fbpx

Bolsonaro quebra silêncio, agradece votação e condena protestos de apoiadores: “Nossos métodos não podem ser os da esquerda”



Na primeira manifestação após ser derrotado nas urnas por Luiz Inácio Lula da Silva (PT), passadas mais de 44 horas da oficialização do resultado, o presidente Jair Bolsonaro (PL) falou na tarde desta terça-feira (1º) no Palácio da Alvorada, em Brasília. Foi um curto pronunciamento de apenas 2 minutos e 18 segundos.

Sem parabenizar o adversário pela eleição, Bolsonaro agradeceu pela votação obtida no 2º turno da eleição presidencial e condenou protestos de apoiadores que estão bloqueando estradas por todo o País.

Ele abriu o pronunciamento no Palácio da Alvorada afirmando que “manifestações são bem-vindas”, mas que “nossos métodos não podem ser os da esquerda”.

“Quero começar agradecendo aos 58 milhões de brasileiros que votaram em mim”, falou, ao lado de ministros e aliados, como o senador eleito Rogério Marinho (PL-RN). “Nossa robusta representação no Congresso mostra a força dos nossos valores: Deus, pátria, família e liberdade.”

Em meio ao silêncio do chefe do Executivo até então, caminhoneiros bolsonaristas vêm bloqueando centenas de pontos em estradas de diferentes partes do país. O protesto teve início ainda na noite de domingo, logo depois da confirmação da vitória de Lula.

Ainda durante o pronunciamento, de apenas 2 minutos, o presidente disse, ainda, que “continuará cumprindo a Constituição”. Ele não parabenizou o presidente eleito, Lula.

*Portal 98 FM

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: