Após queda de falésia no RN, governo federal envia técnicos para a praia de Pipa

Parte de falésia desaba em Pipa, no Rio Grande do Norte

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, afirmou nesta quarta-feira (18) que enviou dois técnicos ao estado do Rio Grande do Norte para avaliar a situação das falésias na praia de Pipa.

Na terça-feira (17), por volta das 11h50, a queda de parte de uma falésia deixou três mortos na Praia de Pipa, em Tibau do Sul: o paulista de Jundiaí Hugo Mendes Pereira, a potiguar Stela Souza e o filho deles de sete meses, Sol.

“Enviei dois técnicos da Defesa Civil, uma engenheira e um geólogo, para avaliarem os riscos e as medidas de prevenção necessárias na praia de Pipa, no RN”, escreveu Marinho, em sua conta no Twitter.Parte de falésia desaba em Pipa, no Rio Grande do Norte

Parte de falésia desaba em Pipa, no Rio Grande do Norte

Foto: Reprodução / Redes sociais

“Lamentamos a tragédia que tirou a vida de 3 pessoas e queremos evitar novos acidentes”, completou.

As Defesas Civis do estado e de Tibau do Sul, cidade que abriga a praia, ainda vão inspecionar a partir desta quarta (18) o que causou o desmoronamento.

CNN Brasil

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: