fbpx

Leilões de petróleo poderão render US$ 30 bilhões em investimentos

O petróleo e o gás natural poderão ser uma importante alavanca para ajudar o país, especialmente o Estado do Rio de Janeiro, a sair da profunda crise financeira em que se encontra. Os dez leilões de petróleo marcados para o período de 2017 a 2019 devem render US$ 30 bilhões em investimentos para o Estado do Rio. O cálculo é da Agência Nacional do Petróleo (ANP) e considera o aporte necessário para desenvolver os campos localizados no litoral do estado ao longo do contrato, de 35 anos.

Com a expectativa de que sejam descobertas, só nos blocos do Rio, reservas de, no mínimo, 4 bilhões de barris de petróleo, a ANP prevê ainda que o estado deve receber cerca de US$ 8 bilhões em royalties nas três décadas e meia. Além disso, são estimados outros US$ 400 milhões para o estado, no mesmo período, em participações especiais (compensação financeira que incide sobre campos de elevada produção). O pico dos investimentos esperados nos campos está previsto para 2025. Hoje, a maior dívida do Estado do Rio é com a União, de R$ 5 bilhões por ano, valor que vem tentando renegociar. As informações são de O Globo.

Leia maisLeilões de petróleo poderão render US$ 30 bilhões em investimentos

Inscrição para o Enem 2017 começa nesta segunda e vai até o dia 19

Enem

As inscrições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 começam nesta segunda-feira (8), às 10h, e ficam abertas até as 23h59 do dia 19 de maio. O Sistema de Inscrição pode ser acessado pelo endereço enem.inep.gov.br/participante. O prazo para o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 82, vai até 24 de maio. As provas serão realizadas em dois domingos consecutivos: 5 e 12 de novembro.

Três grupos terão direito à isenção da taxa. Para os concluintes do ensino médio no ano letivo de 2017 matriculados na rede pública, a isenção é automática. Os membros de família de baixa renda que declarem estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica (decreto 6.135/2007) e que estejam inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) têm direito à isenção.

Leia maisInscrição para o Enem 2017 começa nesta segunda e vai até o dia 19

Com virada no fim, Flamengo é o novo campeão carioca

Réver ergue a taça para o Flamengo após a vitória na final sobre o Fluminense Foto: Guilherme Pinto / Agência O Globo

Guerrero confirmou neste domingo o posto de jogador mais decisivo do Flamengo nesta temporada. O peruano, que tinha atuação apagada, conseguiu desencantar aos 40 minutos do segundo tempo e empatou um jogo que se encaminhava para os pênaltis contra o Fluminense. Rodinei ainda fez o 2 a 1 no fim e garantiu o título ao clube rubro-negro, que vencera a primeira partida por 1 a 0.

O gol, além de valer o primeiro troféu de Guerrero pelo Flamengo, deu ao peruano a artilharia isolada do Campeonato Carioca, com 10 gols. Na temporada, o peruano já soma 12 gols em 17 partidas.
– É uma sensação única (o primeiro título no Rio). Todo mundo cantando… Não sei como explicar – disse o peruano após a partida, sem esconder a emoção. 

Leia maisCom virada no fim, Flamengo é o novo campeão carioca

PT-SP pedirá liberdade dos ‘presos políticos’ Dirceu, Palocci e Vaccari

O ex-ministro José Dirceu chega em sua nova residência, um prédio no bairro Sudoeste, próximo à região central de Brasília (DF)

O PT de São Paulo decidiu, em congresso estadual, dar tratamento de preso político aos ex-ministros José Dirceu e Antonio Palocci, além do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

CATIA SEABRA – Folha de São Paulo

Aprovada por unanimidade pelos 999 delegados estaduais do PT, uma moção propõe que o partido exija a liberdade dos três.

“É um erro e faz o jogo do juiz [Sergio] Moro punir alguns petistas ‘culpados’ por delatores manipulados por procuradores, juízes e policiais quando os presos sabidamente não têm liberdade para se defender. O PT deve exigir a liberdade para o presos políticos José Dirceu, Vaccari e Palocci”.

O texto, que foi apresentado pela chapa Unidade pela Reconstrução do PT, diz também que a “República de Curitiba” mantém dirigentes do PT presos há mais de ano, alguns sequer condenados no “regime de exceção” que se instala no país.

A moção será também submetida ao congresso nacional do PT, programado para os dias 1 e 2 de junho. Eleito presidente do PT de São Paulo horas depois da aprovação do texto, o ex-prefeito Luiz Marinho afirma que esta é uma moção “de carinho e de afeto”.

Leia maisPT-SP pedirá liberdade dos ‘presos políticos’ Dirceu, Palocci e Vaccari

MST levará 20 mil militantes a Curitiba em depoimento de Lula, diz Stédile

Resultado de imagem para lula e stedile

MST levará 20 mil militantes a Curitiba, diz Stédile

Catia Seabra – Folha de São Paulo

Líder nacional do MST, João Pedro Stédile afirmou, neste sábado (7), que o Movimento dos trabalhadores Rurais Sem Terra levará 20 mil militantes a Curitiba na próxima quarta-feira (10), quando o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prestará depoimento ao juiz Sérgio Moro.

Após depoimento, os apoiadores de Lula realizarão um ato. Segundo Stédile, maior parte dos participantes será do próprio Estado do Paraná, onde o movimento reúne 20 mil famílias.

Já a CUT (Central Única dos Trabalhadores) distribuiu a organização das carreatas entre os sindicatos que a compõem. Cerca de 30 ônibus sairão do grande ABC.

Leia maisMST levará 20 mil militantes a Curitiba em depoimento de Lula, diz Stédile

Câmara vota regularização fundiária, dívida dos estados e reforma da Previdência

A pauta do plenário da Câmara desta semana tem oito medidas provisórias (MPs) pendentes de aprovação pelos deputados. Entre as MPs que trancam a pauta está a 759/2016, que estabelece novas regras de regularização fundiária urbana e rural, inclusive na Amazônia Legal, e dispõe sobre a liquidação de créditos concedidos aos assentados da reforma agrária.

O texto institui ainda mudanças nos procedimentos de alienação de imóveis da União. A medida tramita em regime de urgência e foi analisada por uma comissão mista formada por deputados e senadores. A comissão aprovou, no último dia 3, o parecer do relator, senador Romero Jucá (PMDB-RR).

Desde dezembro, quando começou a tramitar no Congresso, a MP recebeu mais de 730 emendas. Entre as principais mudanças incluídas pelo relator, está o chamado direito real de laje, que permite que unidades habitacionais construídas na mesma superfície sejam registradas com matrículas diferentes (uma casa sobre a laje da outra, por exemplo).

Leia maisCâmara vota regularização fundiária, dívida dos estados e reforma da Previdência

Com 65,5% dos votos, Macron derrota Le Pen no 2º turno, indica boca de urna

Macron acena para apoiadores após votar no 2º turno, neste domingo - Christophe Ena/AP

O ex-ministro da Economia Emmanuel Macron venceu as eleições presidenciais na França, indicam pesquisas de boca de urna divulgadas às 20h locais (15h no Brasil), logo após o fechamento das urnas.

Segundo a sondagem, Macron obteria 65,5% dos votos e sua rival, a nacionalista Marine Le Pen, 34,5%. Pesquisas de boca de urna na França são confiáveis e costumam bater com a apuração oficial.

A candidata de extrema direita, inclusive, já reconheceu a derrota no pleito momentos antes do encerramento da votação. Em um disurso, Le Pen desejou que o novo presidente tenha “êxito” frente aos “enormes desafios da França”. As informações são de O Estado de São Paulo.

Associação de Procuradores responde à declaração de Lula

Luiz Inácio Lula da Silva

Apenas lamentar a frase, que soa como ameaça, de que – supõe-se legitimamente que depois de mais uma vez eleito presidente – mandará prender os que investigam”, disse

O presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), José Robalinho Cavalcanti, rebateu as declarações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afirmando, em nota, que chefes do executivo não possuem poder para decretar a prisão de qualquer pessoa.

“Apenas lamentar a frase, que soa como ameaça, de que – supõe-se legitimamente que depois de mais uma vez eleito presidente – mandará prender os que investigam”, disse Cavalcanti, referindo-se às declarações dadas por Lula na última sexta-feira, quando afirmou que, se eleito, “mandaria prender” quem espalhava mentiras sobre ele.

“Isso não deterá qualquer agente de Estado ou a marcha serena e impessoal da Justiça, mas não é uma declaração digna de quem por oito anos foi o supremo mandatário do País”, afirmou o presidente da ANPR na nota, divulgada pelo portal G1. “O ex-presidente sabe muito bem que chefes do executivo não ‘mandam prender’ ninguém em um Estado de direito. A justiça é que o faz “. As informações são da Agência Estado.

Leia maisAssociação de Procuradores responde à declaração de Lula

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: