Bento Herculano e Perpétuo Wanderley são eleitos para biênio 2019/2020 no TRT do RN

Durante sessão realizada na manhã desta quinta-feira (18), os desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) elegeram, por aclamação, Bento Herculano Duarte Neto para presidente e corregedor e Maria do Perpétuo Socorro Wanderley de Castro para vice-presidente e ouvidora.

A posse dos eleitos, que dirigirão o TRT-RN no biênio 2019-2020, serão empossados no dia 14 de janeiro de 2019.

Leia maisBento Herculano e Perpétuo Wanderley são eleitos para biênio 2019/2020 no TRT do RN

PT pede ao TSE investigação contra campanha de Bolsonaro por abuso de poder econômico

Resultado de imagem para PT pede ao TSE investigação contra campanha de Bolsonaro por abuso de poder econômico

O PT entrou nesta quinta-feira no Tribunal Superior Eleitoral com um pedido de investigação judicial contra a candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) por abuso de poder econômico e uso indevido de meios de comunicação social, com base na suspeita de que a campanha esteja sendo beneficiada pelo disparo em massa de mensagens contra o PT, pagas por empresários simpatizantes do candidato.

Na ação, o partido pede que sejam investigadas a campanha de Bolsonaro, cinco empresas que são citadas pela Folha de S.Paulo como responsáveis pelo disparo de mensagens em massa via WhatsApp, e um empresário que teria financiado o envio de mensagens e, caso comprovados os fatos, a inelegibilidade de Jair Bolsonaro.

“O caráter eleitoral dos fatos aqui narrados é evidente, além de demonstrar potencial suficiente a comprometer o equilíbrio do pleito eleitoral de 2018. Afinal, trata-se de propaganda eleitoral ilegal em favor do candidato Jair Bolsonaro, por parte de empresas a serem aqui investigadas”, diz o pedido entregue ao TSE. Lisandra Paraguassu – Reuters

Leia maisPT pede ao TSE investigação contra campanha de Bolsonaro por abuso de poder econômico

PM divulga resultados de provas objetivas do concurso

Resultado de imagem para pm rn

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed) divulgou na manhã desta sexta-feira (19) o resultado das provas objetivas do concurso público da Polícia Militar do estado.

A prova foi realizada pelo Instituto de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade) no dia 23 de setembro deste ano. O resultado pode ser conferido no site do Diário Oficial do Estado.

Pagamento do 13º salário injetará R$ 211,2 bilhões na economia

Pagamento da 1ª parcela deve ser feito até o dia 30 de novembro

O pagamento do 13º salário vai injetar R$ 211,2 bilhões na economia do país até dezembro. O valor representa cerca de 3% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas do país), e beneficiará cerca de 84,5 milhões de trabalhadores formais (incluindo empregados domésticos), aposentados e pensionistas.

As estimativas do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) apontam um rendimento adicional de R$ 2.320 com base na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) e no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

Dos cerca de 84,5 milhões de brasileiros que devem ser beneficiados pelo pagamento do 13º salário, quase 48,7 milhões, ou 57,6% do total, são trabalhadores no mercado formal. Entre eles, os empregados domésticos com carteira de trabalho assinada somam 1,8 milhão, equivalendo a 2,2% do conjunto de beneficiários. Os aposentados e os pensionistas da Previdência Social (INSS) representam 34,8 milhões, ou 41,2% do total.

Leia maisPagamento do 13º salário injetará R$ 211,2 bilhões na economia

Ivan Júnior anuncia hoje o seu apoio para o Governo do RN na Princesa FM

O ex prefeito de Assú, Ivan Junior, após se reunir com o deputado federal eleito Benes Leocádio, para conversar sobre a situação do estado e o cenário político nesse segundo turno, e ouvir seus apoiadores e correligionários, anuncia nesta sexta – feira, a sua decisão com quem ficará na disputa pelo Governo do RN.

O suplente de deputado estadual pelo PSD Ivan Júnior, que obteve mais de 23 mil votos, concederá entrevista a partir das 18 horas, no programa Panorama do Vale na Princesa FM, para falar do seu posicionamento na disputa pelo Governo do Estado, e tomará uma decisão embasada no que ouviu de lideranças e apoiadores, e das propostas que ele considera serem as melhores para o Rio Grande do Norte.

Ministério Público Federal denuncia vereador de Campo Redondo por desvio de R$ 737 mil

Carlinhos da Apami foi prefeito da cidade entre 2009 e 2012

O Ministério Público Federal (MPF) apresentou uma denúncia contra o vereador de Campo Redondo (RN) Carlos Roberto Lucena Barbosa. O réu, também conhecido como Carlinhos da Apami, ocupou o cargo de prefeito da cidade entre 2009 e 2012 e desviou verbas públicas federais do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) correspondentes a mais de R$ 737 mil. O dinheiro deveria ter sido usado para pagar trabalhadores da educação municipal.

No fim do ano de 2012, Carlinhos não pagou os salários dos professores de Campo Redondo referentes aos meses de novembro, dezembro e o 13º. Mesmo recebendo regularmente os recursos do Fundeb, o então prefeito também não realizou o pagamento de dezembro e 13º dos demais funcionários da educação da cidade.

O acusado alegou que os repasses sofriam com atrasos e não eram suficientes para fechar a folha de pagamento, mas as investigações apontaram que o dinheiro do fundo chegou à prefeitura regularmente naquele ano. Como primeira irregularidade, o ex-prefeito depositava as quantias em uma conta “genérica” do governo municipal, quando todo o valor deveria estar em uma conta específica do Fundeb.

A ação do MPF é de autoria do procurador da República Fernando Rocha e revela que Carlos Roberto não comprovou o destino de R$ 402.268,11 que foram sacados dessa conta. Ao mesmo tempo, outros R$ 335.008,75 foram transferidos ilegalmente para outras contas da própria prefeitura.

Íntegra da denúncia

Assessoria de Comunicação Social Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte

Bolsonaro tem 59% e Haddad tem 41% na disputa à Presidência, diz pesquisa

Resultado de imagem para Bolsonaro tem 59% e Haddad tem 41% na disputa à Presidência, diz pesquisa

O Datafolha divulgou nesta quinta-feira, 18, sua pesquisa de intenção de voto para a Presidência da República nas eleições 2018. O candidato Jair Bolsonaro, do PSL, tem 59% da preferência enquanto Fernando Haddad, do PT, conta com 41%. A margem de erro é de dois pontos porcentuais.

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira, 18, mostra que Jair Bolsonaro (PSL) segue na liderança da corrida eleitoral pela Presidência neste segundo turno das eleições 2018, com 59% das intenções de voto. Fernando Haddad (PT) tem 41%.

O cálculo leva em consideração apenas os votos válidos, ou seja, exclui os brancos, nulos e indecisos. Os dois candidatos apenas oscilaram em relação à pesquisa anterior do Datafolha, divulgada na semana passada, que mostrava Bolsonaro com 58% e o adversário com 41%.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo BR-07528/2018. Foram entrevistados 9.137 eleitores em 341 municípios entre os dias 17 e 18 de outubro. Os contratantes foram o jornal Folha de S.Paulo e a TV Globo

Daniel Bramatti, O Estado de S.Paulo

TRT condena Banco do Brasil a pagar R$ 30 mil por perseguição de gerente a funcionária no RN

Resultado de imagem para bb agencia

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) do Rio Grande do Norte condenou o Banco do Brasil a pagar R$ 30 mil como indenização por dano moral a uma ex-funcionária, vítima de perseguição “sistemática” de um superior imediato. A decisão da 1ª Turma manteve a condenação da 12ª Vara do Trabalho de Natal.

No processo, a gerente contou que trabalhou no banco entre 1986 e 2016, ano em que se aposentou. Ela contou que assumiu em 2001 a função de gerente de relacionamento sem nenhum problema, até a chegada, em 2013, de um novo gerente-geral, que teria iniciado “uma conduta desonrosa” de perseguição, sem nenhuma razão aparente.

Em sua defesa, o Banco do Brasil negou a ocorrência do assédio e argumentou que as alegações da ex-gerente não seriam verdadeiras e atingiriam a dignidade íntima do gerente-geral.

No entanto, para a juíza convocada Daniela Lustoza Marques de Souza, relatora do processo no TRT-RN, “os depoimentos prestados denunciam que a bancária era alvo de tratamento discriminatório dentro de seu ambiente de trabalho”.

A juíza elencou uma série de comportamentos que comprovam a perseguição, como a exclusão da gerente em reuniões em que colegas de mesmo nível participavam e a ausência de envio de comunicações que deveriam ser de seu conhecimento.

Daniela Lustoza reconheceu, ainda, que a ex-gerente recebeu tratamento rude na frente de seus colegas e foi prejudicada por uma avaliação que impediu a sua ascensão salarial. Para a juíza, em virtude da “repetição de atos com a finalidade específica de desestabilização da empregada, mediante processo calculado e cruel, é cabível o deferimento de indenização em razão dos danos decorrentes de tal procedimento”.

Congresso derruba veto e permite aumento do piso salarial dos agentes comunitários de saúde

Resultado de imagem para agentes de saude

Em sessão conjunta nesta quarta-feira (17), o Congresso Nacional derrubou o veto parcial ao dispositivo que aumenta o piso salarial dos agentes comunitários de saúde e de combate a endemias, constante do projeto de lei de conversão da Medida Provisória 827/18. Agora a matéria será promulgada e incorporada à Lei 13.708/18.

De acordo com o texto, o aumento será de R$ 1.014,00 para R$ 1.550,00 mensais dentro de três anos. Em 2019, o piso será R$ 1.250,00; em 2020, R$ 1.400,00; e os R$ 1.550,00 valerão a partir de 1º de janeiro de 2021.

O texto retomado prevê ainda que o piso será reajustado anualmente a partir de 2022 com índice a ser fixado na lei de diretrizes orçamentárias.

Na Câmara dos Deputados, o veto teve 277 votos contrários e 15 pela sua manutenção. No Senado, foram 45 votos contra o veto e 2 a favor.

Leia maisCongresso derruba veto e permite aumento do piso salarial dos agentes comunitários de saúde

Comissão aprova novas regras sobre interrogatório em audiências trabalhistas

Reunião Ordinária. Dep. Lucas Vergilio (SD - GO)

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados aprovou mudanças nas regras para o interrogatório em audiências de processos trabalhistas, previstas no Projeto de Lei 6509/16, do deputado Carlos Bezerra (MDB-MT).

A principal mudança impede que a parte assistida por advogado esteja presente durante o depoimento do outro lado da ação. A intenção é que um depoimento não influencie o outro, regra já presente no Código de Processo Civil (Lei 13.105/15) e adotada na jurisprudência trabalhista.

Segundo o relator, deputado Lucas Vergilio (SD-GO), o projeto torna lei o que já é hábito nas audiências trabalhistas. Ao incluir a determinação na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT – Decreto-Lei 5.452/43), retira a lacuna existente na legislação.

“A finalidade desta regra é a de evitar que uma das partes seja favorecida pela possibilidade de predeterminar seu depoimento de acordo com o que ouviu da outra, o que significaria afronta à igualdade no processo”, disse.

Leia maisComissão aprova novas regras sobre interrogatório em audiências trabalhistas

Câmara aprova regras para a profissão de cerimonialista

Discussão e votação de pareceres preliminares referentes a processos em desfavor dos deputados João Rodrigues (PSD/SC) e Jean Wyllys (PSOL/RJ). Dep. Júlio Delgado (PSB-MG)
Júlio Delgado recomendou a aprovação do substitutivo da Comissão de Trabalho

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) aprovou proposta que regulamenta a profissão de cerimonialista, garantindo o livre exercício de profissionais – sem vinculação a formação acadêmica ou profissional específica.

A proposta segue para o Senado, a não ser que haja recurso para votação em Plenário.

O texto aprovado é o substitutivo da Comissão de Trabalho, de Administração e de Serviço Público ao Projeto de Lei 5425/09, do deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP). O relator na CCJ foi o deputado Júlio Delgado (PSB-MG).

Leia maisCâmara aprova regras para a profissão de cerimonialista

Câmara aprova regulamentação do exercício de DJs profissionais

DJ música fone de ouvido LP disco CD profissão

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou proposta que regulamenta requisitos, direitos e obrigações da profissão de DJ. O texto foi aprovado em caráter conclusivo e, a não ser que haja recursos para votação em Plenário, seguirá direto para o Senado.

A proposta considera DJ profissional quem cria seleções de músicas para divulgação ao público, quem manipula obras fonográficas e quem cria ou recria versões e executa montagens sonoras para a criação de obras inéditas.

Entre os requisitos para virar DJ profissional está a aprovação em um curso técnico oferecido por escolas devidamente credenciadas e reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). A relatora, no entanto, retirou da proposta a exigência de carga horária mínima, que será definida na regulamentação da lei.

Fica dispensado do curso quem comprovar que já exercia regularmente a profissão, de forma ininterrupta, por pelo menos 5 (cinco) anos.

Leia maisCâmara aprova regulamentação do exercício de DJs profissionais

Presidente do PSL diz que Bolsonaro não participará de nenhum debate

Resultado de imagem para Presidente do PSL diz que Bolsonaro não participará de nenhum debate

O presidente do PSL, Gustavo Bebianno, disse nesta quinta-feira, 18, que Jair Bolsonaro não participará de nenhum debate do 2º turno. Ele disse em coletiva de imprensa que o estado de saúde do candidato é de “absoluto desconforto” e que não deve ser submetido a “uma situação de alto estresse, sem nenhum motivo”.

“Como não há controle, aquela bolsinha (colostomia) pode encher, estourar”, afirmou Bebianno. “O seu estado de saúde é ainda de absoluto desconforto. (Não vamos) submetê-lo a uma situação de alto estresse, sem nenhum motivo.”

Mais cedo, médicos divulgaram um boletim em que destavam a “melhora da composição corpórea, mas ainda exigindo suporte nutricional e fisioterapia”. O Estado apurou que a decisão de participar ou não dos debates já estaria nas maõs do próprio candidato.

Bebianno chamou o petista Fernando Haddad (PT) de “poste” e disse que a ausência de Bolsonaro nos debates não deve prejudicá-lo. “Seria discutir com um poste, como já disse o candidato, quem discute com um poste é bêbado. A decisão (de não participar) não é ruim porque o eleitor já conhece Bolsonaro. O contato que ele estabelece é diretamente com o eleitor. Os eleitores já sabem em quem vão votar.” Constança Rezende, O Estado de S.Paulo

Leia maisPresidente do PSL diz que Bolsonaro não participará de nenhum debate

‘PT é prejudicado pela verdade, não por fake news’, diz Bolsonaro

Bolsonaro diz que PT não é prejudicado por ‘fake news’, mas pela ‘verdade’

O candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, rebateu com críticas ao PT a reportagem do jornal Folha de S. Paulo, que revelou que empresas favoráveis à sua candidatura bancaram a disseminação de mensagens contra o PT no WhatsApp.  

“PT não está sendo prejudicado por ‘fake news’, mas pela VERDADE”, escreveu Bolsonaro. “Roubaram o dinheiro da população, foram presos, afrontaram a justiça, desrespeitaram as famílias e mergulharam o país na violência e no caos. Os brasileiros sentiram tudo isso na pele, não tem mais como enganá-los!”, escreveu.

Minutos depois, o candidato do PSL fez outra publicação, na qual questiona: “Quem é o ‘Avião’ na lista da Odebrecht?”. Trata-se, aparentemente, de uma referência à vice de Haddad, Manuela D’Ávila (PCdoB), que teria esse apelido na lista de pessoas que receberam doações do setor de propina da Odebrecht, segundo delatores da empresa. Márcio Rodrigues, O Estado de S.Paulo

Leia mais‘PT é prejudicado pela verdade, não por fake news’, diz Bolsonaro

Vereador réu e acusado de peculato deve ser o vice de Tê na Câmara do Assu

Da esquerda para direita: Stelio, Paulinho, Paulo Brito, Matheus, Xavier, Waldson, João Paulo e Tê / Foto: Samuel Junior

O vereador do Solidariedade João Paulo Primeiro Fernandes de Castro, réu acusado pelo Ministério Público da prática de peculato e mais 19 pessoas suspeitas de integrarem a famosa quadrilha dos gafanhotos que desviou mais de R$ 1 milhão dos cofres da Prefeitura do Assú na gestão do ex-prefeito Ronaldo Soares, pai do deputado estadual reeleito George Soares e do prefeito Gustavo Soares, ambos do PR, quer disputar a vaga de vice-presidente da Mesa Diretora da Câmara do Assú para o biênio 2019/2020

Enquanto aguarda julgamento da Justiça sobre a denúncia do MP que já completou 18 anos atingindo a sua maioridade, o vereador João Paulo, na companhia do seu colega de partido, Francisco de Assis Souto, o Tê, que desponta como candidato a futuro presidente do legislativo para substituir o atual presidente João Wálace, do PR, estiveram hoje reunidos no Novo Barandão com outros vereadores para um farto banquete com feijão verde, arroz de leite, churrasco e muita conversa política sobre sucessão.

Eis a relação de outros réus e acusados de roubarem os cofres públicos, segundo denúncia do Ministério Público:

Réu:Nelson Garcia de Medeiros 
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogada: Ana Paula da Costa Pereira  
Advogado: Reno Marinho de Macedo Souza  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira 
Réu:Clenilson Laurentino da Cunha 
Advogado: Petronio Jose Nobrega Damasceno  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogada: Ana Paula da Costa Pereira  
Advogado: Reno Marinho de Macedo Souza  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira 
Réu:Antonio Andrielio Leandro de Lima 
Advogado: José Carlos de Santana Câmara  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogada: Ana Paula da Costa Pereira  
Advogado: Reno Marinho de Macedo Souza  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira 
Réu: Claudio Moisés C. Pontes 
Def. Púb.: IGOR MELO ARAÚJO  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogada: Ana Paula da Costa Pereira  
Advogado: Reno Marinho de Macedo Souza  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira 
Réu: Francisca Xavier Santos 
Advogado: Jonaelson de Medeiros Galvão  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogada: Ana Paula da Costa Pereira  
Advogado: Reno Marinho de Macedo Souza  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira 
Réu:Marcos Antonio Montenegro de Medeiros 
Advogado: João Cabral da Silva  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogado: Frederico Rodrigues da Silva  
Advogada: Ana Paula da Costa Pereira  
Advogado: Reno Marinho de Macedo Souza  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira 
Ré:Maria Vilma de Souza 
Advogado: Francisco Wiliton Apolinário  
Advogado: Francisco Wiliton Apolinário Júnior  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogada: Ana Paula da Costa Pereira  
Advogado: Reno Marinho de Macedo Souza  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira 
Ré:Maria da Conceição de Macêdo 
Advogado: Francisco Wiliton Apolinário  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogada: Ana Paula da Costa Pereira  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira 
Ré:Luciene Silveira da Cunha 
Advogado: Renato Augusto Soares de Souza Lopes  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogada: Ana Paula da Costa Pereira 
Réu:Valter Delfino Souto 
Advogado: Hemerson Kelly Silva de Medeiros  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogada: Ana Paula da Costa Pereira  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira 
Ré:Anilza Fernandes de Souza 
Advogado: José de Deus Alves dos Santos  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogada: Ana Paula da Costa Pereira  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira 
Réu:Oberdan Solidonio da Silva 
Advogado: Francisco Wiliton Apolinário  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira 
Réu:Edilson Bezerra de Macedo 
Advogado: Francisco Wiliton Apolinário  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira 
Réu:Aldemir Ferreira da Cunha 
Advogado: Luiz de França Fonseca dos Santos  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogado: Reno Marinho de Macedo Souza  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira
Réu:Robson José da Costa Ferreira Nascimento 
Advogado: Hemerson Kelly Silva de Medeiros  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira
Réu:José Maria da Silva 
Advogado: Francisco Wiliton Apolinário  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira
Réu:Ismar da Silva Araújo 
Advogado: José de Deus Alves dos Santos  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo  
Advogado: Thiago Oliveira Moreira
Réu:Damião Conceição de Morais 
Advogado: Hemerson Kelly Silva de Medeiros  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo
Réu:Francisco Elias Filho (motorista da UERN) 
Advogado: Francisco Wiliton Apolinário  
Advogado: Francisco Wiliton Apolinário Júnior  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo
Réu:João Paulo Primeiro Fernandes de Castro 
Advogado: Dário Estevam Barbosa  
Advogado: Sanderson Rodrigues de Macêdo

Secretaria da Segurança adia para esta sexta-feira (19) resultado do concurso da PM

Resultado de imagem para concurso pm rn

A Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte informou que o resultado do concurso público para soldado da Polícia Militar, realizado pelo Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE), será divulgado nesta sexta-feira (19) no Diário Oficial do Estado. A divulgação deveria ter sido feita nesta quarta (17), mas não foi informado o motivo para o adiamento.

Ainda de acordo com a Sesed, serão divulgadas as seguintes questões:

  • Respostas aos recursos contra o gabarito preliminar oficial da prova objetiva;
  • Gabarito preliminar oficial da prova objetiva;
  • Resultado preliminar da prova objetiva;
  • Abertura de pedido de revisão do resultado preliminar da prova objetiva.

Ao todo, o concurso teve 12.841 candidatos inscritos para 1.000 vagas. Porém, de acordo com a banca organizadora do concurso, 60% dos concorrentes não compareceram à prova.

A desculpa do PT agora é o WhatsApp

Resultado de imagem para Haddad promete ir à Justiça por suposta disseminação paga de mensagens contra o PT

A usina de produção de narrativas do PT parece não ter limite. A narrativa da hora é de que o partido está sendo vítima de uma “guerra suja” travada no WhatsApp e que Bolsonaro só superará Haddad nas urnas por causa da divulgação de fake news.

De repente, como se não fosse Ph.D. na propagação de notícias falsas, o PT agora quer posar de Madre Teresa de Calcutá e mostrar seu adversário como o belzebu da campanha.

Com Lula, guia supremo da seita, orientando a campanha petista da prisão, em Curitiba; com a rejeição ao PT e a Haddad batendo recordes e contagiando o País; e com o partido e seu candidato tendo de promover uma repaginação total para poder se apresentar ao público, dizer que o problema todo são as fakenews que circulam pelo WhatsApp só pode ser reflexo do desespero diante da derrota humilhante e iminente.

Ou, então, uma forma de preparar o terreno para depois tentar “melar” a eleição. Até agora, a Justiça Eleitoral e o WhatsApp não caíram nessa lorota. Tomara que continue assim. José Fucs – BR 18 – O Estado de São Paulo

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: