fbpx

TRE-RN fará campanha “Confirme Vida. Doe Sangue”

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN) realizará, em parceria com o Hemonorte, a campanha “Confirme Vida. Doe Sangue” que tem como objetivo incentivar a doação e aumentar o número de bolsas de sangue disponíveis no Estado. A ação, que faz parte das comemorações dos 90 anos da Justiça Eleitoral, terá início no dia 6 de maio, a partir das 9h, em Natal.

“Doar sangue é ter a possibilidade de compartilhar o que temos de mais valioso: a vida. E para reforçar a importância da doação de sangue, sensibilizar novos doadores e fidelizar os que já existem, o TRE-RN está promovendo a campanha “Confirme Vida. Doe Sangue. Queremos incentivar não só os servidores da Justiça Eleitoral, mas também toda a população do Rio Grande do Norte”, disse o presidente do TRE-RN, desembargador Gilson Barbosa.

A campanha não é destinada apenas para os servidores do TRE-RN. A ideia é que toda a população, desde que cumpra os requisitos determinados, participe desta ação solidária. Haverá mobilização em cinco polos do estado em diferentes datas:

* Natal (abertura da campanha):de 6 a 13 de maio. As doações podem ser feitas na sede Hemonorte (Av. Alm. Alexandrino de Alencar, 1800 – Tirol, Natal – RN, 59015-350)

* Mossoró: de 16 a 20 de maio. As doações devem ser feitas no Hemocentro Regional de Mossoró (Rua Projetada, s/n. Bairro Aeroporto – Mossoró / RN. CEP: 59.611-100)

* Currais Novos: 23 a 27 de maio. As doações devem ser feitas na Unidade de Coleta e Transfusão de Currais Novos (Rua Carnaúbas dos Dantas, 150. Bairro JK – Currais Novos/RN. CEP: 59.380-000)

* Caicó: 30 a 3 de junho. As doações devem ser feitas no Hemocentro Regional de Caicó (Rua Renato Dantas, 455. Centro – Caicó/RN. CEP: 59.300-000)

* Pau dos Ferros: 6 a 10 de junho. As doações devem ser feitas na Unidade de Coleta e Transfusão de Pau dos Ferros (BR 405 – km 03, nº. 19 – Bairro Arizona. Pau dos Ferros/ RN. CEP: 59.900-000)

Leia maisTRE-RN fará campanha “Confirme Vida. Doe Sangue”

Trajetória de Gustavo e Fabielle não sustenta discurso de investimento na educação e zelo pelo povo do Assú

Todo bom político sabe que sua trajetória tem que sustentar seu discurso, do contrário, ele pode ser enxergado pelo povo como mentiroso ou duas caras, que em época de campanha ou para movimentar suas redes sociais, usa de discursos fajutos e mentirosos.

Os discursos fajutos e mentirosos tem sido bem a cara da gestão de Gustavo e Fabielle, porque eles conseguem burlar todas as regras para contratação no setor público desde que convenham. Por exemplo, festas que custam milhões, inaugurações que precisam de montagens de tendas para eles armarem o circo e fazer as encenações, contratos emergenciais para diversos serviços, mas garantir que as escolas tenham climatização e amenizarem o sofrimento de alunos e professores, isso eles não conseguem.

As desculpas são muitas, uma delas foi dizer que a escola Nair Fernandes depende de projeto da COSERN para dar andamento, e esquecem que essa mesma empresa de energia é a maior interessada em fazer com que o aumento de consumo de energia se torne realidade, afinal eles vivem disso.

Então, quem é o cidadão que engole essa desculpa esfarrapada? A Prefeitura alega que enviou ano passado, então vamos imaginar que no pior caso, a empresa de energia é incompetente a esse ponto? E se for mesmo incompetente, a Prefeitura tem cobrado diariamente, abriu reclamação na ouvidoria para tentar agilizar tudo?

A Prefeitura do Assú não faz o que é realmente importante, como trabalhar duro para climatizar todas as salas nas escolas da cidade, mas conseguem facilmente a liberação para contratar e realizar um São João milionário, enquanto as escolas estão sem a mínima estrutura para receber os alunos, conseguem assinar um contrato emergencial de quase R$ 1 milhão para fornecimento de combustível, conseguem torrar milhões com iluminação de LED, mas as escolas continuam na pior situação.

VÍDEO: Fátima Bezerra boicota Mossoró Cidade Junina e tenta sabotar recursos do município, diz Fábio Dantas

O Governo do Estado não vai patrocinar o Mossoró Cidade Junina, a principal festa turística do Rio Grande do Norte fora da capital. A afirmação é do pré-candidato a governador do Rio Grande do Norte, Fábio Dantas, após checar com a prefeitura mossoroense se o Governo Fátima teria enviado de recursos para apoiar a festa e incentivar o turismo na maior cidade da região Oeste.

Ao saber da negativa, Fábio classificou a ação do Governo do Estado como boicote à gestão do prefeito Allyson, que tem 70% de aprovação popular e ofusca o PT de Fátima na cidade. “Comigo não vai ser assim. Vou prestigiar Mossoró na grandeza que a cidade merece”, afirma Fábio.

Além de classificar a atitude da governadora como boicote, Fábio disse que Fátima saiu de Natal na segunda-feira, 02 de maio, para ir a Mossoró criar um factóide, fazendo crer que estaria patrocinando o Mossoró Cidade Junina quando, segundo ele, ela foi entregar motocicletas financiadas pelo Governo Federal. As informações são do Blog do BG.

“Eu vi na imprensa que Fátima saiu de Natal para ir a Mossoró entregar 10 motocicletas e anunciar reforço do policiamento do Mossoró Cidade Junina quando, na verdade, o que se esperava é que o Governo patrocinasse a festa com recursos e enviasse efetivo com mais homens e diárias operacionais, mas isso, pelo que chequei, até agora não foi sinalizado. E as motos que foram entregues são benefícios do Governo Bolsonaro”, disse o pré-candidato.

Com informações do Terra Brasil Notícias

Nelter Queiroz cobra regularização salarial dos médicos da UTI do hospital regional do Assú e critica perseguição com motoristas de alternativos

O horário destinado aos líderes partidários, nesta terça-feira (3), na sessão plenária da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, foi marcado por cobrança do deputado Nelter Queiroz (PSDB) ao Governo do Estado. Na ocasião, o parlamentar usou a tribuna para cobrar da administração estadual o pagamento dos médicos lotados no Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos, localizado no município de Assú. De acordo com Queiroz, há cinco meses o pagamento está em atraso.

“O último pagamento recebido foi em novembro do ano passado. Cinco meses em atraso. Vou aguardar as providências. Por que atrasar até um mês, o profissional se aguenta, mas cinco meses não dá mais”, cobrou o deputado.

Nelter também denunciou possível perseguição por parte do Departamento Estadual de Estradas de Rodagens (DER) aos motoristas de transporte alternativo do Vale do Assú. “Os carros dos pais de famílias que trabalham fazendo linha estão sendo apreendidos e levados para o pátio do DER e isso implica em mais encargos cobrados a esses pais de família”, questionou.

No final do seu discurso, Nelter registrou moção de pesar pelas mortes de: Gilney Azevedo, caminhoneiro do município de Jardim do Seridó; Maria Eremita de Figueiredo, de Jucurutu; e aos familiares de Francisco Sobrinho (Titico), de Serra do Mel.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: