fbpx

CARNAUBAIS: Marineide Diniz acaba esperança do comércio local e prorroga contratos que poderiam ser licitados

O principio do bom senso é uma regra que todo gestor deve ter, mas parece que a prefeita Marineide não quer ser lembrada por isso. Porque em meio a crise econômica que afetou centenas de comerciantes de Carnaubais, a prefeita decidiu por prorrogar contratos ao invés de abrir oportunidades para o comércio local e o mais importante, permitir que a gestão possa baratear seus custos, e assim sobre dinheiro para ser aplicado na educação e saúde.

A prefeita Marineide Diniz que segue a “ferro e fogo” as orientações do seu esposo Dinarte Diniz, preferiu dá oportunidades com as prorrogações a empresas das cidades de São Rafael, Ouro Branco e Assú, esquecendo que em Carnaubais tem empresas que podem prestar o mesmo tipo de serviço, e talvez até mais barato, além disso, poderia gerar oportunidades de trabalho na cidade.

Dependendo da situação, os contratos não são ilegais, mas podem ser imorais, já que Marineide está prorrogando prazos, inibindo a realização de nova concorrência, muitas vezes com a suposta intenção de prestigiar as empresas envolvidas no serviço.

Marineide segue o mesmo caminho dos antigos gestores, com a ganância pelo poder predominando, e indo num fluxo desastroso ao desorganizar as finanças do município, torrando dinheiro até sem necessidAde, como é o caso dos recursos que serão gastos com combustíveis, que podem custar aos cofres públicos mais de 3 milhões.

A realização de licitação periodicamente pela Administração Pública, segundo especialistas, representa a observância aos princípios constitucionais da isonomia, impessoalidade, moralidade, eficiência e da probidade administrativa, na medida em que se evita favoritismo e propicia a escolha da proposta mais vantajosa.

A única certeza até agora na gestão sob a marca dos Diniz, é um estouro de dinheiro com licitações e contratos milionários, que podem levar a população a viver dias dificeis.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: