Covid-19: Brasil passa o dobro de mortes da China; 751 confirmadas em 24 h

Os dados mais recentes do Ministério da Saúde apontam que o Brasil chegou a 9.897 mortes em decorrência do novo coronavírus, com 751 óbitos confirmados nas últimas 24 horas, o maior número registrado no período. O recorde anterior ocorrera na quarta-feira (6), com 615.

O Ministério também informou que o Brasil chegou a 145.328 casos do novo coronavírus, com 10.222 novos diagnósticos entre ontem e hoje. Pela segunda vez desde o início da pandemia, o país superou o número de 10 mil casos confirmados em 24 horas.

Com a atualização do governo, o país ultrapassou o dobro do número de mortes da China (4.633). O Brasil tinha alcançado a China nos registros de óbitos por covid-19 no dia 28 de abril. Já no dia 30 do mesmo mês, o Brasil alcançou o país asiático em número de casos da doença.

Segundo o governo, até ontem, ao menos 65.312 pacientes estavam em acompanhamento e 51.370 já se recuperaram da doença.

O Ministério da Saúde tem somado ao balanço diário de óbitos pela doença as mortes ocorridas desde os primeiros casos, mas que só tiveram a confirmação de covid-19 no último dia.

Por conta dessa atualização retroativa, são contabilizados no cálculo diário mortes que ocorreram, por exemplo, há um mês, o que altera consideravelmente a percepção do avanço da pandemia.

Os Estados Unidos já acusaram o governo chinês de esconder relatórios sobre a doença no país, onde teve início a pandemia. As autoridades locais registram que a China tem 84.347 diagnósticos de covid-19.

Já Brasil tem subnotificação de casos e óbitos, indicam estudos recentes. Pesquisas brasileiras apontam que o número de casos aqui pode ser de 12 a 15 vezes maior do que o reportado pelo Ministério.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: