Reformas são temporariamente suspensas

A crise política causou a paralisação das reformas da Previdência e trabalhista. A suspensão da tramitação das duas propostas, consideradas essenciais à estabilidade econômica pelo mercado financeiro, foi anunciada ontem, em momentos diferentes, pelos respectivos relatores: o deputado Arthur Maia (PPS-BA), no caso da previdenciária; e o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), da trabalhista.

Logo cedo, Ferraço disse ao GLOBO que, diante da crise institucional vivida pelo governo, a tramitação do projeto no Senado está suspensa temporariamente. Antes da divulgação de que o presidente Temer teria sido gravado dando aval à compra do silêncio do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, a ideia era apresentar o relatório na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) semana que vem.

Leia maisReformas são temporariamente suspensas

Maiores fortunas do Brasil perdem US$ 6,2 bilhões com crise de Temer

A nova crise política no Brasil esmagou o valor de ativos brasileiros e custou às dezesseis pessoas mais ricas do país US$ 6,2 bilhões na quinta-feira, de acordo com o Índice Bloomberg Billionaires. Ações, títulos e o real caíram após o jornal O Globo ter noticiado suposto aval de Michel Temer para compra do silêncio de Eduardo Cunha.

O Ibovespa caiu 8,8% e o real teve a maior queda desde 2008. A queda reduziu os ganhos acumulados no ano dos dezesseis bilionários de 15,8 por cento na terça-feira para 10,6 por cento. Apesar da crise, Temer disse em pronunciamento que não vai renunciar.

Leia maisMaiores fortunas do Brasil perdem US$ 6,2 bilhões com crise de Temer

PF cumpre 24 mandados de prisão em operação de combate ao tráfico internacional de drogas

A Polícia Federal deflagrou a Operação Flashback nesta manhã, em Curitiba, tendo como alvo principal organizações criminosas envolvidas no tráfico internacional de drogas. Foram expedidos pelo Juízo da Vara Federal de Paranaguá 18 mandados de prisão preventiva, seis de prisão temporária e 20 de busca e apreensão a serem cumpridos nos estados do Paraná, São Paulo, Rio Grande do Sul e Pará.

A ação policial investiga remessas de drogas saindo de portos do Brasil com destino à Europa. Segundo a PF, os investigados responderão pela prática dos crimes de tráfico e associação para o tráfico internacional de drogas.

Leia maisPF cumpre 24 mandados de prisão em operação de combate ao tráfico internacional de drogas

STJ suspende liberdade provisória de ex-prefeita investigada por desvio de R$ 45 milhões


São Paulo (SP) — Darcy Vera chegando na Superintendencia da PF, na capital, depois de ser presa, em dezembro de 2016.

Ex-prefeita de Ribeirão Preto, Dárcy Vera (PSD), foi presa na manhã desta sexta-feira após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspender uma liminar que garantia sua liberdade provisória. Dárcy é acusada de participar de um esquema que desviou R$ 45 milhões dos cofres públicos do município.

Detida em sua própria residência por volta das 6h, Dárcy foi levada para a sede da Polícia Federal por agentes da PF e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Por quatro votos a um, a 6ª turma do STJ decidiu revogar a liberdade provisória, concedida ao fim do ano passado. O mérito do habeas corpus foi julgado em sessão realizada na quinta-feira.

Leia maisSTJ suspende liberdade provisória de ex-prefeita investigada por desvio de R$ 45 milhões

Temer orienta equipe a ir para ‘o enfrentamento’

Pronunciamento de Michel Temer

Presidente pediu ‘resistência’ aos partidos aliados durante reuniões ao longo do dia no Planalto e retocou discurso para enfatizar indignação

Vera Rosa, Tânia Monteiro e Carla Araújo, O Estado de S.Paulo

O presidente Michel Temer orientou a equipe a “partir para o enfrentamento”, na tentativa de mostrar que não está acuado com as delações feitas pela JBS nem com o inquérito autorizado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para investigá-lo.

Nas conversas desta quinta-feira, 18, em seu gabinete, no Palácio do Planalto, ele pediu “resistência” aos partidos da base aliada, do PSDB ao PP, e cobrou apoio à agenda das reformas.

Temer chegou a ser aconselhado a renunciar por pelo menos dois assessores de sua extrema confiança e reagiu com nervosismo. “Não sou homem de cair de joelhos. Caio de pé”, afirmou.

Leia maisTemer orienta equipe a ir para ‘o enfrentamento’

Temer pode ter cometido prevaricação ao não comunicar crime de Joesley

FILE - In this May 8, 2017, file photo, Brazil's President Michel Temer listens in during a event at the Brazilian Institute of Research in Brasilia, Brazil. Temer is denying a report that he endorsed the alleged bribing of a jailed former congressman to keep him quiet. The allegation made in a Globo News report on Wednesday, May 17, represents a potentially significant blow to President Temer. His administration has lurched from one crisis to another since he took office just over a year ago. (AP Photo/Eraldo Peres, File) ORG XMIT: XLAT102

O presidente Michel Temer cometeu, em tese, o crime de prevaricação ao deixar de informar as autoridades policiais que Joesley Batista tinha relações com dois juízes e um procurador em Brasíliacom o objetivo de obstruir ações da Justiça.

Os juízes e o procurador atuavam na Operação Greenfield, que investiga fraudes em fundos de pensão, segundo a Folha de São Paulo.

A conversa mantida entre o empresário Joesley Batista e o presidente Michel Temer no Palácio do Jaburu revela que o peemedebista tomou conhecimento de um plano para destituir um procurador da República que investigava a JBS, mas não reagiu de forma contrária à estratégia.

Leia maisTemer pode ter cometido prevaricação ao não comunicar crime de Joesley

Após ser flagrado recebendo R$ 500 mil, Rocha Loures chega ao Brasil

Após participar de homenagem ao prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), em Nova York (EUA), o deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) desembarcou nesta sexta-feira (19) ano aeroporto internacional de Cumbica, em Guarulhos (Grande SP).

Loures deixou o aeroporto por volta das 7h30, um pouco mais de uma hora depois de seu voo JJ 8081 da TAM pousar, às 6h20. Sem falar com a imprensa, o parlamentar em um táxi branco com seu advogado e foi embora sob gritos de “ladrão”.

O advogado Daniel Kignel o aguardava na área de desembarque e disse que primeiro iria conversar com seu cliente e se inteirar dos fatos para depois indicar os rumos do parlamentar. As informações são da Folha de São Paulo.

Leia maisApós ser flagrado recebendo R$ 500 mil, Rocha Loures chega ao Brasil

Esquerda e direita convocam atos no país pela saída de Michel Temer

Manifestantes em ato contra o presidente Michel Temer, na avenida Paulista, nesta última quarta (17)

Movimentos que estiveram em lados opostos nas manifestações que antecederam o impeachment de Dilma Rousseff (PT), em 2016, convocaram para domingo (21) atos pedindo a saída do presidente Michel Temer (PMDB). Na noite de quarta, protestos já chegaram às ruas.

O Vem Pra Rua, que pediu o impeachment da petista, e as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, contrárias à sua queda, devem protestar lado a lado na avenida Paulista, em São Paulo.

Ambos afirmam, porém, que não haverá ato unificado para pedir que Temer saia do governo. “Não pode ser junto, pedimos a prisão de Lula também”, afirmou o líder do Vem Pra Rua Rogério Chequer à Folha na manhã desta quinta-feira (18). As informações são da Folha de São Paulo.

Leia maisEsquerda e direita convocam atos no país pela saída de Michel Temer

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: