fbpx

CIRCO PEGANDO FOGO: Ministério Público Eleitoral pede cassação do registro de Bia Dantas e inelegibilidade de Rosalvo

Nas eleições de 2020, Gustavo, Fabiele e sua trupe, montaram um verdadeiro circo, em que muitos malabarismos foram feitos para manipular as votações com a possível compra de voto, dai surgiram inúmeros processos com provas e testemunhas, que tem sido analisados e investigados ao longo do meses pela justiça.

O Ministério Público Eleitoral do RN está a todo vapor, e emitiu parecer sobre um dos processos, que envolve Bia e Rosalvo Dantas, no qual afirma que não é crível e muito menos racional, sustentar que a filha desconhecia os atos ilícitos cometidos pelo seu pai.

Com isso, opinou pela procedência parcial da ação nº nº 0600464-23.2020.6.20.0029, para condenar Rosalvo e Bia pelas práticas de captação ilícita de sufrágio e abuso de poder econômico, e a aplicação das sanções para os dois com a declaração de inelegibilidade por 8 anos e pra Bia a penalidade foi maior com o pedido de cassação do registro.

Agora, é aguardar o posicionamento sobre os outros processos, envolvendo o prefeito Gustavo, a vice Fabielle e o deputado George.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: