fbpx

Ivan Júnior critica gestão caótica de Fátima e afirma que o RN precisa de um governo que pense e trabalhe pelo desenvolvimento econômico e que gere empregos


O ex prefeito Ivan Júnior, em entrevista no fim de semana na Rádio Princesa em Assú, fez duras críticas à gestão de Fátima Bezerra que comanda o estado do RN, e disse que não ela não resolveu os problemas e enumerou vários na saúde, na educação, nas estradas, dentre outras áreas.

O ex prefeito afirma que o RN precisa de um governo que pense e trabalhe pelo desenvolvimento econômico, que estruture as regiões e que possibilite que as cidades possam voltar a prosperar e ter capacidade de investimento.

Ivan ainda destacou que o estado que não gera emprego, aumenta a violência, e isso acontece no RN, com o aumento da insegurança e da violência. Falou ainda, que um governo precisa trabalhar para criar alternativas e ampliar empregos, citou a Energia eólica e as fontes renováveis que poderiam ser ampliadas e potencializadas, mas Fátima Bezerra só dificulta, ao criar impostos para empresas que tentam se instalar no estado para gerar emprego.

IFRN abre inscrições para Programa de Iniciação Tecnológica e Científica nesta segunda-feira (23)

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) abre nesta segunda-feira (23) as inscrições para o Programa de Iniciação Tecnológica e Científica (ProITEC) 2022. O edital foi divulgado na sexta-feira (20) (confira aqui).

A instituição destaca que o programa tem o objetivo de intensificar a aprendizagem de estudantes de escolas da rede pública de ensino do Rio Grande do Norte. O curso de Formação Inicial e Continuada (FIC) ocorre na modalidade Educação a Distância (EaD), pelo Campus Natal-Zona Leste, e contempla as disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática e Ética e Cidadania.

Podem participar estudantes que estejam regularmente matriculados no 9º ano e que tenham cursado todas as séries (ou anos) anteriores (ou que tenham cursado todo Ensino Fundamental) em escolas públicas municipais, estaduais e federais.

As inscrições serão feitas pelo site da Fundação de Apoio ao IFRN (Funcern), até o dia 16 de junho. A taxa de inscrição custa R$ 30. Para solicitar isenção de pagamento da taxa, o estudante precisa preencher formulário de requerimento até 9 de junho.

O IFRN lembra que os candidatos homologados no ProITEC 2022 receberão, como material didático, um livro texto para subsidiar seus estudos. No ato de inscrição, o estudante deverá indicar em qual formato deseja receber o material: físico ou virtual. Todos os participantes receberão o material virtual. Para os que optarem também pela versão física, a entrega ocorrerá de forma presencial, no Campus do IFRN selecionado.

A avaliação do ProITEC ocorrerá de forma presencial e é composta por 40 questões de múltipla escolha de Língua Portuguesa, Matemática e Ética e Cidadania, com base nos conteúdos do Ensino Fundamental.

O ProITEC funciona também como uma preparação para o Exame de Seleção do IFRN, processo seletivo que dá entrada para os cursos técnicos integrados ao ensino médio. Todos os estudantes inscritos no ProITEC devem se inscrever também no Edital do Exame de Seleção, que deve ser publicado no dia 26 de setembro de 2022.

Governadora de George, Gustavo e Fabielle colocou RN como vice campeão na taxa de abandono escolar

Diga quem tu apoia, que te diremos quem és! Isso cai muito bem na cidade do Assú, pois o deputado George, o prefeito Gustavo e a ex vereadora e hoje vice Fabielle, apoiam com unhas e dentes a governadora Fátima Bezerra, que só tem colocado o RN ladeira abaixo, agora trata com descaso a educação, e se torna vice campeão na taxa de abandono escolar.

Dados do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) revelam que o Rio Grande do Norte foi o vice-campeão nacional de taxa de abandono escolar durante a pandemia, só ficando atrás do Pará.

O caos na educação durante a gestão da governadora Fátima Bezerra (PT) foi destaque no Jornal Nacional desta sexta-feira, 20.

De acordo com o Inep, a taxa de abandono entre os alunos médio no Brasil passou de 2,3 por cento em 2020 para 5 por cento em 2021. Já o Rio Grande do Norte foi o campeão disparado no Nordeste, com uma taxa de 14,7 por cento, quase o triplo da média nacional e mais do que o dobro da média dos nove estados nordestinos, que foi de 6,3 por cento.

Somente o Pará, com uma taxa de abandono escolar de 15,6 por cento, superou o Rio Grande do Norte. Apesar disso, a taxa média da região Norte, de 10 por cento, é bem menor do que o caos potiguar.

O censo escolar divulgado só confirma o que estava anunciado e foi se revelando durante a pandemia.

Com as medidas de isolamento social decretadas a partir de 2020, as escolas foram fechadas e os alunos mandados para casa, sem a menor estrutura. O governo do estado não investiu  na educação.

O Sindicato dos Trabalhadores na Educação (Sinte-RN) que já foi presidido pela hoje governadora, revelou em janeiro passado que os professores não receberam equipamentos nem treinamento adequado para ministrar aulas de forma remota. E nem apoio governamental.

A professora Cláudia Santa Rosa, ex-secretária estadual de Educação e presidente do Instituto de Desenvolvimento da Educação (IDE), apontou que o Estado não distribuiu chips aos alunos, promoveu exclusão tecnológica e aumentou o fosso que separa as escolas públicas das particulares.

O Ministério Público ajuizou Ação Civil Pública para obrigar o Estado a retomar as aulas presenciais. E dezenas de escolas públicas estaduais apresentavam problemas de estrutura física e falta de condições adequadas para a retomadas das aulas. Mesmo quase dois anos após o início da pandemia.

Os números do caos do RN mostram que a pandemia foi mundial, atingiu todo o Brasil, mas no Rio Grande do Norte fez mais estragos para os estudantes.

Assista a reportagem do JN aqui https://globoplay.globo.com/v/10595801/

Governadores possuem R$ 320 bilhões em caixa para gastar durante o ano eleitoral

27 governadores tomam posse nesta terça-feira | Política | G1

Anos eleitorais são marcados por entrega de obras e benesses governamentais. Mas desta vez, enquanto o governo federal precisa bloquear recursos para bancar despesas que vão custar mais do que o orçado, estados e municípios vivem um momento de bonança, com uma sobra de centenas de bilhões de reais. Esses entes da federação nunca tiveram tanto dinheiro em caixa quanto nos últimos três anos.

A sobra em caixa dos estados também aumenta a cobiça do governo federal, que vem tomando medidas para aliviar o bolso do consumidor passando o chapéu alheio, como a articulação para reduzir o ICMS, principal tributo estadual. A avaliação de um integrante do Executivo é que os governadores arrecadaram como nunca e não têm sensibilidade social neste momento: driblam o Congresso e se recusam a baixar o ICMS de produtos e serviços essenciais à população.

Um levantamento da economista Vilma Pinto, da Instituição Fiscal Independente (IFI), feito a pedido do GLOBO, mostra que os estados tinham, até o fim do primeiro bimestre deste ano, R$ 319,8 bilhões para gastar. Os municípios contavam com R$ 185,7 bilhões. Isso representa um total de R$ 505,5 bilhões brutos disponíveis em caixa.

Leia maisGovernadores possuem R$ 320 bilhões em caixa para gastar durante o ano eleitoral

Fábio Dantas critica Governo Fátima: “fraco, sem obras e sem desenvolvimento do RN”

“Sabem por que coloco meu nome à disposição do Rio Grande do Norte? Porque o Governo atual falhou. É fraco, sem obras e gestão”, disse o pré-candidato ao Governo do Estado, Fábio Dantas.

Fábio esteve neste sábado (21), nas cidades de Santa Cruz e Tangará.  Em reuniões com as lideranças políticas da região, o pré-candidato destacou a ineficiência da gestão atual do estado, sem ações de desenvolvimento.

Em Santa Cruz, Fábio Dantas participou de entrevista à Rádio Santa Cruz AM, com o jornalista Édipo Natan. Ele falou sobre as dificuldades que o RN tem enfrentado com uma gestão atual distante da população e que fará um governo empreendedor. Fábio destacou que a Governadora Fátima Bezerra ainda não resolveu a folha de pagamento do funcionalismo público potiguar.

O programa contou também com o pré-candidato Rogério Marinho, o deputado Tomba Farias e o prefeito de Santa Cruz, Ivanildinho.

Leia maisFábio Dantas critica Governo Fátima: “fraco, sem obras e sem desenvolvimento do RN”

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: