fbpx

Corpo de Pelé será embalsamado para ser velado na segunda-feira, 2

O corpo de Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, será embalsamado para ser velado na próxima segunda-feira, 2. O Rei do Futebol morreu nesta quinta-feira, 29, de falência de múltiplos órgãos decorrente de câncer de cólon.

De acordo com informações apuradas pelo Terra, o velório será na Vila Belmiro, em Santos, local onde o ídolo foi revelado no esporte. O enterro será na terça-feira, às 10h, no Memorial Necrópole Ecumênica, próximo à Vila.

Pelé estava internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 29 de novembro. Com diagnóstico de infecção respiratória, ele passou a ser submetido a cuidados paliativos nas últimas semanas.
Entenda como será velório de Pelé

O corpo de Pelé será velado no Estádio Urbano Caldeira, a Vila Belmiro. De acordo com informações da assessoria de imprensa do Santos, o corpo seguirá do Hospital Albert Einstein direto para o estádio na madrugada de segunda-feira, 2. O caixão será posicionado no centro do gramado.

A previsão é que o acesso do público seja liberado a partir das 10h. Fãs e torcedores terão acesso ao estádio pelos portões 2 e 3, com saída pelos portões 7 e 8. Autoridades serão recebidas no portão 10.

O velório ocorrerá até as 10h da terça-feira, 3. A partir de então, o corpo de Pelé seguirá em cortejo pelas ruas de Santos, passando pelo Canal 6, onde mora a mãe do Rei, dona Celeste, em direção ao Memorial Necrópole Ecumênica. O enterro de Pelé será fechado para os familiares.
Luto oficial

A morte de Pelé foi confirmada no meio da tarde desta quinta. Por causa da perda, o governador do estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, decretou luto de sete dias.

“Pelé é o maior nome dos muitos atletas que conduziram o Brasil à glória do futebol mundial, o maior gênio do esporte, um embaixador global da nossa arte, talento e simpatia”, disse.

As cidades de Santos, onde Pelé foi revelado, e Três Corações, onde ele nasceu, também decretaram luto de mesmo período. Em nota enviada à imprensa, a assessoria de comunicação de Santos informou ainda que fará homenagens ao Rei em diferentes pontos da cidade e na noite de Réveillon, no dia 31. Detalhes ainda serão divulgados.
Adeus a Pelé

Desde que iniciou tratamento contra o tumor no cólon em 2021, Pelé passou a ir ao hospital com frequência. Durante esse período, o ex-jogador foi submetido a uma cirurgia para retirada do tumor no Albert Einstein, em São Paulo, em setembro do ano passado, além de várias sessões de quimioterapia.

A saúde de Pelé já havia sido assunto no início do ano, quando exames constaram a metástase que atingiu o intestino, pulmão e o fígado do ex-atleta.

Antes do câncer, o Rei do Futebol já evitava aparecer em público por causa dos problemas no quadril. Ele passou por duas cirurgias no local e passou a precisar do auxílio de cadeira de rodas para se locomover. O craque recusou, por exemplo, o convite para acompanhar a abertura da Copa do Mundo da Rússia, em 2018, e também para acompanhar a final da Libertadores de 2020 entre Palmeiras e Santos, no Maracanã, no Rio de Janeiro.
Relembre trajetória

Maior artilheiro da história do futebol mundial, Pelé fez história no Santos, clube que defendeu por 18 anos e conquistou vários títulos importantes, como duas Libertadores da América e dois Mundiais (1962 e 1963).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: