Após novo incentivo de Bolsonaro a atos, Congresso prepara reação ao Executivo

Mesmo com a decisão de parlamentares de esperar os atos do dia 15 de março para dar resposta dura à declaração de Jair Bolsonaro deste sábado (7) de incentivo aos protestos, que têm na pauta críticas ao Congresso e o Supremo Tribunal Federal, a fala foi um divisor de águas nas relações com o Legislativo.

Por ter ocorrido uma semana após líderes partidários terem atuado para pacificar a relação entre os Poderes, o discurso de Bolsonaro minou ainda mais a confiança da cúpula no Congresso nele.

Sem acreditar em entendimentos, parlamentares preparam reação ao Executivo em pautas do Senado e da Câmara após o dia 15. O nível da resposta dependerá da adesão da população aos atos e da força política que Bolsonaro demonstrará.

TIROTEIO

Como deputado, ele tem compromisso institucional com a democracia, se espera que conheça a lei, então é muito grave

Da conselheira do Comitê Gestor da Internet Flávia Lefèvre, sobre ligação do gabinete de Eduardo Bolsonaro a conta de email de ataques virtuais.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: