Câmara Municipal do Assú contrata empresa de Apodi para serviços de recuperação e conservação

A Câmara Municipal do Assú, comandada pelo Francisco de Assis Souto, mais conhecido como TÊ, que recentemente entrou com um processo contra o município para ter benefícios de férias e décimo terceiro (confira aqui), adquiriu uma briga silenciosa com o prefeito de Assú, Gustavo Soares.

De forma sutil, Tê age contra o prefeito, já que ingressou com a ação nas vias judiciais, e silenciosamente, promove reuniões politicas imaginando criar uma terceira força, e garantir um toma lá dá cá nas eleições de 2020, que o favoreça.

Desde que assumiu a presidência, os comerciantes do municipio não conseguem vez na execução dos serviços para a Câmara Municipal, agora foi a vez de uma empresa da cidade de Apodi, e irá pagar a bagatela de 33 mil reais, para a ARCO EMPREENDIMENTOS E SERVICOS EIRELI, que tem como proprietário, JERFFESON MOREIRA GAMA, na prestação de serviço de recuperação e conservação das instalações da câmara.

Esse tipo de contratação fragiliza a economia do municipio, pois na cabeça das pessoas, não há como entender que uma empresa de Assú não consiga ter um preço melhor que uma empresa que terá de arcar além do serviço, com hospedagem, refeição e transporte, pois estarão executando um trabalho fora de seu domicilio.

Mas já que a cidade não tem um gestor que dê bons exemplos, o presidente da casa legislativa, Tê, segue o exemplo de Gustavo, e trata com descaso as empresas locais, e consequentemente, com seus donos, que integram a população da cidade.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: