fbpx

ATENÇÃO: Quem ficará com a caneta e a força da Prefeitura do Assú nas eleições suplementares?

A política do Assú ferve nos bastidores e muita gente pode não saber quem ainda com quem ficará a caneta e força da Prefeitura do Assú durante as eleições suplementares.

Se o afastamento dos cassados, Dr. Gustavo e Fabielle acontecer até fim de novembro, quem assumirá o comando será o vereador Tê, isso se o TRE entender e inocentar ele, pois caso haja mudança nessa decisão, quem assumirá será seu vice, que por coincidência já é a presidente que assumirá a partir de 01/01/2023, a vereadora Elisângela Albano.

Como essa eleição de 2022 acirrou os ânimos entre o vereador Tê, que insistiu em ser candidato e atrapalhar a votação de João Maia, aliado do deputado George, provando o sabor amargo de uma derrota vergonhosa quando as urnas foram abertas e obteve apenas 1.242 votos,  e deve estar chateado com a forma como foi tratado dentro do seu grupo, já que sempre insistia nas redes sociais que era o candidato de George, mas a conversa não colou.

Além disso, tem mais um agravante, Tê mentiu descaradamente para o líder do seu partido, Kelps Lima, dizendo que teria votos o suficiente para ajudar na sua disputa pelo mandato federal, e tudo não passou de mentira e enganação. Além de mentir, Tê foi um dos que faturou mais do partido, ganhando R$ 200 mil. Então, ele pode ser candidato numa suplementar apenas por raiva ou simplesmente por não ser mais aliado do grupo.

Em seguida, vem a vereadora Elisângela, que foi humilhada por aliados de George, Gustavo e Fabielle, conseguiu ser eleita presidente, mas ainda não teve coragem de ser uma protagonista. A vereadora vive amordaçada, refém do grupo que a fez em chorar em sessão na Câmara e ainda ouviu gritos e grosserias do deputado George, mas até então, ela nunca se posicionou de forma a mostrar coragem, mas terá a chance de dar o troco em muita gente com a caneta na mão.

Então, a eleição suplementar em Assú pode ter muitos desfechos, e o prefeito cassado Gustavo já está ciente de tudo isso, por isso, tratou logo de puxar a vereadora Elisângela e a leva a tira colo em cada evento da Prefeitura, causando mal estar com a vice Fabielle Bezerra, já que a vereadora é um desafeto para a vice.

Agora só nos resta observar o desenrolar dos acontecimentos e como cada um reagirá quando tiver com a caneta, mandando e desmandando.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: