fbpx

Hermano Morais comenta potencialidades do RN na geração de energias renováveis



A produção de energias limpas no Rio Grande do Norte pautou o discurso do deputado estadual Hermano Morais (PSB) durante sessão ordinária desta quarta-feira (14) na Assembleia Legislativa. Hermano destacou o fato de o RN ter ultrapassado a marca de 5GW de capacidade de produção de energia eólica, gerada pela força dos ventos, no mês de maio.

“O estado segue como líder nacional na produção da energia renovável, contando hoje com centenas de parques em operação, dezenas em construção e 64 já contratados. Somados todos os projetos”, destacou.

O parlamentar disse ainda que, considerando todas as fontes energéticas, a energia eólica representa 88% da produção no Estado, que há anos se tornou exportador de energia, ou seja, consome menos do que produz. “Para se ter uma ideia, apenas uma empresa instalada no Estado, garantiu contratos de R$ 6 bilhões, para serem investidos na geração de energia eólica, o que demonstra o quanto ainda podemos crescer nesse setor”, ressaltou.

Hermano Morais também reconheceu os investimentos realizados pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (Fiern), que criou o Instituto Senai de Inovação. “O Instituto Senai de Inovação em Energias Renováveis desenvolve sistemas de energias renováveis para as instalações industriais e residenciais. O que me deixa cada dia mais otimista pelo futuro do nosso RN”, finalizou.

Ministro Rogério Marinho está internado na Bahia

O Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, está internado em um Hospital na Bahia, desde a noite da última sexta-feira (16).

O Segundo a assessoria do Ministro, Rogério Marinho teve um mal-estar na noite passada, quando se deslocava para a cidade de Porto Seguro, na Bahia. Submetido a exames, foi diagnosticada uma obstrução arterial. Ainda durante a madrugada, o ministro passou por uma angioplastia para a colocação de um stent. Ele passa bem e deve receber alta nas próximas horas.

Rogério Marinho têm 57 anos e está de férias com a família na Bahia.

Benes consegue 32 milhões para saúde enquanto Fátima Bezerra perde recursos por não apresentar projetos


A governadora do RN Fátima Bezerra, tem tentado a sorte no RN e parece que só joga a política com melé bebo, ou seja, apostando em recursos federais para tocar a gestão do estado do RN, pois se for apostar na sua equipe e aliados, já vai à falência em questão de poucos meses.

A petista Fátima Bezerra quando assumiu o Governo, era ciente de que se não tomasse medidas drásticas estaria fadada ao desgaste de sua carreira política, e assim aconteceu, ela se omitiu e preferiu atender “caprichos” de aliados ao invés de trabalhar pelo desenvolvimento do RN, que envolveria enxugar a máquina pública, para que tivesse condições de focar em ações para gerar emprego e renda.

O desgaste de Fátima só ainda não está maior na pandemia, porque o Governo Federal envia muitos recursos financeiros que tem dado para ela fazer a dança das cadeiras, tirando daqui e dali, e conseguindo pagar a folha do mês em dia.

Mas com a vacinação chegando para todos, haverá diminuição dos repasses, e ela irá sentir na pele o tamanho do problema de não ter feito uma gestão eficiente.

Como se não bastasse, mesmo com tantos comissionados, ela não conseguiu elaborar sequer o projeto de uma das maiores avenidas da capital, a Roberto freire, e isso tem chamado a atenção da população, sobre o que é realmente importante pra ela. Garantir a aplicação ou perder recursos que melhoraria o fluxo mais eficiente da avenida?

Enquanto ela perde recursos, O deputado federal Benes como coordenador da bancada federal, conseguiu alocar recursos para saúde em várias regiões totalizando mais de R$ 32 milhões, mostrando que até como parlamentar federal dá para se trabalhar com eficiência, agora imagine o que não dá para fazer com a gestão do estado.

O trabalho de Benes junto a bancada conseguiu arrecadar R$ 6 milhões de aquisição de tomógrafos, R$ 10 milhões para aquisição de vacinas, e mais de R$ 16 milhões para custeio de serviçosde assistência hospitalar.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: