Com adesão de 25%, Conab conclui programa de demissão voluntária em junho

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) conclui o Programa de Demissão Voluntária (PDV) em 1º de junho, com um total de 1.280 adesões, somadas duas etapas de desligamento. A expectativa do presidente da empresa, Francisco Marcelo Rodrigues Bezerra, é reduzir os custos da folha de pagamentos em R$ 500 milhões nos próximos cinco anos de vigência do prazo de pagamento das indenizações.
A estatal obteve autorização da Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (Sest), do Ministério do Planejamento, para demitir 1.670 funcionários. O processo foi iniciado em outubro de 2016, retomado em abril e concluído em 19 de maio. “Conseguimos a adesão de 25% do efetivo total, de um pouco mais de cinco mil pessoas. Esse é o percentual que vem sendo perseguido pelo governo federal para reduzir o efetivo das estatais”, disse Bezerra.

A primeira etapa de desligamentos da Conab foi encerrada em 10 de maio, quando foram demitidos 680 inscritos no PDV. A segunda leva de demissões tem 600 pessoas confirmadas, mas ainda é possível haver desistências até 1º de junho, data de encerramento do prazo. No próximo dia 29, será realizada uma cerimônia de despedida para essas pessoas.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: