fbpx

Vice Fabielle Bezerra desprestigiou PSB de Rafael Motta e confirmou o que primo já tinha revelado em roda de bate papo

Por mais que justificativas sejam dadas e a vice cassada Fabielle tente explicar a sua filiação ao PSDB, o que todo mundo já percebeu é que ela desprestigiou completamente o PSB de seu maior aliado, o deputado Rafael Motta.

Fabielle vestiu a camisa de Rafael em toda a campanha, dizendo ser em retribuição ao seu apoio na campanha de 2020, e pela proximidade, todos ao seu redor imaginavam que ela iria de mala e cuia para o PSB.

Enganou -se feio quem achou que ela iria, e conforme o Blog do VT já tinha afirmado, diante da revelação do coordenador e primo da vice, Evilásio, ela seguiria na vida pública no PSDB.

O que ninguém entende é como o primo revela entre amigos a filiação e de repente Fabielle emite uma nota que está averiguando, após sair uma matéria que comprova que está filiada desde junho de 2022.

Contraditório e irresponsável essa atitude da vice Fabielle, e existem atitudes que valem mais do que palavras, e nesse caso, nada do que ela disser poderá mostrar que existe outro responsável pela filiação, além dela, ou será que ela vai jogar o primo Evilásio na fogueira?

Levantamento do TCE avalia que Governo deixou de executar cerca de R$ 14 milhões em emendas impositivas dos deputados

Levantamento do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) analisou a execução das emendas parlamentares impositivas ao Orçamento estadual. As emendas são um instrumento para que os deputados estaduais indiquem ações, projetos e obras que o Governo é obrigado a executar. Em 2021, o Governo deixou de executar cerca de R$ 14 milhões em emendas impositivas dos deputados.

O levantamento foi aprovado em sessão do Pleno realizado nesta quinta (10), após voto da conselheira Maria Adélia Sales, referendado por unanimidade pelos demais conselheiros. De acordo com os termos do voto, o relatório final será disponibilizado para a Assembleia Legislativa do RN, Governo do Estado, Controladoria do Estado e Ministério Público. Além disso, o documento servirá como base para fiscalizações futuras da Corte de Contas.

O relatório da equipe técnica da Diretoria de Administração Direta apontou que, no ano passado, os deputados estaduais apresentaram 436 emendas individuais impositivas, que totalizaram o valor de R$ 62,4 milhões. Do total, foram efetivamente pagos R$ 48,4 milhões. O percentual de execução é de 77,59%. A execução das emendas parlamentares é obrigatória, segundo a legislação estadual em vigor.

Leia maisLevantamento do TCE avalia que Governo deixou de executar cerca de R$ 14 milhões em emendas impositivas dos deputados

Toffoli diz não se arrepender do inquérito das fake news

O ministro Dias Toffoli (foto), do Supremo Tribunal Federal, afirmou nesta sexta-feira (11) não se arrepender da abertura do inquérito das fake news. O magistrado participou do Congresso Nacional das Sociedades de Advogados, em São Paulo, que reuniu desde quarta autoridades do Judiciário, políticos, juristas e advogados.

Eu não me arrependo do inquérito que foi muito criticado, em março de 2019, que eu abri para investigar as fake news e os seus financiadores, muitos financiando inverdades para atacar as instituições democráticas, em especial o Supremo Tribunal Federal e o Congresso Nacional”, disse na palestra.

Toffoli disse ainda que o maior desafio para o Judiciário é encontrar os limites para a liberdade de expressão. Ele também defendeu a necessidade de “enfrentar as narrativas que se colocam contra a ciência, a racionalidade e as instituições”.

O inquérito das fake news foi aberto em março de 2019 pelo próprio Toffoli — então presidente do STF –, que indicou o ministro Alexandre de Moraes como relator.

O Antagonista

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: