fbpx

Anvisa determina recolhimento da pomada para cabelo suspeita de queimar córnea

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a comercialização, a distribuição, a fabricação, a propaganda e o uso da pomada para Tranças Ômegafix, fabricada por Cape Indústria de Cosméticos Ltda.

O cosmético é suspeito de queimar a córnea de uma mulher no Rio de Janeiro. A medida, que também determina o recolhimento da pomada, foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (23), por meio da Resolução RE 892.

A Anvisa informou que o produto citado não está regularizado na Agência. Não foi encontrado processo de regularização deste produto na Gerência de Cosméticos do órgão.”Nos últimos dias a Agência tomou conhecimento, pela mídia, de casos sobre problemas oculares relatados por usuários após o uso da pomada. Diante das denúncias, foi aberto dossiê de investigação referente ao caso”, explicou a agência.

Como o produto não está regularizado como cosmético junto ao órgão, não é possível aferir a segurança de uso da pomada. Anvisa orienta ainda que, na dúvida se um cosmético é regularizado ou não, o consumidor consulte a lista de produtos regularizados ou em fase de regularização, disponível no site do órgão.

Além disso, a agência alerta sobre a importância de que os usuários registram queixas relativas a cosméticos, através de um formulário na internet.

Manicure alega danos à visão causados pelo produto

No Rio de Janeiro, a manicure Josiane Reis de Souza, de 41 anos, afirma que está há 4 dias sem enxergar após ter usado a pomada para Tranças Ômegafix. Segundo o relato da nora da mulher no Twitter, a pomada foi aplicada na última sexta-feira (18). No dia seguinte, ela foi mergulhar em uma piscina, momento em que o produto escorreu para os olhos, provocado as queimaduras das córneas.

“A minha visão foi ficando toda esbranquiçada, tudo nublado, parecia que eu estava dentro de uma nuvem de fumaça. Durante a madrugada, eu já não conseguia mais enxergar. Então, eu tive que ir ao hospital porque os meus olhos queimavam muito. Chegando no Hospital do Olho, o médico averiguou que a minha córnea havia sido queimada”, disse Josiane.

Fonte: Correio Braziliense

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: