fbpx

Desgoverno e abandono, marcam gestão do prefeito do Assú Gustavo Soares

Apesar do esforço de tentar querer demonstrar responsabilidade com coisa pública, o prefeito do Assú, Gustavo Soares, que vem desrespeitando o Plano de Cargos e Salários dos Servidores e não concede aumento ao funcionalismo desde que assumiu o governo, vem utilizando um Termo de Ajustamento de Gestão – TAG pactuado pela administração municipal e o Ministério Público junto ao TCE/RN, para justificar o desgoverno e o abandono da cidade pela gestão virtual, irresponsável e incompetente.

Com quase dois anos, o prefeito Gustavo Soares, vem enchendo a Prefeitura do Assú de cargos comissionados para atender ao seu irmão e deputado George Soares e outros aliados, além de nomear uma equipe na sua maioria réus condenados e réus acusados de roubar os cofres do município no governo do seu pai. Não tem como a população acreditar num governo que faz este tipo de escolha para tomar conta do dinheiro público.

Nesse período, o prefeito Gustavo Soares que brinca de governar o Assú, enquanto aparece uma ou duas vezes por mês para embolsar a bagatela de R$ 18 mil mensais, usa a mídia paga com dinheiro dos cofres da Prefeitura do Assú para olhar pelo retrovisor e apontar a culpa na gestão passada. Até hoje, o prefeito não criou a famosa guarda municipal, mas contratou uma empresa de vigilancia de Natal, por quase 800 mil para cuidar do patrimônio do municipio.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: