fbpx

Senadores defendem acordão político para governador do RN

Garibaldi Filho afirma que se for possível avançar, o critério pode ser adequado

Os dois principais caciques políticos do RN e senadores José Agripino (DEM) e Garibaldi Filho (MDB), como nos velhos tempos, voltaram a defender um acordão na política potiguar. Eles consideram a realização de pesquisa eleitoral como critério apropriado para a escolha de um candidato ao governo do Estado, levando em conta a possibilidade de aliança que incluiria, além dos partidos que os dois presidem, também PSB, PDT e PSDB.

Neste cenário, a escolha seria entre o atual prefeito de Natal, Carlos Eduardo (primo do senador Garibaldi Alves e do ex-ministro Henrique Alves) – que ainda não se decidiu – e o vice-governador Fábio Dantas, (sem parentesco familiar com os dois senadores) já lançado como pré-candidato. Esses são os dois nomes citados por dirigentes dessas legendas partidárias.

O presidente estadual do MDB, senador Garibaldi Filho, também concorda com o critério da pesquisa eleitoral ser um indicador para a escolha de candidatos a governador. “Acho que o senador José Agripino tem razão, se nós pudermos avançar nessa direção e contar com o apoio desses partidos”, disse o senador.

“Não tenho motivo para descrer [no que afirmou o senador do DEM], baseado em conversas com os partidos, e acredito nessa perspectiva [das pesquisas como um dos critérios para escolha do candidato]”, disse Garibaldi a Tribuna do Norte.

1 comentário em “Senadores defendem acordão político para governador do RN”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: