Câmara de Teresina rejeita conceder título de cidadão a Doria

O prefeito de São Paulo, João Doria, recebe o título de cidadão natalense, nesta quarta, em Natal (RN)

Depois de receber títulos de cidadão em Salvador e Natal, o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), não teve a mesma sorte em Teresina, capital nordestina que é comandada por tucanos há 20 anos.

Na terça-feira (15), a Câmara Municipal rejeitou o projeto para concessão do título de cidadão teresinense para o prefeito paulistano. A cidade é governada pelo prefeito Firmino Filho (PSDB), que tem maioria na Câmara.

A proposta precisava do apoio de pelo menos 20 dos 29 vereadores, mas foi referendada por apenas 18. Oito vereadores votaram contra e três não compareceram à sessão.

A mesma Câmara de Teresina, em 2013, aprovou por unanimidade o título de cidadão ao ex-presidente Lula, que recebeu a comenda em 2015. As informações são de YALA SENA, Folha de São Paulo.

‘RELEVANTES SERVIÇOS’

O vereador Luis André de Arruda (PSL) diz que propôs o título a Doria pelos “revelantes serviços prestados à capital” piauiense. Como exemplo, ele citou um acordo de parceria com a gestão do prefeito Firmino Filho.

“Fiz o que pude para aprovação, mas não deu”, diz vereador, que promete reapresentar a proposta de honraria no próximo ano.

Já o vereador Edilberto Borges (PT) diz que Doria nunca contribuiu para a cidade e não merece a homenagem: “Ele se apresenta como a novidade, como se fosse o Sassá Mutema, o Salvador da Pátria [se referindo a novela da Rede Globo, de 1989], mas fala do Nordeste de forma pejorativa”.

Até mesmo a líder da maioria na Câmara, vereadora Graça Amorim (PMB), votou contra a concessão do título de cidadão. Antes do voto, ela justificou a posição criticando o prefeito paulistano.

“Aquela foto truculenta não sai de minha cabeça”, disse, numa referência à ação da Prefeitura de São Paulo em que jatos de água molharam pertences dos moradores de rua.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: