Após fracasso, Saúde vai abrir novo pregão de seringas e agulhas mais caras

Seringa e agulha para vacinação contra o coronavírus

O Ministério da Saúde vai abrir novo edital de compra de agulhas e seringas para alcançar a meta de 330 milhões de insumos, dessa vez pagando valores mais altos do que no último pregão.

Na licitação que fechou em 29 de dezembro, os fabricantes de seringas ofertaram menos de 8 milhões de insumos. Uma das principais reclamações foi o preço, que estaria abaixo de mercado.

Depois de ceder à pressão das empresas, o ministério deu encaminhamento nesta terça-feira a uma tabela de preços reajustados, por meio do Departamento de Logística da pasta.

Trata-se de um novo pregão, novos insumos, além dos 30 milhões de produtos extras com os quais as empresas se comprometeram a vender para o governo nesta terça. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos, as fábricas aguardam o lançamento do edital ainda na primeira quinzena deste mês.

CNN Brasil

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: