Bolsonaro acusa Maia de conspiração e diz que atuação do presidente da Câmara é péssima

Sem Mandetta para socar, Bolsonaro esmurra Maia - 16/04/2020 - UOL ...

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), acusou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), de conspirar para tirá-lo do Palácio do Planalto e qualificou como péssima a atuação do deputado.

“Parece que a intenção é me tirar do governo. Quero crer que esteja equivocado”, disse Bolsonaro ao comentar a aprovação pela Câmara de um projeto de socorro aos estados.

A proposta determina que a União irá transferir R$ 80 bilhões, segundo cálculos de líderes partidários, por seis meses, como forma de compensação pelas perdas de ICMS (imposto estadual) e ISS (municipal) diante da crise econômica.

“Se isso tudo for aprovado, e outras coisas virão pela forma como está se comportando, vão matar a galinha dos ovos de ouro, que é o Brasil”, afirmou.

​”Isso que o senhor está fazendo não se faz com o nosso Brasil. Lamento, mas não se faz com o Brasil. Isso é falta de patriotismo, falta de um coração verde e amarelo, falta de humanismo com este país maravilhoso que se chama Brasil”, afirmou Bolsonaro.

O chefe do Executivo disse ainda que as medidas adotadas por Maia são escandalosas.

“Lamento muito a posição do Rodrigo Maia, que resolveu assumir o papel do Executivo”, afirmou em entrevista à CNN Brasil. “Ele tem que me respeitar como chefe do Executivo.”

“Qual o objetivo do senhor Rodrigo Maia? Resolver o problema ou atacar o presidente da República? O sentimento que eu tenho é que ele não quer amenizar os problemas. Ele quer atacar o governo federal, enfiar a faca”, disse Bolsonaro.

O presidente da República reclamou de falta de diálogo da parte de Maia e afirmou que o presidente da Câmara “está conduzindo o país para o caos”.

“Não temos como pagar uma dívida monstruosa que está aí, não temos recurso. Qual a intenção? É esculhambar a economia para enfraquecer o governo para que eles possam voltar em 2022?​

“Ele sabe que está errada a posição dele”, disse. “Péssima a sua atuação.”

Bolsonaro insinuou outros interesses da parte de Maia, mas não detalhou. “A gente sabe seu tipo de diálogo. Este diálogo não vai ter comigo.”

“O Brasil não merece o que o senhor Rodrigo Maia está fazendo com o Brasil. O Brasil não merece a atuação dele dentro da Câmara”, disse Jair Bolsonaro.

Pouco depois, Maia rebateu as acusações, também em entrevista à CNN Brasil. O deputado afirmou que Bolsonaro usou “um velho truque da política” de trocar a pauta para tentar desviar a atenção da demissão de Mandetta.

Ele disse ainda que busca evitar que se repita no Brasil o mesmo que está acontecendo nos Estados Unidos, na Espanha e na França, onde o número de mortos pela Covid-19 subiu muito nas últimas semanas.

“Independente de questões políticas, nunca deixei de dialogar com quadros técnicos de ninguém”, afirmou. “Agora, também não podemos aceitar que apenas uma visão de Brasil sobre a crise prevaleça. O que prevalece é o diálogo”, afirmou.

Maia também afirmou que o governo politiza as decisões do Legislativo, mesmo as que favorecem o Executivo, mas descartou retaliações. “Não há nenhuma intenção da Câmara de prejudicar o governo, de enfrentar o governo. Queremos sentar na mesa com urgência com pautas preestabelecidas”, afirmou.

“O presidente não vai ter de mim ataques. Ele pode atacar, ele joga pedra e o Parlamento vai jogar flores para o governo federal.”

*Folha SP

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: