fbpx

Agressor da mulher no vídeo pode ter sido patrocinado pela Prefeitura do Assú com diária e sequer foi suspenso de atividades

Um fato extremamente delicado viralizou ontem na cidade do Assú, um vídeo em que um homem identificado como Bruno pela Polícia Civil, tentava claramente forçar a vitíma a entrar no carro, e esse carro era um veículo oficial da Prefeitura do Assú sob a gestão do prefeito Gustavo e da vice Fabielle.

O que a população do Assú se revoltou e tem disparado comentários em todas as redes sociais, é porque o prefeito Gustavo e a vice Fabielle, deveriam ter colocado no Diário Oficial de ontem mesmo o afastamento sem remuneração do servidor, já que independente do nível de agressão física ou psicológica, ele utilizou um veículo oficial da Prefeitura. Não bastando isso, segundo denúncias que chegam ao blog de que eles ainda mantiveram a diária patrocinada pela Prefeitura, que poderia também ter sido cancelada já que o Diário só vai ao ar a noite, e o vídeo começou a circular desde cedo.

Em resumo, o prefeito Gustavo sequer tomou partido da vítima, pelo contrário, fez ouvido de mercador como aqueles homens machistas que apoiam esse tipo de atitude, já a vice Fabielle ainda postou uma nota de apoio, mas bem que deveria ter vindo com mais firmeza, e ela como mulher, deveria ter ido as rádios e cobrado uma atitude imediata da Prefeitura comandada pela gestão que ela faz parte e defende.

Não basta só palavras bonitas nas redes sociais, as pessoas querem respostas imediatas para agressores de mulheres, porque não cabe mais hoje em dia, aceitar um aliado ou apadrinhado utilizando o carro da Prefeitura em benefício próprio e todos se fazerem de cegos, e o pior, o carro patrocinado pelo poder público servir para facilitar a agressão de um servidor contra uma mulher.

O mais intriga a população é que como o servidor não foi suspenso e nem detido e ainda recebeu diária, será que o prefeito Gustavo e a vice Fabielle patrocinaram também uma suposta fuga?

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: