fbpx

Coordenador de transporte é afastado por prefeitura da Grande Natal após ser filmado usando arma para abordar motoristas

Vídeos colhidos por moradores de Parnamirim, na Grande Natal, mostram um homem que ocupa um cargo comissionado na prefeitura usando uma arma de fogo em abordagens a motoristas. De acordo com as denúncias, o homem age com agressividade.

Em um dos vídeos, o servidor dá voz de prisão a um motorista no bairro Nova Parnamirim e tenta tirá-lo de dentro do carro a força. Em outro, ele aborda o motorista de uma caminhonete com arma em punho. Procurado, o motorista não quis dar entrevista por medo.

“Ele vem cometendo essas arbitrariedades dentro da cidade, com modo de agir agressivo. Um funcionário público andando armado, fazendo abordagem indevida em carros oficiais da prefeitura, intimidando as pessoas”, afirmou um morador do município que denunciou o caso e que pediu para não ser identificado.

Coordenador de transporte faz abordagens armados na Grande Natal

Coordenador de transporte faz abordagens armados na Grande Natal

O servidor que aparece nas imagens é Emerson Cristian de Oliveira Cavalcante, que é o coordenador de transporte da Secretaria de Segurança, Defesa Social e Mobilidade Urbana.

A Prefeitura de Parnamirim informou que após tomar conhecimento da conduta do servidor ele foi afastado da função. A secretaria municipal ainda informou que não compactua com a prática de condutas ilícitas, como abuso de poder ou de autoridade, e que o servidor deverá ser exonerado do cargo.

Segundo servidores, o homem teria porte de arma por ser militar da reserva da Marinha do Brasil. A Inter TV Cabugi procurou a assessoria do comando da Marinha no RN, mas não recebeu confirmação sobre isso até a última atualização desta matéria. O servidor também foi procurado, mas não foi localizado para comentar as denúncias.

Os vídeos não envolveriam ações policiais. Segundo o autor da denúncia, mesmo que o servidor tenha posse de arma, o uso no serviço para o qual era contratado não seria permitido.

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte informou que não houve registro de Boletim de Ocorrência sobre o caso até a sexta-feira (4), mas a delegacia do município vai convocar os envolvidos para prestar esclarecimentos e abrir um inquérito, a partir da próxima segunda-feira (7). A corporação deverá apurar supostos crimes de abuso de autoridade, abuso de poder e ameaça.

Servidor de Parnamirim aborda motorista com arma em punho — Foto: Reprodução

Servidor de Parnamirim aborda motorista com arma em punho — Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: