Apesar de escândalo de corrupção, PMDB do RN continuará nas mãos da família Alves

Resultado de imagem para henrique alves e walter alves

A implicação dos caciques do PMDB em escândalos de corrupção fez crescer a movimentação por uma renovação no comando dos diretórios regionais, segundo informações da Folha de São Paulo. A movimentação de deputados e prefeitos, contudo, acontece de forma cautelosa. O objetivo é brigar por mais espaço nas eleições internas que serão realizadas na maioria dos Estados entre o final deste ano e o primeiro semestre de 2018.

No Rio Grande do Norte, a tendência é que o partido continue nas mãos da família Alves a partir de novembro, quando haverá eleição interna, Com a prisão de Henrique Eduardo, o partido vem sendo tocado pelo vice-presidente, o deputado federal Walter Alves (PMDB). Ele é filho do senador Garibaldi Alves (PMDB), primo de Henrique.

Walter Alves afirma á Folha de São Paulo, que não há constrangimento em Henrique Eduardo continuar como presidente do partido, mesmo estando preso. “É uma situação difícil, mas os filiados têm compreendido.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: