Campanha da Fraternidade faz 60 anos e ganha homenagem na ALRN

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizou nesta segunda-feira (11) uma sessão solene em homenagem a Campanha da Fraternidade, que em 2024 está completando 60 anos desde a sua criação. A propositura foi do deputado estadual Hermano Morais (PV), sendo subscrita pelos deputados Ubaldo Fernandes (PSDB) e Eudiane Macedo (PV), ambos presentes na solenidade.

Em seu discurso, Hermano relembrou que a Campanha da Fraternidade nasceu por iniciativa de Dom Eugênio de Araújo Sales, na Arquidiocese de Natal, “como expressão da caridade e da solidariedade em favor da dignidade da pessoa humana. Este ano, o tema é “Fraternidade e Amizade Social”, e o lema é “Vós sois todos irmãos e irmãs”.

“O objetivo geral é despertar para o valor e a beleza da fraternidade humana, promovendo e fortalecendo os vínculos da amizade social, para que, em Jesus Cristo, a paz seja realidade entre todas as pessoas e povos”, disse Hermano.

Segundo o parlamentar, as demais metas da iniciativa são despertar o espírito comunitário e cristão no povo de Deus, comprometendo, em particular, os cristãos na busca do bem comum; educar para a vida em fraternidade a partir da justiça e do amor; e renovar a consciência da responsabilidade de todos pela ação da Igreja na evangelização, na promoção humana, em vista de uma sociedade justa e solidária.

“A Campanha reflete sobre o quanto podemos melhorar a nós mesmos e o mundo, afinal, a amizade social é uma convocação a valorizar o direito à vida e ao seu desenvolvimento integral”, disse. Hermano ressaltou ainda alguns sinais de divisão e inimizades, como o assédio moral e sexual, defesa do aborto, devastação ambiental, feminicídios, bullying, intolerância religiosa, tráfico e uso de drogas. “Situações que merecem, e vêm tendo, grande atenção por parte de vários setores governamentais, da sociedade civil e instituições”, finalizou.

Presente no evento, o arcebispo metropolitano de Natal, Dom João Santos, discursou em nome dos homenageados, e ressaltou a importância da política para a promoção do bem comum, da amizade e da caridade social, voltada para geração de trabalho e renda, inclusão social e valorização da sociedade.

“A campanha da fraternidade tem sido instrumento de grande relevância, onde a Igreja visa conduzir seus fiéis por uma reflexão profunda. É uma campanha que se destina a todas as pessoas, de modo que os valores da fraternidade possam ser uma constante em nossa vida”, disse.

Coordenador da Campanha da Fraternidade no Rio Grande do Norte, o padre Robério Camilo da Silva fez uma apresentação da iniciativa para a atual temporada, “que traz consigo um convite ao amor que ultrapassa as barreiras de geografia e do espaço”. Segundo o padre, a expectativa “é lembrar o óbvio, que nós somos todos irmãos e que precisamos ajudar uns aos outros”.

Também estiveram na solenidade a secretária do Trabalho, Habitação e Assistência Social, Íris Maria de Oliveira, a secretária adjunta de Turismo de Natal, Cristiane Alecrim, e o vereador Milklei Leite.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.