fbpx

ANVISA recomenda que hospitais usem sistema desenvolvido na UFRN

Com o objetivo de melhorar a cultura de segurança dos pacientes nos hospitais do país, estudantes de graduação e pós-gradução do grupo de pesquisa CNPq e do Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), lançaram o E-Questionário de Segurança Hospitalar. Trata-se de um sistema que integra dois softwares para a coleta, armazenamento, análise e relatórios automáticos sobre a cultura de segurança de pacientes em hospitais.

Desenvolvido na UFRN, o sistema foi lançado na última terça-feira, 17, quando a ANVISA, no âmbito do Dia Nacional da Segurança do Paciente, recomendou seu uso em todos os mais de 5.000 hospitais do país.

Como funciona?

Os hospitais se cadastram no Sistema, identificam e inserem os contatos dos profissionais de saúde do seu hospital no sistema e ele dispara automaticamente e-mails para os profissionais pedindo a resposta a um questionário sobre cultura de segurança do paciente. O sistema faz lembretes aos profissionais que não responderam e os profissionais dos hospitais podem abordar os respondentes com um aplicativo desenvolvido para a coleta presencial de informações. Em tempo real com a resposta dos profissionais, um relatório é produzido com tabelas e gráficos customizados que apontam fortalezas, fragilidades e todos os indicadores de cultura de segurança do paciente, tornando este tipo de avaliação mais rápida e eficiente para os hospitais. Com isso, o gestor hospitalar pode medir as várias dimensões da cultura organizacional e, a partir daí, planejar intervenção de melhoria de qualidade dos serviços de saúde.

A Anvisa e a UFRN informam que o questionário poderá ser respondido até o dia 30 de novembro de 2019. Para saber mais sobre o assunto e contribuir com informações, acesse o E-Questionário de Cultura de Segurança Hospitalar.

*AGECOM/UFRN

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: