Ezequiel Ferreira diz que Ronaldo tem capacidade de colocar Ceará-Mirim nos trilhos

Prefeito interino de Ceará-Mirim, Ronaldo Venâncio (PV) lançou oficialmente em convenção partidária neste domingo (20) sua candidatura nas eleições suplementares do município. A chapa, que será formada ainda por Renato Martins (PL) como candidato a vice-prefeito, conta com o apoio do presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB), que esteve presente no evento.

Segundo Ezequiel, Ronaldo tem experiência e palavra para ajudar a recuperar Ceará-Mirim e a colocar a cidade novamente nos trilhos do desenvolvimento. “A população conhece a história e o caráter de Ronaldo Venâncio. É alguém que dedicou sua vida a colaborar com o crescimento da cidade e lutar por melhorias para os seus cidadãos. Você tem meu apoio desde a primeira hora para vencer os muitos desafios que virão. Todos sabemos da sua capacidade para recolocar Ceará-Mirim na posição de destaque que ela merece em nosso Estado”, disse o deputado, que preside o PSDB no Estado.

Ezequiel tem sido parceiro de Ceará-Mirim na busca de melhorias para a cidade. Este ano a Polícia Civil foi contemplada com duas novas viaturas, fruto de requerimento do deputado. Em 2018, a Assembleia Legislativa doou viaturas para a Polícia Militar e uma a Civil, voltadas a colaborar com a segurança pública do município. A conclusão do abatedouro público também é uma solicitação antiga do atual presidente do Legislativo potiguar. Outras ações parlamentares já atendidas foram a abertura do Centro de Educação Tecnológica nos distritos de Coqueiros, Primeira Lagoa e Maçaranduba e a recuperação do trecho rodoviário que interliga a RN-160 à RN 306.

Leia maisEzequiel Ferreira diz que Ronaldo tem capacidade de colocar Ceará-Mirim nos trilhos

Senado deve concluir terça-feira votação de mudanças na Previdência

Oito meses depois de chegar ao Congresso, o texto principal da reforma da Previdência (PEC 6/2019) deve ter sua votação final na próxima terça-feira (22), dia em que o plenário do Senado deverá analisar a matéria em segundo turno. Para que seja aprovado e siga para promulgação, o projeto precisa alcançar o mínimo de 49 votos favoráveis.

Entre outros pontos, o texto aumenta o tempo para trabalhadores terem direito à aposentaria, eleva as alíquotas de contribuição para quem ganha acima do teto do INSS (hoje em R$ 5.839) e estabelece regras de transição para os atuais assalariados. Com essa proposta, a economia está estimada em R$ 800 bilhões em 10 anos.

Antes de ser votada em plenário, no mesmo dia, às 11h, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) vai votar o parecer do relator do texto, senador Tasso Jereissati (PSDB-CE), sobre nove emendas de redação apresentadas após a votação da reforma em primeiro turno.
Paralela

A conclusão da votação do texto principal da reforma da Previdência avança em parte, mas não encerra a discussão sobre o tema no Congresso. Vários pontos polêmicos considerados importantes, mas que não têm consenso no Senado e na Câmara, integram uma proposta de emenda paralela à Constituição (PEC 133/19). Para que o assunto continue em discussão, Tasso apresentará o relatório sobre essa proposta na próxima quarta-feira (23), na Comissão de Constituição (CCJ) do Senado.

Leia maisSenado deve concluir terça-feira votação de mudanças na Previdência

Rio inaugura maior roda-gigante da América Latina em novembro

A roda-gigante Rio Star será a maior da América Latina, com 88 metros de altura, e a volta completa vai durar 15 minutos. O público se acomodará em 54 gôndola [cabine] com capacidade para até oito passageiros, e os passeios vão ocorrer das 10h às 18h, com a possibilidade de horário estendido na alta temporada.

“Acredito muito que o público carioca vai abraçar a roda-gigante, que vai querer vir conhecer e ter essa visão a 88 metros de altura”, disse o diretor executivo da FW Investimentos, holding que administra a Rio Star, Fábio Bordini.

Roda gigante Rio Star que será inaugurada em dezembro, na zona portuária do Rio de Janeiro.

Sem revelar as promoções, Bordini promete que haverá preços especiais para cariocas, que devem ser parte importante do público, estimado em 3 mil pessoas por dia. Fazendo as contas, são cerca de 1 milhão de pessoas por ano.

A montagem da estrutura metálica que já se destaca na paisagem da zona portuária do Rio de Janeiro terminou na semana passada, e técnicos do país asiático agora trabalham na finalização elétrica e hidráulica da atração, que receberá seus primeiros visitantes na segunda quinzena de novembro. Foram três carregamentos de navio para trazer todo o material da Roda Gigante Rio Star da China.

O projeto nasceu de uma licitação da Prefeitura do Rio de Janeiro para a construção de um parque temático na região, próxima do Aquário do Rio de Janeiro. Diretor executivo da FW Investimentos, holding que administra a Rio Star, Fábio Bordini, conta que a obra começou em dezembro do ano passado, e o maior desafio foi “tropicalizar” a Roda Gigante, 100% encomendada na China.

“Fomos para a China com nossos engenheiros e especificamos como deveria ser a estruturação toda, para que ela viesse para o Brasil preparada para a questão da maresia, situação do mar, tipo de aço. Tudo isso foi feito anteriormente”, diz o executivo.

Leia maisRio inaugura maior roda-gigante da América Latina em novembro

ASSÚ perde 22 milhões e 600 mil por INCOMPETÊNCIA E PREPOTÊNCIA


O prefeito de fato do Assú, Ronaldo Soares, e o filho fantoche, e prefeito de direito, Gustavo Soares, junto com seu irmão, o desagregador líder do governo, deputado George Soares, fizeram o município do Assú perder 22 milhões e 600 mil reais, por causa da incompetência e prepotência, que são receitas perigosas para uma gestão, e prejudicando cada dia mais a população do Assú.

Segundo informações obtidas pelo Blog do VT, o trio que governa o Assú, estava anunciando aos correligionários que receberiam 26 milhões e que utilizariam para financiar a campanha de reeleição do turista Gustavo Soares em 2020, e por causa da inabilidade e incompetência – marca registrada dessa gestão, fizeram a população do Assú perder mais de 22 milhões.

Comenta – se nos bastidores que os conchavos políticos estavam sendo criados com a esperança de receber os 26 milhões e repartir o bolo para segurar os vereadores da situação, pois a maioria está à beira de um racha que irá criar uma crise sem precedentes na atual gestão.

O município do Assú terá que se contentar com apenas 3 milhões e 400 mil reais da cessão onerosa, e o Ministério Público deverá ficar de olhos e ouvidos atentos, porque esse recurso só pode ser aplicado para rombos na Previdência e, se sobrar dinheiro aplicar em investimentos, nunca em custeio da máquina pública, e isso a Prefeitura do Assú sabe fazer demais, desvia a finalidade do recurso e usam como bem entendem, sem se importar com órgãos de fiscalização.

A população do Assú tem todo direito de estar revoltada, pelo despreparo dessa gestão, que só acarreta prejuízos pra o povo, e principalmente, porque nunca se viu governar a cidade com um trio tão incompetente, porque por lei só existe Gustavo, mas na prática, existem mais dois, o maior ficha suja Ronaldo Soares e o instável deputado George Soares.

Sindicato publica vídeo criticando governadora por atraso de salário

O Sindicato divulgou essa peça em tom de humor sarcástico intitulada “Das Dores em Sem Salários”, mostrando uma aparente servidora indo até a Governadoria cobrar uma posição da chefe do executivo estadual sobre o pagamento dos atrasados. Confira:

Governo libera orçamento de universidades federais

O Ministério da Educação anunciou hoje (18) o descontingenciamento do orçamento das universidades federais, que foi possível a partir de um remanejamento do orçamento do MEC. “Cem por cento de todo o orçamento para o custeio das universidades federais e institutos estão sendo descontingenciados neste momento”, disse o ministro da Educação, Abraham Weintraub, em entrevista à imprensa.

Segundo ele, o contingenciamento não chegou a prejudicar nenhuma das ações da pasta. “Foi feita uma boa gestão. Administramos a crise na boca do caixa. Vamos terminar o ano com tudo rodando bem”, acrescentou.

De acordo com o secretário executivo do ministério, Paulo Vogel, estão sendo liberados R$ 1,1 bilhão dos R$ 19,6 bilhões que já estavam previstos para as despesas discricionárias do MEC. Vogel disse que o valor está sendo realocado de outras despesas ministeriais.
Enem

Na entrevista, Weintraub disse ainda que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cujas provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro, ocorre tranquilamente este ano. “As provas já foram impressas. Os alunos que se preparem”.

*Agência Brasil

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio de R$ 3 milhões

A Mega-Sena sorteia neste sábado (19) o prêmio de R$ 3 milhões. O sorteio das seis dezenas do concurso 2.199 será realizado a partir das 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo.

O sorteio da Mega-Sena será realizado no Espaço Loterias Caixa, na cidade de São Paulo. As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer loja lotérica credenciada pela Caixa em todo o país. O bilhete simples, com seis dezenas marcadas, custa R$ 3,50.

Categoria médica é homenageada na Assembleia Legislativa

O dia do médico, celebrado neste 18 de outubro, rendeu homenagens a alguns dos nomes que têm marcado a trajetória da medicina do Rio Grande do Norte, na Assembleia Legislativa. O evento atendeu a requerimento do deputado Kelps Lima (SDD).

O parlamentar iniciou sua fala cumprimentando os deputados Getúlio Rêgo (DEM), Dr. Bernardo (AVANTE), Vivaldo Costa (PSD), Galeno Torquato (PSD) Albert Dickson (PROS) que são médicos e que muito bem representam a categoria na vida e na Assembleia Legislativa.

“Precisa ser muito mais que especial para ser médico, para poder receber a dor e o destino das pessoas em suas mãos. Vocês muito bem representam a profissão que escolheram, na vida e aqui nesta Casa”, discursou Kelps que revelou ter pensado em se tornar médico “Optei pela advocacia porque nesta profissão temos recursos quando na primeira instância as coisas dão errado. Ao contrário da Medicina, onde tudo tem que ser resolvido na primeira ação que um médico realiza. Não tem opção para o erro”, continuou.

Leia maisCategoria médica é homenageada na Assembleia Legislativa

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: