Black Friday começa à 0h mais digital do que nunca e com descontos agressivos

Black Friday EUA

A Black Friday acontece na próxima sexta-feira (27), mas já tem muita empresa adiantando as promoções. A data de descontos é promovida pelo varejo, mas não são apenas empresas desse setor que dão descontos que parecem mentira.

A semana tem lanches por R$ 3,99, mensalidades de cursos de graduação pela metade do preço e até pizza por R$ 1.

Porém, mais importante do que isso, é quanto a Black Friday deve movimentar neste ano. Se em 2019, segundo pesquisa da Ebit/Nielsen, o comércio eletrônico faturou R$ 3,2 bilhões na data, alta de 23,6%, a pandemia deve fazer esse valor se multiplicar.

Há empresas no setor, como a companhia de soluções para o varejo eletrônico Nuvemshop, que esperam movimentar um valor cinco vezes maior do que o registrado no ano passado. A Ebit Nielsen, por sua vez, acredita em alta de 27% (contando apenas a quinta-feira anterior e a sexta-feira de Black Friday).

O otimismo não é para menos. Segundo pesquisa realizada pela GfK, 54% dos consumidores trocarão as lojas físicas por compras por meio dos sites e redes sociais este ano.

Sim, o hábito da compra online entrou de vez na rotina do consumidor: mesmo após a reabertura das lojas físicas, o comércio eletrônico continua em exponente crescimento: 58% das vendas do setor de informática são feitas digitalmente – apenas para citar um exemplo.

Os itens mais procurados serão smartphones (44%), TVs (37%) e computadores (36%), ainda de acordo com a GfK.

Mas você sabe de onde surgiu a Black Friday?

A ideia nasceu nos EUA, mas não há um consenso de quando a data surgiu exatamente: há quem diga que foi por conta da crise norte-americana em 1869, outros em 1980 quando a cor preta significava balanços positivos, outros em 2005 após a polícia da Filadélfia nomear o tumulto nas lojas e excesso de trânsito.

Pode-se não saber quando ela surgiu, mas fato é que ela se proliferou. Outros países, inclusive, mantiveram a data e também a pronúncia em inglês – mesmo em países não falantes do idioma, como Portugal, Colômbia e Japão, para citar alguns.

Aqui no Brasil não se é comemorado o Dia de Ação de Graças, mas o mercado brasileiro abraçou este anglicismo e importou a mega liquidação aqui em 2010, mas apenas nas vendas online. Em 2012, a iniciativa cresceu e participaram cerca de 50 lojas físicas, rendendo da mesma proporção lucros e polêmicas.

A principal de todas foi a atitude de alguns comerciantes que subiram os preços semanas antes para baixá-los na Black Friday – ou seja, para vender o mesmo produto com o preço inicial. Outra reclamação era de que os descontos não eram tão atrativos como nos EUA, beirando os 20%, 30%, 40%. O Procon interviu e hoje a data é bem mais controlada.

No começo muitos comerciantes ficaram receosos de aderirem ao movimento, já que aqui no Brasil as grandes liquidações são feitas em janeiro. Era alegado que uma liquidação antes prejudicaria as vendas de Natal e Ano Novo.

O consumidor brasileiro, no entanto, aderiu de braços e carteira aberta: segundo levantamento da GFK, 91% dos entrevistados compram na data.

Promoções

Para ajudar você aproveitar os melhores descontos, o CNN Brasil Business já separou algumas promoções interessantes da Black Friday e, ao longo da semana, te deixa por dentro dos descontos que mais valem a pena; confira:

Milkshake do Bob’s e pizza da Braz por R$ 1

Os marinheiros de primeira viagem poderão comprar lanches e refeições por R$1, como é o caso do chicken burger do Rubaiyat. Mas quem já é usuário do aplicativo não ficará de barriga vazia, afinal o aplicativo está com a promoção “Compre 1, Leve 3”.

50% em todas as mensalidades de cursos presenciais da Kroton

Os descontos valem já a partir da primeira parcela e estão garantidos até a última mensalidade. Participam da promoção as marcas Anhanguera, Unopar, Pitágora, Unime, Unic, Fama e Uniderp.

Dois sanduíches do McDonald’s por R$ 2,99

Até dia 27 de novembro os consumidores poderão fazer a pré-reserva um cupom que garante o preço de dois sanduíches McDuplo por R$ 2,99 nas compras acima de R$ 13. O desconto poderá ser usado em qualquer restaurante entre os dias 1 e 15 de dezembro.

Vinhos com até 70% de desconto

Conhecida por ser um clube de vinhos, a Evino dará descontos de até 70% no valor das garrafas. Há mais 20 lançamentos de rótulos renomados como o Anciano Rosé Garnacha e o Passo Reale Appasimento.

Whooper a partir de R$ 6,90

O Burger King anunciou que, entre os dias 23 e 27 de novembro, disponibilizará 1 milhão de cupons de desconto de até 70% nos produtos por meio do game online, Jogo Grelhados, que destravará as ofertas do dia.

Três sanduíches do ‘Méqui’ por R$ 9,50

Entre as promoções preparadas para a Black Friday deste ano, a rede de lanchonetes McDonald’s irá oferecer três sanduíches por R$ 9,50. A promoção vale para quem comprar três McChicken ou três McDuplo e gastar mais de R$ 15 na compra total.

Smartphones com R$ 5,9 mil de desconto

O Motorola Razrs (aquele que lembra o Motorola V3, para os mais saudosistas) está custando R$3.099 para quem fechar o plano TIM Black Família 100GB. Sim, quanto maior o desconto, maior a mensalidade do plano a ser adquirido – então, é preciso ficar atento com a conta no final do mês.

Descontos de até 80% na Amazon

Na Amazon, as ofertas começaram nessa quinta-feira (19) e vão até 30 de novembro. O valor do Kindle, por exemplo, caiu de R$ 349 para R$ 255.

De acordo com a empresa, serão ofertadas milhares de promoções diárias. Algumas delas vão durar por tempo limitado de seis, 12 ou 24 horas.

Pratos a R$ 9,99 no iFood

O iFood promete pratos com até 70% de desconto, pratos a R$ 9,99 (ou seja, R$ 10) e ofertas surpresas que acontecem durante todo a sexta no aplicativo.

Descontos de até 70% em marcas de luxo

O Shopping Iguatemi vai colocar em seu site itens com descontos de até 70% durante a Black Friday. Marcas de luxo de moda feminina e masculina, calçados, bebidas e joias já estão com preços especiais na loja digital desde o dia 9 de novembro, mas os descontos vão escalar até a semana do dia 23.

CNN Brasil

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: