fbpx

Nelter Queiroz repercute caso de idoso que faleceu após ter atendimento negado no Walfredo Gurgel e critica saúde pública do RN

O recente caso de um idoso que procurou atendimento na rede estadual de saúde e que foi a óbito sem conseguir assistência médica foi o tema do pronunciamento do deputado Nelter Queiroz (MDB) na sessão plenária híbrida desta terça-feira (9). O parlamentar fez um apelo para que o governo priorize a pasta da Saúde.

“Venho acompanhando os problemas na saúde pública do RN e no último final de semana tivemos um vídeo que tomou conta nas redes sociais de um comerciante do bairro Mãe Luiza, que procurou o Hospital Walfredo Gurgel infartado e foi negado o atendimento. Muitas  pessoas já faleceram na pandemia, outras estão em casa com sequelas, morrendo ‘à míngua’ por falta de apoio do governo que abandonou as pessoas mais simples”, criticou o parlamentar.

Nelter disse que recebeu informações de que o salário dos médicos intensivistas não está em dia. “Faço um apelo para o governo colocar em dia o salário dos médicos da UTI. Os médicos do Walfredo Gurgel estão há cinco meses com atraso e paralisaram o atendimento”, destacou.

Ainda em seu pronunciamento, o parlamentar requereu a formação de uma comissão de deputados para visitarem in loco os hospitais públicos estaduais do Rio Grande do Norte.

PESAR

O deputado também apresentou voto de pesar pelo falecimento dos amigos Francisco de Assis da Silva e Rosineide Lima, que residiam na Serra de João do Vale.

Após denúncia do MPRN, Justiça determina novo afastamento do prefeito de Porto do Mangue

Deputado George Soares, Bibiano e Sael Melo reunidos com Vagner Araújo (Foto: Divulgação)

Hipoliton Sael Holanda Melo é investigado por usar a Prefeitura e empresa de fachada para fraudar licitações e desviar verbas públicas. Ele já havia sido afastado do cargo em junho deste ano por obstruir as investigações

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) obteve novo afastamento do prefeito de Porto do Mangue, Hipoliton Sael Holanda Melo, por 120 dias. A decisão do Tribunal de Justiça é resultado de uma denúncia do MPRN pela prática dos crimes de falsificação de documentos públicos e utilização para falsear a verdade dos fatos apurados em investigação criminal.

Sael Melo já havia sido afastado do cargo durante a operação Terceiro Mandamento, deflagrada pelo MPRN em junho deste ano, justamente por embaraçar as investigações, mediante a omissão no cumprimento de requisições ministeriais de fornecimento de documentos públicos para apuração de ilícitos. Na mesma ocasião, foi afastado o gerente contábil do Município, Elizeu Dantas de Melo Neto.

As investigações sobre esquema fraudulento foram iniciadas em 2020 e a suspeita é de que uma empresa do ramo de comércio de materiais de construção, de nome fantasia “Deus é Amor”, estaria sendo utilizada pelo prefeito, pelo gerente contábil e por outras pessoas para o cometimento de fraudes. Desde 2017, essa empresa, instalada em casebre da cidade e constituída em nome de laranjas, foi contratada ao menos dezoito vezes pela Prefeitura, tendo recebido a quantia de R$ 2.359.673,67 a título de remuneração decorrente dos contratos públicos firmados.

Segundo o MPRN, as investigações apontam para a suspeita da existência de um grupo criminoso, gerido pela alta cúpula da Administração Municipal, voltado à utilização de empresas para celebração de contratos fraudulentos com o Município de Porto do Mangue.

Na decisão do Desembargador Saraiva Sobrinho, além do afastamento do prefeito de Porto do Mangue, que já se encontrava afastado do cargo por decisão anterior do desembargador Cornélio Alves, foi determinada a suspensão, também por 120 dias, dos servidores Jousimar Edivagner Matias Moura, Maria de Jesus de Holanda Paiva e Karla Yara Santiago de Sousa das funções exercidas na Prefeitura de Porto do Mangue, por terem concorrido com o prefeito para a falsificação de documentos públicos. Foi proibido ainda o acesso de todos os acusados às dependências dos órgãos integrantes da estrutura municipal e determinada a proibição dos requeridos de se comunicarem entre si, bem assim com os investigados no PIC 0808157-96.2020.8.20.0000 ou as testemunhas/declarantes ouvidas na investigação ou arroladas na petição inicial da Ação Penal Originária.

Após a notificação pessoal, os acusados terão um prazo de 15 dias para oferecer resposta à acusação.

Clique aqui para ler a decisão do TJRN.

Fábio Faria vai se filiar ao Partido Progressistas e poderá ser o vice de Bolsonaro nas eleições de 2022

O ministro das Comunicações Fábio Faria deverá se filiar ao Partido Progressistas (PP) nos próximos dias. A expectativa é que ele seja alçado ao posto de vice em uma chapa com o presidente Jair Bolsonaro nas eleições presidenciais de 2022. Nesta segunda-feira (8), Bolsonaro confirmou sua filiação ao Partido Liberal (PL) para o próximo dia 22 em Brasília, em um grande ato que reunirá os membros das duas legendas.

Com a ida de Bolsonaro para o PL, fica acertado entre as duas siglas que o PP, partido do ministro da Casa Civil Ciro Nogueira, será o responsável por indicar o candidato a vice na chapa do presidente em 2022, para reeleição. Seria uma espécie de recompensa por ter sido preterido pelo presidente. E, com Fábio se filiando ao partido, ele seria o escolhido para ocupar a cadeira que hoje pertence ao general Hamilton Mourão (PRTB).

A assessoria de imprensa de Fábio Faria confirmou que ele cumpriu uma corrida agenda política em São Paulo e, de lá, viajou para Glasgow, na Escócia, para outros compromissos. Sobre a possibilidade de ele ser vice em uma chapa presidencial, fomos informados que a pré-candidatura dele ao Senado estava mantida. Fábio, outro dia, disse que seria candidato “ao que Bolsonaro quiser”.

Com a possibilidade de Fábio ser vice na chapa com Bolsonaro, acabaria o clima de incertezas e disputas veladas entre ele e seu colega e conterrâneo Rogério Marinho, ministro do Desenvolvimento Regional (MDR), já que ambos são aliados do presidente e desejam receber o apoio do Planalto para suas pré-candidaturas ao Senado pelo Rio Grande do Norte.

Caso a chapa se concretize, o caminho para Rogério Marinho ter o tão desejado apoio do presidente ao Senado ficará livre e confortável para todos os envolvidos. E Marinho segue firme em seu propósito, com várias liberações de recursos sendo feitas no Estado. Somente nesta segunda, o MDR liberou R$ 1,1 milhão para a continuidade do saneamento integrado nos bairros de Nossa Senhora da Apresentação e Lagoa Azul, na zona Norte de Natal.

Portal 98Fm Natal

Bolsonaro avisa que vai se filiar ao PL

O presidente Jair Bolsonaro durante cerimônia para o anúncio de investimentos para o Programa Águas Brasileiras.

Numa conversa telefônica nesta segunda-feira (8), o presidente Jair Bolsonaro confirmou ao presidente do PL, o ex-deputado Valdemar Costa Neto, a decisão de se filiar ao partido para disputar a reeleição em 2022.

Antes de decidir pelo PL, Bolsonaro também conversou com o ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira, presidente licenciado do PP.

Para Costa Neto, Bolsonaro disse que Ciro Nogueira entendeu os argumentos para a filiação ao PL. Antes, havia negociação para Bolsonaro se filiar com seu grupo político ao PP.

Pesou favoravelmente ao PL a maior liberdade para escolha de candidatos majoritários nos estados, especialmente para aqueles que devem disputar uma vaga de senador.

No PP, havia resistência à filiação de Bolsonaro em alguns estados do Nordeste, como Bahia, Pernambuco e Paraíba.

Pela negociação em curso, o PP deve escolher o candidato a vice na chapa de Bolsonaro. E o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), terá apoio para disputar a reeleição para o comando da Casa.

A expectativa é que cerca de 15 deputados federais bolsonaristas acompanhem o presidente. Atualmente, esses deputados estão filiados ao antigo PSL – que se fundiu com o DEM para criar o União Brasil.

Há dois anos sem partido, Bolsonaro faz um movimento de casamento definitivo com o Centrão.

A intenção é fazer um palanque em 2022 que inclua também o Republicanos.

Fonte: Blog do Gerson Camarotti

 

Festas em Assú acontecem apenas se forem do ex-sócio do deputado George Soares e pode prejudicar outros empresários

Em Assú as situações se não fossem cômicas, com certeza seriam trágicas, pois os casos de pessoas com COVID que tem aumentado não é de hoje, mas para a gestão do prefeito Gustavo comandada pelo deputado George só percebem prestes a realização de eventos de empresários que não incluem o ex-sócio do parlamentar.

As festas em Assú que o ex-sócio e amigo do deputado George, Karume Nascimento, estão para acontecer não importa se existem crescimento em casos de Covid, e assim, as festão não sofrem nenhum impedimento, pelo contrário, até são incentivadas.

Mas se a festa que for acontecer em Assú não for do ex-sócio, a gestão atrapalha e por força de lei pode até impedir, prejudicando vários empresários, e impedindo que exista a livre disputa na economia, desfavorecendo quem não é do seu grupo político.

Resta saber até onde vai essa cara de pau da atual gestão para prejudicar pessoas de bem, e de tabela criando uma pobre economia para as pessoas que moram e vivem em Assú.

Nelter Queiroz solicita investimentos na rede pública de Saúde

O recente caso de um idoso que procurou atendimento na rede estadual de saúde e que foi a óbito sem conseguir assistência médica foi o tema do pronunciamento do deputado Nelter Queiroz (MDB) na sessão plenária híbrida desta terça-feira (9). O parlamentar fez um apelo para que o governo priorize a pasta da Saúde.

“Venho acompanhando os problemas na saúde pública do RN e no último final de semana tivemos um vídeo que tomou conta nas redes sociais de um comerciante do bairro Mãe Luiza, que procurou o Hospital Walfredo Gurgel infartado e foi negado o atendimento. Muitas pessoas já faleceram na pandemia, outras estão em casa com sequelas, morrendo ‘à míngua’ por falta de apoio do governo que abandonou as pessoas mais simples”, criticou o parlamentar.

Nelter disse que recebeu informações de que o salário dos médicos intensivistas não está em dia. “Faço um apelo para o governo colocar em dia o salário dos médicos da UTI. Os médicos do Walfredo Gurgel estão há cinco meses com atraso e paralisaram o atendimento”, destacou.

O deputado também apresentou voto de pesar pelo falecimento do amigo Francisco de Assis da Silva, que residia na Serra de João do Vale.

Coordenador de Análises Criminais do RN é preso por disparos de arma de fogo e ameaça a vizinhos

Marcas de tiros que teriam sido disparados pelo coordenador da Secretaria de Segurança do RN contra vizinhos  — Foto: Cedida

O coordenador de Análises Criminais da Secretaria Estadual de Segurança Pública do Rio Grande do Norte, Ivênio Hermes, foi preso na noite desta segunda-feira (9) por atirar contra uma família em uma casa na avenida Praia de Pirangi, em Ponta Negra, Zona Sul de Natal.

Ele foi autuado por disparo de arma de fogo e ameaça.

A confusão aconteceu com um dos vizinhos do coordenador. O uruguaio Pablo Sanchez é instrutor de surf, casado e pai de três filhos, de 13 anos, 9 anos e um bebê de um ano e quatro meses.

A vítima contou que os filhos estavam sendo acusados de tocar a campainha da casa de Ivênio Hermes repetidas vezes e que o coordenador teria se irritado com as crianças.

O homem disse que foi à casa do coordenador da Sesed para dizer que não eram os filhos dele quem estava fazendo aquilo, mas provavelmente outras crianças da rua. Porém Ivênio teria começado a bater boca com o pai das crianças, pegou uma arma e seguiu a família até a casa dela, onde realizou pelo menos seis disparos.

“Passaram pela frente de uma casa e um vizinho achou que tinham tocado a campainha dele, mas o fato não condiz, porque meus filhos vinham com as duas mãos ocupadas com sacolas e meus filhos são muito respeitosos. Quando chegaram em casa, me falaram que um vizinho tinha ameaçado eles. Fui tomar satisfação, ele me xingou eu o xinguei e ele ameaçou a gente. Nunca imaginei que ele iria atrás da gente”, contou o instrutor.

Fotos feitas pelo uruguaio mostram as marcas dos tiros e a Polícia Militar recolheu quatro projéteis de pistola na casa da vítima. O homem contou em depoimento que o coordenador atirou nele e nos filhos.

“Ele chegou dentro da minha casa e atirou. Eu não sabia que ele era uma pessoa importante. Não tenho intenção de incomodar ninguém, mas não posso permitir que entre uma pessoa em minha casa, atirando por causa de uma campainha”, disse.

Apesar das cápsulas de pistola, ao ser detido pelo 5º Batalhão da PM, Ivênio apresentou um revólver na delegacia, que foi apreendido. O coordenador é casado com uma policial civil, que esteve com o marido na delegacia.

Ivênio não deu declarações à imprensa. Em versão registrada pela Polícia Militar e relatada no boletim de ocorrência, Ivênio disse que teria sido ameaçado pelo vizinho.

A Secretaria de Segurança Pública informou que as providências foram tomadas, com apuração dos fatos pela Polícia Civil. As penas correspondentes aos crimes superam o limite da fiança. Por isso, ele permaneceu preso e deverá ser encaminhado para audiência de custódia nesta terça-feira (9).

G1RN

Transformações e desafios do novo ensino médio são discutidos na AL

A tarde desta segunda-feira (8) foi de intensos debates na Assembleia Legislativa do RN. Por iniciativa da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Crianças e Adolescentes, liderada pelo deputado Hermano Morais (PSB), foi promovida audiência pública para discutir as mudanças e os desafios do Novo Ensino Médio na rede pública do RN.

“Hoje nós vamos tratar de um assunto que vem sendo discutido há muito tempo, mas que ganha corpo agora pela proximidade das mudanças profundas no ensino médio brasileiro, estabelecidas pelo Ministério da Educação. Estamos aqui para discutir sua implantação já a partir de 2022, atendendo aos interesses de todos os estudantes do Estado”, iniciou Hermano.

A audiência contou com a presença de atores envolvidos no assunto, como representantes dos alunos e professores, das universidades, secretarias municipal e estadual de Educação, além dos conselhos de educação.

De acordo com Hermano, o objetivo da reforma é tornar o ensino médio mais atraente e moderno, de forma a estimular criatividade e inovação. “Após a reformulação curricular, teremos apenas três matérias obrigatórias: Português, Matemática e Inglês. As outras serão escolhidas pelo aluno, conforme seu campo de atuação. A ideia é dar mais autonomia para os estudantes definirem os rumos da sua Educação, de acordo com suas afinidades, interesses e objetivos para o futuro profissional”, detalhou.

Ainda segundo o deputado, estudiosos dizem que a reforma ajudará a combater a estagnação dos índices de desempenho dos estudantes brasileiros. “É gritante a distorção que há entre as etapas da educação básica. No ensino médio é onde estão as maiores taxas de abandono, reprovação e atraso escolar. Então existe a necessidade de estimular o jovem para que ele possa não só concluir o ensino médio, mas prosseguir para o ensino técnico e/ou superior”, disse.

Abrindo os discursos da Mesa dos Trabalhos, o subcoordenador do ensino médio da Secretaria Estadual de Educação, professor Manoel Tavares Neto, fez uma explanação histórica e contextualizada da situação, de 2014 até os dias atuais.

“Tudo começou em 2014, com o Plano Nacional de Educação. Houve discussões, foi criada uma medida provisória e, mais tarde, uma lei, que sofreu algumas críticas. Em 2018, vieram as Diretrizes Nacionais do Ensino Médio, que estabeleceram, de forma mais clara, o que os estados deveriam fazer. Após, veio a Base Nacional Comum Curricular para a etapa do Ensino Médio, que estabeleceu um cronograma nacional para que os estados elaborassem seus referenciais curriculares e começassem a implementação da lei. A partir disso, haverá a base nacional e a parte diversificada, chamada de Itinerários Formativos”, explicou.

Leia maisTransformações e desafios do novo ensino médio são discutidos na AL

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: