fbpx

Sine-RN tem 340 vagas de emprego para Natal e outras cinco cidades do RN

O Sistema Nacional de Empregos do Rio Grande do Norte (Sine) oferece 340 vagas de emprego para Natal, Mossoró, João Câmara, Parnamirim, São José de Mipibu e Currais Novos nesta quarta-feira (10).

Para concorrer às vagas, o candidato deve se cadastrar via Internet no Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego ou nos aplicativos Sine Fácil e Carteira de Trabalho Digital, disponíveis para Android e IOS.

Os interessados também podem entrar em contato com Sine para tirar dúvidas pelos telefones (84) 3190-0783 e 3190-0788. O atendimento é de segunda a sexta, das 7h30 às 13h30, na Unidade Matriz, em Candelária.

Confira o número de vagas por município:

Natal

ANALISTA DE CRÉDITO (INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS) 01
ARTE-FINALISTA 01
AUXILIAR DE COZINHA 01
AUXILIAR TÉCNICO DE REFRIGERAÇÃO 01
CICLISTA MENSAGEIRO 05
CONFEITEIRO 01
CORRETOR DE IMÓVEIS 06
COSTUREIRA EM GERAL 01
ENCARREGADO DE AÇOUGUE 01
ENCARREGADO DE OBRAS 01
ESTETICISTA 01
INSTALADOR DE EQUIPAMENTOS DE COMUNICAÇÃO 04
MECÂNICO 01
MECÂNICO DE AUTO EM GERAL 01
MONTADOR DE VIDROS 02
MOTOFRETISTA 12
MOTORISTA OPERADOR DE BETONEIRA 01
PADEIRO 01
PEDREIRO 05
PROJETISTA DE MOLDES 02
TOPÓGRAFO 02
VENDEDOR PRACISTA 01

Vagas para Pessoas com Deficiência – PCD

AUXILIAR DE LIMPEZA 02
BOMBEIRO HIDRÁULICO 02
CUMIM 01

Mossoró e Região

AÇOUGUEIRO 01
AJUDANTE DE CARGA E DESCARGA DE MERCADORIA 01
AUXILIAR DE COZINHA 01
AUXILIAR DE COZINHA 02
CONSULTOR 01
COSTUREIRA EM GERAL 01
COZINHEIRO DE RESTAURANTE 01
ELETRICISTA DE INSTALAÇÕES DE VEÍCULOS AUTOMOTORES 01
ENCANADOR 05
MECÂNICO DE AUTOMÓVEL 01
MECÂNICO DE MÁQUINAS PESADAS (MANUTENÇÃO) 01
MOTORISTA DE CAMINHÃO-GUINCHO PESADO COM MUNK 01
VENDEDOR DE COMÉRCIO VAREJISTA 01
VENDEDOR PRACISTA 01
VENDEDOR PRACISTA 01

Leia maisSine-RN tem 340 vagas de emprego para Natal e outras cinco cidades do RN

Patrimônio de Rafael Motta duplica, imóveis quadruplicam e dinheiro em espécie é R$ 60 mil

Quatro anos depois desde que fez a última declaração à Justiça Eleitoral, o patrimônio de Rafael Motta duplicou. Em 2018, quando disputou a reeleição, ele tinha R$650.231,28. Agora são R$1.233.892,00.

Em 2018, Motta declarou 260 mil em dois apartamentos, um de R$ 150 mil e outro de pouco mais de R$ 110. Agora em 2022, os negócios imobiliários foram a 750 mil, quase três vezes mais que quatro anos atrás.

Num total, o candidato do PSB ao Senado declara ter três apartamentos que, juntos, somam R$ 456 mil, mais três terrenos que somam R$ 577 mil. Essas duas somam respondem pela quase totalidade do patrimônio declarado.

Motta ainda acrescentou R$ 60 mil em espécie. Completam a declaração do parlamentar aplicações, saldo de conta, depósitos, veículos

Não há nada de ilegal na declaração do deputado, mas chama atenção que o assunto não tenha tido tom de escândalo em veículos que utilizaram a mesma régua para polemizar sobre o patrimônio de outros candidatos ao senado, inclusive com aumento inferior ao de Rafael.

*Blog Ceara Mirim Livre

Associação dos Oficiais Militares critica projeto do Governo que tentará mudar idade máxima para ingresso na PM e Bombeiros

A Associação dos Oficiais Militares do Rio Grande do Norte divulgou hoje uma nota aberta à população criticando a proposta do Governo de ampliar a idade máxima de ingresso na Polícia e Bombeiro Militar de 30 para 35 anos.

ASSOFME considera que a alteração fragiliza a própria tropa. “Não se trata apenas de aumentar cinco anos. A gravidade acontece porque com essa mudança o policial ou bombeiro militar poderá ir para reserva com 70 anos. Atualmente, os oficiais que comandam as unidades operacionais já têm dificuldades para acomodar em suas atividades militares com mais de 50 anos, exatamente pelas limitações físicas da idade”, diz um trecho da carta.

Leia a nota na íntegra:

Carta aberta ao povo potiguar

O Governo do Estado está executando mais um ato contra uma das instituições que integra as Forças de Segurança. O Executivo enviará para Assembleia Legislativa projeto de lei que aumenta a idade máxima de 30 para 35 anos o ingresso nas corporações militares.

Não se trata apenas de aumentar cinco anos. A gravidade acontece porque com essa mudança o policial ou bombeiro militar poderá ir para reserva com 70 anos. Atualmente, os oficiais que comandam as unidades operacionais já têm dificuldades para acomodar em suas atividades militares com mais de 50 anos, exatamente pelas limitações físicas da idade.
É necessário compreender as exigências muito peculiares da atividade de segurança, que exige, vitalidade e força, inerentes, naturalmente, aos mais jovens.

O Governo do Estado insiste nessa mudança, mesmo tendo o parecer contrário dos gestores da própria Polícia Militar. Com essa ampliação de idade máxima, o maior prejuízo será da própria sociedade potiguar, que terá as forças de segurança mais fragilizadas. A proposta do Executivo é de uma aberração tão grande que basta um comparativo simplório: para sentar na saída de emergência de um avião a idade máxima é 60 anos, imagine para atuar como policial ou bombeiro militar com idade superior a isso.

As pessoas que se arvoram de defender o aumento da idade limite de 30 para 35 anos afirmam que no caso dos oficiais do quadro de saúde o máximo é 36 anos. Por óbvio, a atividade desenvolvida por um profissional de saúde é completamente diferente e exige perfil distinto do policial e bombeiro militar.

O que marca o ano de 2022 é uma tentativa de desfigurar a Polícia Militar do Rio Grande do Norte: muda o uniforme e agora a idade limite também. O Ministério Público do Rio Grande do Norte, como órgão de fiscalização e de defesa dos direitos coletivos, precisa fazer gestão para evitar a fragilidade do operacional das Forças de Segurança.

*Blog do BG

Ministros do STF avaliam pedir aumento salarial de 18%

976,7 mil ações afetadas por repercussão geral dependem de julgamento do STF para voltar a tramitar em todo o país | Política | G1
O Supremo Tribunal Federal (STF) decidirá nesta quarta-feira, dia 10, sobre uma proposta de reajuste salarial de 18% para os ministros da Corte e os servidores do Judiciário. Caso a ideia seja aprovada pelos ministros e, depois, pelo Congresso Nacional, o salário dos onze integrantes do Supremo Tribunal Federal poderá chegar a R$ 46.365,74 – hoje, a remuneração dos ministros é de R$ 39.293,32.
O tema será discutido em sessão administrativa do STF convocada pelo presidente da Corte, o ministro Luiz Fux, com início previsto para as 8h.
Como os salários dos juízes de todo o país estão vinculados aos rendimentos dw ministros do STF, uma elevação dos ganhos dos onze integrantes da Suprema Corte reflete em toda a magistratura, no chamado “efeito cascata”.
O aumento terá um efeito cascata, com isso, no Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte. Os salário de juízes e desembargadores estaduais estão vinculado a de ministros do STF. Os integrantes do Ministério Público estadual — promotores e procuradores de Justiça — sempre enviam projeto de  lei à Assembleia Legislativa com um reajuste equivalente, quando há aumento no Judiciário.

Operação Emissários: advogada presa em ação do MPRN é condenada a 4 anos e meio de reclusão

Ação foi deflagrada em 10 de junho de 2019. Advogada integrava organização criminosa estabelecendo a comunicação entre integrantes que estavam presos e outros, nas ruas

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) obteve a condenação de uma advogada que integrava uma organização criminosa. Ela foi presa em 10 de junho de 2019, sendo um dos alvos da operação Emissários. A advogada foi condenada a 4 anos e seis meses de reclusão.

Além dela, outros advogados foram presos na operação Emissários. Segundo as investigações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do MPRN, eles eram responsáveis por repassar ordens dos chefes de uma facção criminosa que estavam detidos em unidades prisionais potiguares a integrantes do grupo que ainda estavam nas ruas.

Leia maisOperação Emissários: advogada presa em ação do MPRN é condenada a 4 anos e meio de reclusão

Projeto de Nelter Queiroz busca zerar alíquota de IPVA para motos de até 170 cilindradas

O Deputado estadual Nelter Queiroz (PSDB) apresentou projeto de lei, nesta terça-feira (9), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, buscando zerar a alíquota do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para motocicletas de até 170 cilindradas.

De acordo com Nelter, o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, promulgou em 11 de junho de 2022, a Resolução nº 15, que permite zerar o IPVA para motocicletas de até 170 cilindradas. “Embora esta iniciativa não seja impositiva, serve como uma sinalização para os Estados e o Distrito Federal fixar a alíquota mínima de isenção deste Imposto”, frisou.

Queiroz aponta que esta demanda surgiu diante do cenário em que 85% dos compradores de motocicletas pertencem às classes C, D e E, e que estes utilizam esse tipo de veículo para realizar seu deslocamento até o trabalho ou até mesmo como ferramenta de trabalho.

“Nos grandes centros urbanos, nos pequenos municípios e até, principalmente, no meio rural, o transporte mais comum, por ser mais barato, são os veículos de duas rodas. Assim, chamamos atenção para a importância social e econômica deste projeto de lei, pois é público e notório que essas motos têm uma importância muito grande na geração de emprego e de renda, beneficiando uma parcela importante de nossa população”, destacou.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: