Temer reúne-se com senadores do PMDB

O presidente Michel Temer está reunido com senadores da bancada de seu partido, o PMDB. Entre os presentes está o presidente da Casa, senador Eunício Oliveira (PMDB-CE). Até o momento não foi registrada a presença dos senadores Renan Calheiros (AL), Eduardo Braga (AM), Kátia Abreu (TO), Roberto Requião (PR) e Zezé Perrela (MG).

A reunião da bancada peemedebista com o presidente foi organizada pelo líder do governo no Senado, Romero Jucá. O Planalto não informou a pauta da reunião, mas a expectativa é de que, entre os assuntos, estejam as matérias de interesse do governo em tramitação no Senado, caso da reforma trabalhista, e as repercussões das denúncias contra o presidente Temer, após a delação da JBS. As informações são da Agência Estado.

Lula quis saber ‘que bicho comeu os marrecos’ do sítio de Atibaia

SÍTIO USADO PELO EX-PRESIDENTE LULA EM ATIBAIA

Entre mais de 400 documentos anexados pela Procuradoria da República à nova denúncia contra o ex-presidente Lula, um e-mail apontou a preocupação do petista com os bichos que viviam no sítio de Atibaia, no interior de São Paulo. Lula é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro de R$ 1,02 milhão nas reformas da propriedade.

Na mensagem de 2 de outubro de 2014, às 17h23, um funcionário do Instituto Lula escreve a uma colega da entidade e a Valmir Moraes da Silva, segurança do petista. O título do e-mail: “Jaguatiricas em Atibaia?”

“Respondendo à pergunta do presidente: que bicho comeu os marrecos? Provavelmente, uma jaguatirica”, explica o funcionário do Instituto Lula. Ele envia uma reportagem e um vídeo sobre a “ocorrência de jaguatiricas na Serra do Itapetininga” e informações sobre “recomendações para casos de predação de animais”, segundo informação da Agência Estado.

Leia maisLula quis saber ‘que bicho comeu os marrecos’ do sítio de Atibaia

Prefeito de Macau vai reajustar em 7,64% salários dos professores

A folha de pagamento dos professores da rede municipal de ensino na cidade de Macau vai ter um impacto perto dos R$ 80 mil, a partir desse mês de maio, depois da implantação do reajuste de 7,64%, através do Projeto de Lei 005/2017 enviado pelo Executivo à Câmara Municipal, nesta terça-feira, 23.

Com a aprovação da lei, a Prefeitura de Macau passa a pagar o Piso Nacional do Magistério em vigor em janeiro. “O piso é um direito e a nossa gestão tem o compromisso com tudo que vier contribuir e somar com a valorização dos professores”, declarou o prefeito Tulio Lemos ao enviar a mensagem à Câmara Municipal.

Centrais querem nova greve geral para daqui a 15 dias, diz Paulinho

Paulinho da Força fala sobre

O presidente da Força Sindical, deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força, afirmou nesta quarta-feira (24) que as centrais sindicais devem se reunir ainda nesta semana para deliberar uma nova greve geral para daqui a 15 ou 20 dias.

Segundo o deputado, a paralisação será em função do avanço da reforma trabalhista no Senado, e não da permanência ou não de Michel Temer na Presidência da República, segundo a Agência Estado.

Paulinho reclama que os últimos atos dos sindicalistas não tiveram respaldo no governo. “Temos que aumentar a pressão porque nós estamos fora da discussão. Aqui trabalhador não apita”, comentou.

Leia maisCentrais querem nova greve geral para daqui a 15 dias, diz Paulinho

Sindicalistas defendem em Brasília saída de Temer e eleições diretas

Manifestação foi realizada na Praça do Congresso, em Manaus (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)

O presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Vagner Freitas, defendeu na manhã desta quarta-feira (24) eleições diretas para a Presidência da República ainda este ano. “Para nós, ‘Fora, Temer’ virou passado. Não adianta sair Temer e entrar Meirelles, Carmem Lúcia ou Rodrigo Maia. O que interessa são Diretas Já”, afirmou a jornalistas.

Por outro lado, o deputado Paulinho da Força afirmou que “está todo mundo esperando o julgamento da chapa Dilma-Temer no TSE (Tribunal Superior Eleitoral)” para saber se eleições diretas seriam viáveis. Paulinho acha que a aprovação de uma Proposta de Emenda à Constituição prevendo eleições diretas é “muito difícil” e “impeachment inviável”.

“Sou especialista em impeachment, são oito ou nove meses duração Não dá para imaginar que terá impeachment (de Temer)”, afirmou Paulinho. “Independente se governo saia ou fique, governo tem que levar em conta o povo”, completou. as informações são de Agência Estado.

Leia maisSindicalistas defendem em Brasília saída de Temer e eleições diretas

Partidos nanicos e médios querem Rodrigo Maia na Presidência

Maia

Aliados do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), começaram uma campanha em defesa do nome do parlamentar como candidato a presidente da República em uma eventual eleição indireta, caso o presidente Michel Temer renuncie, seja cassado ou sofra impeachment. A candidatura dele já é defendida publicamente por líderes de partidos médios e nanicos e, nos bastidores, por lideranças de grandes partidos da base aliada e pela oposição.

“O momento ainda é de muita incerteza, mas o Rodrigo seria um bom candidato. Tudo que ele promete ele cumpre”, afirmou Luis Tibé (PTdoB-MG) à reportagem. Líder do PEN, outro partido nanico como o PTB, o deputado Junior Marreca (MA) também defende a candidatura. “Defendo o Rodrigo como candidato. Ele tem conduzido a Câmara com tranquilidade e é a opção mais viável que existe hoje. Não tem outro nome”, afirmou, segundo a Agência Estado.

Uma eventual candidatura de Maia, que é alvo da Lava Jato, tem apoio até de deputados que já fizeram oposição ao parlamentar. “Se o presidente sair, acho que ele é uma boa alternativa. Ele tem condições de ser eleito”, disse o deputado Paulo Pereira da Silva (SP), presidente do Solidariedade. Paulinho era um dos líderes do antigo “Centrão”, grupo de siglas médias que disputava espaço na base com o grupo de Maia.

Supremo espanhol confirma pena de 21 meses de prisão a Messi por fraude fiscal

Lionel Messi

A Suprema Corte da Espanha manteve a pena de 21 meses de prisão a Lionel Messi, craque do Barcelona, por três crimes fiscais.

O argentino foi condenado em primeira instância em julho de 2016 pela sonegação de 4,1 milhões de euros (aproximadamente R$ 15 milhões), referentes aos anos de 2007 a 2009, quando obteve lucros não declarados de mais de 10 milhões de euros (R$ 36,5 milhões).

O jogador, no entanto, não corre risco de ser preso. Pelo código criminal espanhol, penas inferiores a 24 meses podem ser transformadas em multas.

Leia maisSupremo espanhol confirma pena de 21 meses de prisão a Messi por fraude fiscal

Pré-candidato, Caiado defende antecipação de eleições: “Não é possível um novo ladrão na Presidência”

Resultado de imagem para ronaldo caiado

Desde o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff que o líder do DEM no Senado, Ronaldo Caiado (GO), articula o lançamento do seu nome à Presidência da República. Ele tem conversado com lideranças políticas e empresariais para tentar se viabilizar ao posto hoje ocupado pelo peemedebista Michel Temer.

Caiado decidiu assumir a candidatura após a divulgação da gravação de uma conversa entre o empresário Joesley Batista, um dos donos do Grupo JBS, e o chefe do governo sobre compra de juízes, procuradores, informantes da Operação Lava Jato e o pagamento de propina ao ex-deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que está preso e ameaçava fazer delação premiada denunciando seu grupo político. As informações são de Congresso Em Foco.

Leia maisPré-candidato, Caiado defende antecipação de eleições: “Não é possível um novo ladrão na Presidência”

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: