fbpx

José Adécio diz que não cometeu nenhum crime e vai recorrer ao TSE

O deputado estadual José Adécio divulgou hoje Nota de Esclarecimento sobre a  decisão de ontem do TRE do RN que determinou a inelegibilidade, pelo prazo de oito anos, de Neide Suely Muniz Costa, Nilton Mendes e Francisco Agtônio Soares e dele por prática de abuso de poder político, econômico e conduta vedada, em benefício da candidatura da prefeita Neide Costa (esposa), do vice-prefeito Nilton Mendes do vereador Francisco Agtônio. Todas as decisões cabem recursos ao TSE.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Confiante na Justiça brasileira, continuarei honrando o mandato concedido pelo povo do Rio Grande do Norte, consciente que não cometi nenhum crime, não afrontei a legalidade.

Oposicionistas inconsequentes querem atribuir a mim atos que não pratiquei, alegando que eu teria influenciado na vitória da então candidata a prefeita de Pedro Avelino, Neide Suely, ao participar na minha terra natal, em 2016, do Programa Vila Cidadã, do Governo do Estado, previsto e regulamentado em Lei.

Com todo respeito aos magistrados locais, gozarei do direito de recorrer da decisão do Tribunal Regional Eleitoral do RN, indo buscar a reparação do que considero um equívoco, a iniciar pelo Tribunal Superior Eleitoral.

Estou à disposição da Justiça, como sempre estive, de maneira transparente, trabalhando com ética, em prol da coletividade potiguar.

Natal(RN), 06 de abril de 2018.


José Adécio Costa
DEPUTADO ESTADUAL

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: