fbpx

ILEGALIDADE? Contratado da Prefeitura do Assú supostamente serve de motorista em carro do mandato de George Soares

O deputado George Soares, conhecido como “boquinha”, por está sempre se aproveitando das situações, pegando uma carona as custas dos outros, decidiu fazer uma coisa que o povo e a justiça não gosta muito.

Chegaram informações ao Blog do VT que um contratado/cargo comissionado que atua na Secretaria Municipal da Assistência Social, está dirigindo o carro oficial do mandato do deputado George Soares, gerando o maior bafafá na cidade.

Supostamente o cidadão que recebe salário da Prefeitura Municipal do Assú é cunhado de um secretário e que já foi inclusive cargo comissionado do gabinete de George.

Agora resta saber, não é ilegal utilizar os serviços de uma pessoa que recebe da Prefeitura para dirigir o carro de um pré candidato a reeleição?

A justiça eleitoral verá com bons olhos esse acúmulo de funções em benefício do deputado George, justamente com um cargo que recebe da Prefeitura que seu irmão é prefeito?

O blog está colhendo e averiguando as informações repassadas, para divulgar a foto.

Enfraquecido, George Soares perde primeiro apoio no Vale do Açu e mais turbulências podem abalar sua reeleição

O deputado George Soares, depois de sair do partido de seu ex mentor e padrinho político João Maia, tem sua primeira baixa na região do Vale do Açu, que foi o prefeito Valderedo, que assumiu publicamente o apoio ao projeto de reeleição do deputado estadual Raimundo Fernandes.

Com a perda do apoio do prefeito Valderedo de Ipanguaçu, George já mostra sinais claros de que está enfraquecido, pois a região do Vale tem garantido nas duas últimas eleições, uma votação que fizeram a diferença na contagem dos votos para garantir a sua reeleição.

Mesmo que o prefeito Valderedo seja um péssimo prefeito e com mandato por um fio diante da cassação, Ao perdê-lo, George sofre um baque e mais turbulências podem surgir ao longo desse mês de julho, que o farão perder mais apoios.

O prefeito Gustavo ganhou a eleição de 2020 por 5 votos de maioria, mostrando a cidade do Assú dividida, e de lá pra cá, já houve muito desgaste da gestão com muitas promessas não cumpridas, e tudo isso vai respingar no deputado George, e sua situação só se torna mais delicada a cada dia, porque com Valderedo fazendo campanha contra ele, sua votação  tende a diminuir.

Projeto de Lei Complementar acaba com direitos de servidores municipais de Natal

A Prefeitura do Natal protocolou na última terça-feira (14) o Projeto de Lei Complementar nº 15 (PLC 15/22), que dispõe de mudanças no regime de previdência municipal. O Projeto, que está em tramitação na Câmara Municipal em regime de urgência e deve ser votado em breve, altera as regras da aposentadoria especial, assim como as que norteiam atualmente o pagamento de precatórios. Além disso, estabelece também a criação de uma previdência complementar privada para servidores do município.

A presidente do diretório municipal do PSOL em Natal, Tatiane Ribeiro, denunciou em suas redes sociais, além do conteúdo do projeto, também a forma silenciosa como este foi protocolado pela prefeitura e recebido pela Câmara.

“Este é um projeto que acaba com direitos dos servidores públicos municipais”, afirmou Tatiane. “A Prefeitura nunca esconde quando faz um projeto que acha bom, mas quando é um projeto que mexe com a vida das pessoas, faz questão de mandar escondido, e a Câmara Municipal finge que não viu nada”, complementou.

O pré-candidato ao Senado pelo PSOL, Freitas Jr., questionou, também em suas redes sociais, o silêncio dos vereadores da cidade e se posicionou contrário às proposições contidas no Projeto.

“A Álvaro Dias e à Câmara Municipal, nós temos a dizer que o PSOL vai lutar contra mais essa reforma da Previdência, contra mais essas maldades, e garantir a aposentadoria e a dignidade dos nossos trabalhadores”, disse o pré-candidato.

Comissão da ALRN aprova criação do Departamento de Proteção a Grupos de Vulneráveis

Os deputados da Comissão de Administração, Serviços Públicos, Trabalho e Segurança Pública da Assembleia Legislativa do RN, aprovaram, em reunião na manhã desta quarta-feira (22), a criação do Departamento de Proteção a Grupos de Vulneráveis (DPGV). O projeto de lei complementar, de iniciativa da deputada Isolda Dantas (PT), tem como objetivo criar o departamento na estrutura orgânica da Polícia Civil do RN.

De acordo com o documento protocolado na Casa, “o departamento terá a finalidade de exercer atividades de polícia judiciária e de investigação criminal relacionadas às infrações penais em que as mulheres, pessoas idosas, crianças, adolescentes e pessoas com deficiência figurem como vítimas, bem como às infrações penais resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor e etnia, procedência nacional ou orientação sexual”.

De iniciativa do Governo do Estado, também foi aprovado na manhã desta quarta-feira, o projeto de lei complementar que dispõe sobre a Política Estadual de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e das Pessoas Intersexo (LGBTI) no RN. De acordo com destaque da justificativa, “o poder público, nas suas três esferas, tem por obrigação assegurar, prevenir, proteger, reparar e promover políticas públicas que busquem sempre a afirmação dos direitos humanos para toda a sociedade”.

Presidida pela deputada Cristiane Dantas (SDD) e com a participação dos deputados Souza (PSB) e Vivaldo Costa (PV), a 8ª reunião da Comissão de Administração, Serviços Públicos, Trabalho e Segurança Pública da Assembleia Legislativa do RN, ainda aprovou a instituição do auxílio-alimentação aos servidores do Instituto de Previdência dos Servidores do RN (IPERN), de autoria do Governo do Estado e, encerrando a votação, a iniciativa do deputado Jacó Jácome (PSD), que confere ao estado do Rio Grande do Norte o título de Destino do Sol do Brasil. “É muito mais que uma iniciativa, é uma ode a essa dádiva que o nativo conhece e precisa ser divulgada nacional e internacionalmente”, disse o relator, deputado Vivaldo Costa.

Legislativo doa equipamentos de informática para segurança pública do RN

O presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB), assinou nesta quarta-feira (22) convênio com as Polícias Militar e Civil para a doação de equipamentos destinados a segurança pública do Estado. Ao todo, serão quatro kits de informática que passarão ao poder da Corregedoria Geral de Segurança Pública do RN.

“Os policiais têm todo o nosso reconhecimento do valor que possuem para a sociedade. Nós sabemos das dificuldades que estes profissionais passam, ao longo dos tempos. Há um déficit histórico de pessoal, há dificuldades financeiras para a aquisição de equipamentos. Então, a Assembleia Legislativa tem sido parceira em tudo o que pode, tem sido solidária não apenas com a segurança, mas também em outros setores importantes”, disse Ezequiel Ferreira.

Os equipamentos estão em perfeitas condições e preparados para o uso das forças de segurança, a partir da análise da Diretoria de Gestão Tecnológica da Assembleia Legislativa do RN. “A Corregedoria tem um papel importante para a população e trabalha justamente com eficiência e produtividade. Vivemos um momento financeiro difícil e essa parceria é de grande relevância e chega em uma situação de grande necessidade”, disse Bruno Saldanha, corregedor-geral de Segurança Pública do RN.

Para o coronel Mendonça, subcomandante da Polícia Militar do RN, a parceria com a Assembleia é histórica. “Tenho 30 anos de PM e nunca vi essa parceria com o Legislativo da forma como teve na gestão atual do presidente Ezequiel Ferreira. Queremos agradecer pela iniciativa de nos ajudar, com equipamentos de grande valia dentro das nossas dificuldades”, disse.

Além dos já citados, a reunião contou ainda com Robert Felipe de Oliveira, chefe de Transporte e Comunicação da Corregedoria-Geral da Secretaria de Segurança Pública; o major Ricardo de Lima Laranjeira, oficial do gabinete do Subcomandante da PM; o diretor da Presidência da ALRN, Fernando Rezende, e o diretor de Gestão Tecnológica da ALRN, Mário Sérgio Gurgel.

Deputados estaduais apresentam moção de pesar pela morte de Hanna Safieh

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte apresentou uma moção de pesar pela morte do empresário Hanna Safieh, que faleceu no último sábado (18) aos 79 anos. A homenagem coletiva foi registrada na sessão plenária desta terça-feira (21), por iniciativa do deputado estadual Francisco do PT. A família de Hanna, que é natural da Palestina e recebeu o título de cidadão Norte-Rio-Grandense, esteve presente.

“Tive oportunidade de conhecer, ser amigo e conviver com Hanna. Este momento é de dor pela despedida, mas também de honra pela responsabilidade por fazer esta homenagem”, disse Francisco durante pronunciamento na sessão. O empresário era simpatizante do PT, e deu suporte para a fundação da legenda no Estado.

Segundo o parlamentar, Hanna era “amigo pessoal de Lula e de Fátima Bezerra” e “serviu a nação quando ocupou por cerca de 15 anos o cargo de diretor-técnico da Codern”. Além disso, fundou a casa de shows Zás Trás, que ganhou fama em Natal. Professor, fundou o Instituto de Química, que posteriormente passou a ser o Departamento de Química da UFRN.

A homenagem a Hanna Safieh também foi o tema do discurso do deputado estadual Hermano Morais (PV). “Faço questão de me associar a esta moção de pesar a esse grande homem, que se tornou professor, empreendedor, apoiador do turismo. Apostou nesta atividade quando o turismo do RN ainda estava nascendo de forma contundente, sempre apoiando a cultura”, disse.

Ainda de acordo com Hermano, Hanna Safieh tinha uma “visão larga, enxergava longe e sempre esteve preocupado com a geração de emprego e renda”.

A homenagem foi acompanhada pelos filhos de Hanna (Anton e Emilie Safieh), e pelo irmão, Afif Safieh, que estiveram nas galerias da Assembleia acompanhando a sessão. Também prestigiaram o ato o presidente da Federação Árabe Palestina do Brasil, Ualid Rabah, o embaixador da Palestina no Brasil, Jbrahim Alfenense, o representante do Movimento Nacional de Libertação da Palestina, Mamoun Imwas, e do representante da Comunidade Palestina, Ramze Elali.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: