Ciro diz que FH é ‘cínico’ e fez carta para ressuscitar campanha de Alckmin

O candidato do PDTCiro Gomes, afirmou nesta sexta-feira que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso é um “encantador de serpentes”. Segundo o presidenciável, o objetivo do tucano ao escrever uma carta conclamando a unidade das candidaturas de centro é ressuscitar a campanha do seu correligionário, Geraldo Alckmin (PSDB).

Ciro Gomes chamou o ex-presidente de cínico e acusou o tucano de fazer o aceno a outras campanhas por “pura malícia”.

Publicada nesta quinta-feira, a carta de FH não foi bem recebida por outros candidatos, que afirmaram que o PSDB não tem autoridade para iniciar esse tipo de movimentação.

– O Fernando Henrique é um encantador de serpentes. Ele está querendo ver se cria alguma forma de ressuscitação da candidatura do PSDB – disse o candidato, após caminhada em Pindamonhangaba.  DIMITRIUS DANTAS – O Globo

Na manhã desta sexta-feira, o pedetista visitou o Santuário de Nossa Senhora da Aparecida. De lá, foi para Pindamonhangaba, sua cidade natal, onde fez uma caminhada com apoiadores divulgando sua principal bandeira de campanha, a retirada de 63 milhões de brasileiros do SPC.

Para Ciro, a candidatura do PSDB não estaria “enterrada” por algum defeito do ex-governador Alckmin, mas porque os tucanos seriam os grandes responsáveis pelo quadro de ódio que teria, segundo Ciro, se instalado no país. O resultado seria, de um lado, um fenômeno classificado pelo presidenciável de “nazista, militarista e extremista”, ligado ao deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), e, de outro, a radicalização, representada pelo PT.

Segundo as últimas pesquisas de intenção de voto, Ciro ocupa a terceira colocação, atrás de Bolsonaro e do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT). O pedetista poderia ser o principal beneficiado de uma unidade das candidaturas que não incluíssem as do PT e a do PSL. Ao falar com repórteres após a caminhada em Pindamonhangaba, quando questionado se era a terceira via nesta eleição, Ciro respondeu que era a primeira via.

– Não, eu sou a primeira via. Sou o único que pode tirar o Brasil desse atoleiro que tá aí. Já expliquei, é segredo, não conta pros meus adversários.

O candidato chegou a colocar em dúvida a precisão dos institutos de pesquisa. Ao comentar o resultado das pesquisas presidenciais no estado de São Paulo, Ciro afirmou que Alckmin terá “muito mais” votos no estado do que dizem os levantamentos. Apesar de sua posição nas pesquisas, que afirmam que é o candidato mais citado como “segunda opção”, Ciro evitou fazer acenos aos eleitores de Marina Silva (Rede) e Alckmin.

– Eu acho uma coisa muito pouco democrática e, além disso, uma coisa grosseira constranger cidadãos que têm preferência por outros. O brasileiro deve escolher aquele que achar melhor. Primeiro turno é hora de votar em quem quer, em quem prefere – afirmou.

O candidato, no entanto, falou diretamente aos eleitores de Bolsonaro que não são “fascistas” e que discordem da discriminação contra negros, mulheres e LGBT. Ciro pediu para os que veem no deputado federal decência e autoridade, que migrem para sua candidatura.

– Para os revoltados, quero dizer com muita humildade: revolta sem projeto é ódio. Portanto, um eleitor de Bolsonaro que não seja fascista, não ache que temos que discriminar as pessoas porque são negros ou mulheres ou por causa da orientação sexual. Se estão procurando só decência e autoridade, venham comigo, é aqui que está isso.


Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: