotadas pelo governo.

“Quem segura o salário dele é a economia que eu segurei com as medidas para compensar as demissões que iriam acontecer em massa.”

O presidente disse ainda que “um ministro não pode pré-julgar nada”“Ele vai embora agora em julho. Não pode agir dessa maneira.”

O antagonista

 

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: