fbpx

Dilma: Greve geral mostra que povo é capaz de resistir a mais um golpe

Dilma

A petista também afirmou que a mobilização em defesa de direitos trabalhistas e previdenciários une os trabalhadores e “mostra a força da sua resistência”

Em sua página oficial no Twitter, a ex-presidente Dilma Rousseff fez comentários sobre as paralisações de várias categorias e protestos em diversas cidades do país contra as reformas trabalhista e da Previdência nesta sexta-feira (28).

“A #GreveGeralNoBrasil mostra que o povo brasileiro é valente e é capaz de resistir a mais um golpe”, disse.

A petista também afirmou que a mobilização em defesa de direitos trabalhistas e previdenciários une os trabalhadores e “mostra a força da sua resistência”.

Jornal Nacional é alvo de críticas ao ignorar greve geral

Telejornal de maior audiência do país, edição do Jornal Nacional teve mais de 38 minutos de duração, mas não abordou a realização da greve geral

“Nasa divulga imagens inéditas de Saturno”. “Sexta-feira será de temperaturas baixas no Sul e Sudeste”. “Prêmio de R$ 101 milhões da Mega-Sena sai para Jaciara”. “Milhares de crianças e adolescentes que vivem em abrigos têm família”. O que esses temas têm em comum? Todos foram noticiados pela edição de quinta-feira, 27, do Jornal Nacional.

Por outro lado, a chamada greve geral programada para esta sexta – e que afeta a circulação do transporte público em diversas cidades – foi ignorado pelo noticiário da TV Globo que tem William Bonner como editor-chefe (além de apresentador). As informações são do Portal Comunique-se.

Leia maisJornal Nacional é alvo de críticas ao ignorar greve geral

Eunício Oliveira tem alta da UTI e no sábado pode sair do hospital

 “O paciente já se encontra consciente, orientado e caminhando bem”, informou boletim médico

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), recebeu alta da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) no final da manhã desta sexta-feira (28), segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Santa Lúcia – onde o senador está internado desde a madrugada de quinta (27).

“O paciente já se encontra consciente, orientado e caminhando bem. Realizará uma ressonância magnética de crânio com contraste ainda hoje”, diz o boletim do hospital. A expectativa é de que o presidente do Senado possa receber alta hospitalar até sábado (29).

Lava Jato aprofunda investigação sobre desvios na Transpetro

Resultado de imagem para transpetro

Um dos alvos é o advogado Bruno Mendes, que seria ligado a Renan Calheiros; operação coleta provas de crimes contra a administração pública, lavagem de dinheiro, corrupção e organização criminosa

A operação deflagrada na manhã desta sexta-feira (28) pela Polícia Federal tem como objetivo aprofundar as investigações de desvios na Transpetro, informou a Procuradoria-Geral da República (PGR).

As buscas e apreensões foram solicitadas pelo órgão e autorizadas pelo ministro Luiz Edson Fachin, relator da operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), para coletar provas de crimes contra a administração pública, lavagem de dinheiro, corrupção e organização criminosa. As informações são da Agência Estado.

Leia maisLava Jato aprofunda investigação sobre desvios na Transpetro

Marcelo Odebrech entrega registro de suposta visita de Aécio

Aécio Neves. Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Empresário repassa à Lava Jato anotação em sua agenda pessoal do dia 26 de maio de 2014, quando teria acertado o repasse de R$ 500 mil mensais para bancar gastos de pré-campanha do tucano à Presidência 

Julia Affonso e Ricardo Brandt – O Estado de São Paulo

O empresário Marcelo Odebrecht, um dos delatores do grupo que leva seu sobrenome, entregou à Operação Lava Jato documentos que tentam corroborar suas declarações ao Ministério Público Federal. Um deles é o registro da portaria do condomínio onde mora, em São Paulo, que aponta o número da placa do carro do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e a entrada do veículo em 26 de maio de 2014, às 20h50.

Aécio é o presidente nacional do PSDB.

Marcelo Odebrecht é réu da Lava Jato e está preso desde 19 de junho de 2015, por ordem do juiz federal Sérgio Moro. O empreiteiro tenta confirmar um jantar, naquela data, no qual teria acertado com o tucano ‘pagamentos mensais para o PSDB’.

Segundo Marcelo Odebrecht, o encontro ocorreu ‘antes da campanha presidencial de Aécio Neves de 2014 se tornar oficial’.

Leia maisMarcelo Odebrech entrega registro de suposta visita de Aécio

Eunício Oliveira continua internado em Brasília

Presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE)

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), permanece internado nesta sexta-feira (28), no Hospital Santa Lúcia, em Brasília, em observação na unidade de tratamento intensivo (UTI). O senador foi hospitalizado na madrugada de quinta (27) depois de sofrer um desmaio.

De acordo com o último boletim médico, divulgado na noite de quinta, há perspectiva de alta da UTI ainda na manhã desta sexta-feira. O senador apresenta “bom estado geral e com melhora gradativa do quadro clínico”, segundo informações do hospital. Eunício Oliveira está “consciente, orientado e já caminha sozinho”, diz o boletim.

Operação da PF mira pessoas ligadas a Renan Calheiros

Brasilia,DF,Brasil 13.12.2016 O presidente do Senado, Renan Calheiros, comanda sessao de votacao de segundo turno da PEC 55, que trata do teto de gastos. Foto: Alan Marques/Folhapress cod 0619

Por Bela Megale – Folha de São Paulo

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta sexta-feira (28) a operação Satélites 2, que foca, assim como a Satélites 1, pessoas que tinham relacionamentos com políticos que estão sob investigação.

Os mandados, de busca e apreensão, foram autorizados pelo ministro Edson Fachin, que é relator da Lava Jato no STF (Supremo Tribunal Federal), e a ação é derivada da delação premiada do ex-diretor da Transpetro Sergio Machado, um dos colaboradores da Lava Jato, e de mais dois empresários.

Entre os alvos estão investigados ligados ao senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e a outros políticos.

São alvos de busca endereços ligados ao advogado Bruno Mendes, que já foi assessor parlamentar de Renan no Senado.

Leia maisOperação da PF mira pessoas ligadas a Renan Calheiros

Foro e lei do abuso devem ‘desacelerar’ na Câmara

Vazio. Rodrigo Maia (primeiro da fila) deixa plenário da Câmara, seguido de deputados, após sessão sem quórum, ontem

Recém-aprovados no Senado, projetos não serão priorizados pelos deputados

Isadora Peron e Daiene Cardoso, O Estado de S.Paulo

Após votação expressa no Senado, nesta quarta-feira, 26, o projeto de lei sobre abuso de autoridade não deve tramitar com a mesma celeridade na Câmara dos Deputados. A avaliação de líderes ouvidos pelo Estado é de que a prioridade da Câmara será aprovar a reforma da Previdência. “Estamos muito focados na reforma, não há espaço para outros temas”, disse o líder do governo no Congresso, deputado André Moura (PSC-SE).

Deputados argumentam que, por se tratar de um assunto muito delicado, a discussão da proposta poderia atrapalhar a formação de consenso em torno do texto da reforma previdenciária. Eles também temem que o debate possa aumentar a pressão e o descontentamento da população em relação à Casa.

Reservadamente, apontam ainda que, como o Senado tem mais nomes implicados na Lava Jato, a preocupação dos senadores com o projeto é maior do que a dos deputados. Ao todo, 28 dos 81 senadores estão sendo investigados.

Leia maisForo e lei do abuso devem ‘desacelerar’ na Câmara

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: