fbpx

11 prefeitos da região Potengi confirmam apoio a Fábio Dantas e Rogério Marinho


O candidato ao Governo do RN pelo Solidariedade, Fábio Dantas, e ao Senado, Rogério Marinho, seguem somando alianças pelo RN. Na manhã deste sábado (06), durante grande encontro regional no município de São Tomé, 11 prefeitos da região Potengi confirmaram o apoio ao nome de Fábio para o Governo do RN. Babá Pereira, prefeito de São Tomé; Fabiano Lopes, prefeito de Barcelona; Tiquinho, prefeito de Ruy Barbosa; Keka, prefeito de São Bento do Trairi; Luciano, prefeito de Lajes Pintadas; Rosane, prefeita de Ielmo Marinho; Pacelli, prefeito de São Paulo do Potengi; Maciel, prefeito de Elói de Souza; Fernando, prefeito de Espírito Santo; Soniara, prefeita de Lagoa de Velhos; e Clécio, prefeito de Bom Jesus estiveram reunidos com Fábio Dantas e Rogério para selar a parceria pela mudança do RN.

“Estamos construindo esse Plano de Governo de maneira coletiva, com a participação da sociedade e considerando o que vemos e ouvimos. Em cada região e em cada cidade, problemas e potenciais são debatidos e aprofundados, tudo para que possam ser contemplados nesse planejamento. Por isso, receber o apoio dos prefeitos da região Potengi é fundamental, pois vivem a realidade de suas localidades e apontam onde o nosso governo pode atuar para mudar a vida das pessoas ”, declarou Fábio.

Ao lado do candidato ao senado, Rogério Marinho, Fábio Dantas ainda ressaltou a importância do novo governo ter o amparo no cenário federal, para o reforço na articulação e captação de recursos para os projetos no Rio Grande Norte. “Rogério como ministro viabilizou importantes obras para o Rio Grande do Norte, como a barragem de Oiticica e a conclusão da transposição do Rio São Francisco. Precisamos do apoio dele no Senado Federal para realizar os projetos que estamos planejando para o nosso estado”, ressaltou.

No seu discurso, o prefeito Babá frisou o abandono do atual governo estadual, na região Potengi. Citou, principalmente , o descaso com as estradas. Pediu a Fábio que dê uma atenção especial a região.

Fábio lamentou a inoperância do Governo Fátima e prometeu que, sendo eleito, nos primeiros 100 dias da sua gestão, a população vai sentir a presença do seu governo. “Vamos governar junto com os prefeitos e com as pessoas. Os próximos quatros anos serão de prosperidade no RN”, finalizou.

Também estiveram presentes o deputado estadual Gustavo Carvalho e outras lideranças da região, como os ex-prefeitos de São Tomé, Raniel e Dra. Estrela, vereadores, amigos e convidados.

*Blog do BG

Lei que institui piso salárial nacional para enfermagem entra em vigor

Por Alex Rodrigues – Repórter da Agência Brasil – Brasília

A lei que estabelece o piso salarial nacional para enfermeiros, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem e parteiras entrou em vigor hoje (5), com a publicação no Diário Oficial da União.

Sancionada ontem (4), pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, a Lei 14.434 estipula que, em todo o país, enfermeiros não poderão receber menos que R$ 4.750, independentemente de trabalharem na iniciativa privada ou no serviço público federal, estadual, municipal ou do Distrito Federal.

Para técnicos de enfermagem, o salário não pode ser inferior a 70% deste valor, ou seja, a R$ 3.325. Já os auxiliares e as parteiras não podem receber menos que a metade do piso pago aos enfermeiros, ou seja, abaixo de R$ 2.375.

Por força da Emenda Constitucional 124, promulgada em meados de julho, a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios tem até o fim do atual exercício financeiro para ajustar as remunerações e os respectivos planos de carreira de seus profissionais.

A lei que institui os pisos nacionais também determina que as remunerações e salários atualmente pagos a quem já ganha acima desses pisos deverão ser mantidas, independentemente da jornada de trabalho para o qual o trabalhador foi admitido. E que também os acordos individuais ou coletivos devem respeitar esses valores mínimos.

Veto

Ao sancionar a lei, o Palácio do Planalto vetou um dos artigos do texto inicial que o Congresso Nacional aprovou no mês passado. Em uma mensagem também publicada no Diário Oficial da União de hoje, o próprio presidente Jair Bolsonaro explica ter vetado o trecho que determinava que o valor do piso seria reajustado anualmente com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) após consultar os ministérios da Economia, Educação, do Trabalho e Previdência, Saúde e da Advocacia-Geral da União (AGU).

“A proposição legislativa incorre em vício de inconstitucionalidade ao prever que o piso salarial desses profissionais seria atualizado, anualmente, com base no INPC, pois promoveria a indexação do piso salarial a índice de reajuste automático, e geraria a vinculação ou equiparação de quaisquer espécies de reajuste para o efeito de remuneração de pessoal do serviço público, o que violaria o disposto no inciso 13 do caput do art. 37 da Constituição”, justifica o presidente, apontando que a medida também afrontaria a autonomia dos estados, do Distrito Federal e dos municípios decidirem sobre a concessão de reajustes a seus servidores.

Leia maisLei que institui piso salárial nacional para enfermagem entra em vigor

Carnatal ganha novos sócios; Confira as primeiras atrações confirmadas!

Com novos sócios e reunião para aprovar a campanha de lançamento, o Carnatal 2022 já promete ser uma edição diferenciada este ano.

A partir desta edição, a maior micareta do Brasil, que acontece de 9 a 11 de dezembro, será administrada pela Clap Entretenimento (Felinto Filho, Fred Queiroz, Júnior Fofão, Andrezinho Dantas e Raphael de Lima), Luan Promoçoes (Luís Augusto e Renan Nóbrega); Vybbe (Kleriston e Everton); e Destaque (Ricardo Bezerra e Roberta Bezerra).

E as primeiras atrações do Carnatal 2022 já estão definidas: Bell Marques, Durval Lelys, Claudia Leitte, Xand Avião, Nattan, Rafa e Pipo, Leo Santana, Saulo e Ivete Sangalo.

Metrópole Parque é aprovado em edital e receberá aporte de R$ 13,5 milhões

O Parque Tecnológico Metrópole Digital (Metrópole Parque) foi aprovado nesta sexta-feira (5) na fase final do “Edital de Apoio Financeiro a Parques Tecnológicos em Implantação e em Operação”, realizado pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). Com isso, irá receber um aporte de R$ 13,5 milhões, recursos que serão destinados para ampliar sua capacidade de operação.

Órgão vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), a Finep lançou o edital no final de 2021 e divulgou seu resultado na data de hoje (5). Dentre os parques tecnológicos concorrentes no grupo que envolvia as regiões Nordeste, Norte e Centro Oeste, o Metrópole Parque foi classificado na terceira colocação e com isso vai receber a totalidade dos recursos que solicitou em seu projeto.

Infraestrutura e operação

Segundo o diretor do Metrópole Parque, Rodrigo Romão, a proposta aprovada no edital prevê o uso do recurso para expansão de duas áreas fundamentais para alcançar a autonomia financeira do Parque, que são: a infraestrutura, focando na ampliação e estruturação de ambientes; e a operação, com foco no aumento da equipe, na intensificação das ações de marketing e na prospecção de novos associados e parceiros.

“Com o apoio financeiro da Finep vamos conseguir acabar com nossos maiores desafios, como a falta de pessoal e de infraestrutura, permitindo a escalabilidade dos nossos serviços. Assim, vamos conseguir fidelizar nossa base atual de empresas credenciadas, atrair novos parceiros e criar condições mais atrativas para abrigar grandes empresas de tecnologia, como no caso da nossa parceria com a Lenovo”, exemplifica Romão.

Do valor total recebido, R$ 726 mil serão destinados para contribuir na construção da estrutura do Núcleo de Inteligência Artificial e Ciência de Dados e também na reforma do Laboratório de Prototipagem (ProtoLab), que funciona no Núcleo de Pesquisa e Inovação em Tecnologia da Informação (nPITI) do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN), que administra o Parque.

A maior parte do montante advindo do edital, R$ 6,8 milhões, serão empregados na contratação de profissionais, e outros R$ 1,6 milhão para a manutenção de serviços. O projeto ainda prevê R$ 750 mil para pagamentos de despesas e R$ 3,5 milhões para compra de materiais e equipamentos.

Inteligência Artificial

O Núcleo de Inteligência Artificial e Ciência de Dados será construído em uma área de 600 m², localizada no terreno onde fica a sede do Instituto Metrópole Digital (IMD/UFRN). Nessa estrutura, 200m² serão destinados para incubação de startups ligadas ao Parque que desenvolvam produtos ou serviços na área Inteligência Artificial. Assim, será possível aumentar e diversificar os tipos de empresas atendidas.

No que diz respeito ao investimento no ProtoLab, Romão explica que “entendemos que, dentro do contexto de startups de TI, a prototipagem é um dos serviços mais requisitados. Então, conversamos com as empresas vinculadas ao Metrópole Parque para saber quais tipos de serviços de prototipação elas precisam e incluímos no projeto a compra dos equipamentos necessários para atendê-las. O intuito é que os nossos serviços de prototipação escalem”, comenta o diretor do Parque.

A proposta submetida à Finep também incluiu a contratação de 10 profissionais em áreas estratégicas por um período de 5 anos, prazo máximo definido pelo edital, para melhorar e ampliar os serviços oferecidos pelo Metrópole Parque. “As contratações feitas a partir deste edital serão para atuação nas nossas assessorias de gestão, financeira, de marketing, eventos, propriedade intelectual e desenvolvimento organizacional. Além de técnicos de laboratório, analista de TI e especialista em prospecção”, explica o diretor.

Autofinanciamento

Atualmente o Metrópole Parque é financiado pela UFRN, que é a instituição mantenedora e responsável por pagar os servidores que atuam em sua estrutura e terceirizados ligados ao projeto. “Com a aprovação no edital, temos a expectativa de em seis anos estarmos operando no positivo, considerando a contratação de pessoal e o desenvolvimento de novos serviços comercializados para as empresas. Neste período, o Metrópole Parque conseguirá alcançar a autonomia para se autofinanciar. Mesmo com uma visão conservadora, a expectativa é que em 2028 estaremos operando com 60% da capacidade máxima e assim o Parque já será lucrativo”, destaca o diretor.

O Metrópole Parque possui atualmente 86 empresas credenciadas, que no ano passados tiveram um faturamento de R$ 200 milhões e geraram cerca de 2 mil empregos diretos. A expectativa é de que, até 2027, último ano de aporte financeiro do edital da Finep, o Parque tenha alcançado a marca de 120 empresas atendidas e a criação de 2,5 mil postos de trabalho.

Fonte: Portal Grande Ponto

Dra. Vanessa recepciona o deputado estadual Nelter Queiroz na cidade do Assú

A pré-candidata a deputada federal, Dra. Vanessa Lopes e o pré-candidato a vice-governador Ivan Júnior, receberam na noite desta sexta-feira 05 de agosto, em sua residência o amigo e parceiro, o Deputado Estadual Nelter Queiroz, acompanhados dos amigos que apoiam esse projeto de pleitear uma vaga na Câmara Federal para região do Vale do Açu no próximo dia 02 de outubro.

 

Os vereadores, Lucianny Guerra, Paulinho de Marlene, e os ex-vereadores Everaldo Marques, Matheus do Frutilândia e o amigo Júnior de Nona.

 

Na pauta, muita política e articulação para o trabalho do grupo no Vale do Açu, a dobradinha de Nelter Queiroz para deputado estadual juntamente com a Dra. Vanessa para federal, deverá se estender por todas as regiões do Estado do Rio Grande do Norte.

 

Fonte:  Blog do Alex SIlva

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: