Articulador de esquema na Saúde do Pará tem R$ 600 milhões em bens, diz PF

Articulador de esquema na Saúde do Pará tem R$ 600 milhões em bens, diz PF

Durante a investigação sobre possíveis desvios em contratos de R$ 1,2 bilhão no governo de Helder Barbalho no Pará, a Polícia Federal mapeou os bens do empresário Nicolas Tsontakis Morais, informa Fabio Serapião na Crusoé.

Apontado como articulador e operador financeiro do esquema que envolvia organizações sociais da área de saúde e integrantes do governo, o empresário tem em seu nome bens com valor estimado de R$ 600 milhões.

Somente para obter a qualificação de três organizações no governo paraense, Morais foi recompensado com um automóvel, diz a PF, cujo preço é de 450 mil reais. Mas os investigadores a creditam que os milhões em nome do operador podem não ser somente dele. A PF afirma na representação pela no gabinete de Barbalho e de prisão de dois secretários estaduais que há “a possibilidade que o operador financeira seja somente o gestor ou mesmo interposta pessoa do proprietário desse patrimônio.

O Antagonista

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: