PM de Assú prende assaltantes

Os bandidos voltaram a agir ontem em Assú e roubaram uma motocicleta CB 300 de um cidadão nas proximidades da antiga Moto Oeste, como é conhecido o local. Foram presos os marginais conhecidos por João Paulo e Ureia, já com fichas criminais na Justiça.

Segundo informações do Blog do GTO Assú, a equipe da Força Tática do 10º BPM avisada, rapidamente saiu em diligência e conseguiu localizar um suspeito no Bairro Colorado. Logo, ele confessou o crime, levando os Policiais Militares ao local de desmanche das motos.

Os produtos de assaltos foram levados à DP de Plantão em Mossoró.

Advogado Sebastião Leite consegue liminar para RN exportar pescado para a Europa

Em setembro passado a Comunidade Europeia veio fiscalizar as empresas brasileiras no aspecto fitossanitário e não gostou do que viu e ameaçou com embargo comercial a todos os pescados brasileiros. O Brasil então resolveu, antes que a Comunidade Europeia resolvesse propor embargo ao país e decidiu impedir que se fizesse qualquer exportação para o continente europeu.

“Tal medida está em vigor desde o dia 03.01.18 e impede que qualquer tipo de pescado seja exportado para a Europa, prejudicando nossa economia”, ressalta Sebastião Leite Jr. A decisão liminar foi concedida na noite de quinta-feira (15) pelo juiz Janílson Bezerra de Siqueira, da 4ª Vara de Natal, a pedido da Pesqueira Nacional Ltda., que opera na capital potiguar desde 2002. De acordo com a empresa, a carga de atum e meca, avaliada em R$ 985 mil, deve sair do Porto de Natal no final de semana. Ela já está em contêineres no porto da cidade.

O navio vai levar a carga deve chegar a Natal neste sábado (17) e a previsão é que deixe o porto entre o domingo (18) e a segunda-feira (19), dependendo da maré. Segundo o advogado Sebastião Leite Júnior, que representa a empresa, essa foi a primeira decisão do tipo, na justiça brasileira, desde que entrou em vigor o Memorando N. º 209/2017, do Ministério da Agricultura, Pesca e Abastecimento, que proibiu as exportações de todo o pescado brasileiro para a Europa.

Leia maisAdvogado Sebastião Leite consegue liminar para RN exportar pescado para a Europa

Secretário de Doria é condenado em ação da linha 5 do Metrô

O secretário municipal de Transportes, Sergio Avelleda

O secretário municipal dos Transportes de São Paulo, Sergio  Avelleda, foi condenado por improbidade administrativa por fraude no processo da licitação da Linha 5 do metrô.

Avelleda e o consórcio da empresas formado por Camargo Corrêa, Galvão Engenharia, Mendes Junior, entre outras, terão que pagar multa de R$ 326 milhões, corrigidos desde 2011, com perda de função pública e direitos políticos por cinco anos, mais o pagamento de multa de duas vezes o valor do dano.

A ação teve como base reportagem da Folha de outubro de 2010, que adiantou o resultado da concorrência dos lotes 2 a 8 da Linha 5 Lilás seis meses antes da publicação no “Diário Oficial”.

As sentenças não têm efeito imediato. Avelleda diz que vai recorrer da decisão. As informações são da Folha de São Paulo.

Vaerton, irmão do prefeito de Ipanguaçu Valderedo, convida Zé de Deus para churrasco

Resultado de imagem para jose de deus e marluce Ipanguaçu

O ex-vereador Vaerton Bertoldo, réu e acusado pelo Ministério Público de abastecer o seu veículo com dinheiro da Câmara de Vereadores de Ipanguaçu, que responde a processo, revelou a amigos de um grupo no WhatsApp que seu irmão do prefeito de Ipanguaçu Valderedo Bertoldo, mandou convidar o ex-prefeito José de Deus Barbosa para participar de um churrasco na fazenda do empresário e dono do Posto Frei Damião, Hugo do Posto que deve acontecer até o final do mês.

Apesar de não revelar explicitamente qual seria a intenção de encontro com Zé de Deus, o irmão de Valderedo e ex-vereador Vaerton Bertoldo se diz amigo e admirador do ex-gestor de Ipanguaçu, destacando que ele e o prefeito Valderedo querem conversar.

No áudio, Vaerton diz ainda que Zé de Deus não vai dar nada para o churrasco e que eles já tem os carneiros. Além disso, o irmão do prefeito Valderedo afirma que Zé de Deus é quem vai escolher os convidados para o churrasco e que se ele não aceitar, não acontecerá a festa. Escute abaixo áudio da conversa:

Nenhum remédio tem o poder de prevenir gripes ou infartos

Ilustração Líbero para coluna Drauzio Varella

Por Drauzio Varella – Folha de São Paulo*

O mercado mundial de vitaminas e suplementos alimentares é bilionário. Só nos Estados Unidos, movimenta US$ 30 bilhões anuais, com mais de 90 mil produtos vendidos pela internet ou expostos em lojas que mais parecem hipermercados.

Inquérito recente revelou que 52% dos americanos adultos consomem um ou mais desses produtos, enquanto 10% fazem uso de pelo menos quatro. Vitaminas e sais minerais (micronutrientes) lideram as vendas.

O consumo está baseado na crença religiosa de que, dessa forma, o usuário mantém a saúde e evita doenças. Digo religiosa, porque nenhum estudo científico até hoje realizado foi capaz de demonstrar qualquer benefício dessa prática em pessoas bem nutridas.

Pelo contrário, a ingestão de certos micronutrientes em doses diárias mais altas do que as recomendadas (betacaroteno, ácido fólico, vitamina E, vitamina A e selênio, por exemplo) pode aumentar a mortalidade geral e o número de óbitos por câncer e acidentes vasculares cerebrais hemorrágicos.

Leia maisNenhum remédio tem o poder de prevenir gripes ou infartos

Sem Previdência, intervenção no Rio vira ‘última cartada’ de Temer

Resultado de imagem para Sem Previdência, intervenção no Rio vira 'última cartada' de Temer

A intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro virou a última cartada do presidente Michel Temer na tentativa de encontrar uma agenda com respaldo popular para substituir a iminente derrota do governo na votação da reforma da Previdência. A sete meses e meio das eleições, com planos de disputar um novo mandato e a bandeira reformista sob ameaça, Temer procura uma marca que possa ofuscar a crise política.

Embora o presidente diga que revogará o decreto da intervenção quando tiver apoio para votar as mudanças na aposentadoria – uma vez que, enquanto durar a medida, a Constituição não pode ser alterada -, até aliados admitem, nos bastidores, o naufrágio da reforma.

Desde o ano passado o Palácio do Planalto tenta, sem sucesso, conquistar o aval de 308 dos 513 deputados para aprovar novas regras do INSS. Sem qualquer perspectiva de obter esses votos, Temer vai apostar agora na pauta do combate à violência e ao crime organizado como uma espécie de tábua de salvação para os últimos meses de mandato. As informações são da Agência Estado.

Leia maisSem Previdência, intervenção no Rio vira ‘última cartada’ de Temer

Bilionários criam foguetes com foco no turismo em Marte

Se a corrida à Lua nos anos 1960 foi marcada pela competição entre nações, a disputa para chegar a Marte se tornou um jogo de egos bilionários. Ao lançar um carro ao espaço a bordo do superfoguete Falcon Heavy, o sul-africano Elon Musk realizou mais que uma jogada de marketing: mostrou ao mundo que a sua SpaceX está um passo à frente.

A Blue Origin, bancada por Jeff Bezos, dono da Amazon e de uma das maiores fortunas do planeta, planeja o teste do seu foguete orbital New Glenn apenas para 2020. Correndo por fora, o britânico Richard Branson pretende ocupar o segmento de turismo espacial com a Virgin Galactic, segundo informações de O Globo.

— Eu não sou apaixonado por Marte como Elon é. Meu amor pelo espaço é sobre o quanto podemos fazer pelas pessoas aqui na Terra — declarou Branson num fórum em Helsinki, na Finlândia, no fim do ano passado, apontando o seu favorito para o primeiro desembarque no planea vermelho. — Chegar a Marte é um desafio incrível e eu acredito que Elon Musk vai chegar lá primeiro. Ele é o mais interessado em grandes foguetes para longas distâncias.

Leia maisBilionários criam foguetes com foco no turismo em Marte

Ministros do STJ têm R$ 40 mil por ano para gastar em passagens

Estátua representando a Justiça em frente ao Supremo Tribunal Federal

Os ministros do STJ (Superior Tribunal de Justiça) também têm à disposição mais de R$ 40 mil por ano para comprar passagens aéreas nacionais.

A última resolução sobre o tema foi assinada pelo ministro Francisco Falcão em 2014, quando ele presidia a corte.

No STF a verba é de R$ 51,6 mil, segundo informações de Mônica Bergamo –  Folha de São Paulo.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: