fbpx

Candidatura de Lula em 2018, “vai radicalizar o processo político”, diz Maia

Resultado de imagem para Em debate, Maia diz que STF não deve decidir pela Câmara

Para o presidente da Câmara Rodrigo Maia, a candidatura do ex-presidente Lula em 2018 “vai radicalizar o processo político”. “Acho que ele vai criar um pólo de radicalização para garantir sua ida para o segundo turno.” Maia disse que o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), outro presidenciável, tem como desafio se efetivar dentro de um partido para levar uma candidatura nacional adiante.

Haddad, por sua vez, afirmou que o PT “não pode cogitar” outra possibilidade que não a revisão da condenação de Lula na primeira instância. Ele disse que o ex-presidente tem o direito de concorrer e ser colocado ao escrutínio do eleitor.

Sobre a perspectiva de o DEM lançar candidaturas em 2018, Maia reconheceu que “o partido não conseguiu construir um projeto” e disse que “antes do nome tem que ter a mensagem pra atingir o eleitor”.

O presidente da Câmara disse acreditar que o DEM tem chances de construir seu espaço em um processo de reorganização partidária. O partido tem tentado integrar dissidentes do PSB a seus quadros. Ele afirmou, ainda, que a legenda foi mal tratada pelo PSDB. “Em 2014 fizeram uma chapa puro sangue. Foi um desrespeito a um aliado.” As informações são de ANA LUIZA ALBUQUERQUE, Folha de São Paulo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: