fbpx

DIAS CONTADOS: Valderedo e sua trupe recebem alegação final procedente do MP que decreta inelegibilidade, cassação dos diplomas e mandatos

A trajetória política do prefeito de Ipanguaçu, Valderedo Bertoldo, parece que está com dias contados, depois que o Ministério Público emitiu alegação final como procedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) em documento datado de 04 de abril de 2022.

O documento do MP é bem extenso, decreta a validade e confirmação da medida cautelar de busca e apreensão na casa de Valderedo e nos demais locais, além disso pediu a INELEGIBILIDADE dos demandados VALDEREDO BERTOLDO DO NASCIMENTO, PEDRO JANILDO SOUZA DE ARAUJO JUNIOR, YURI FELDMAN CABRAL DA SILVA, LEANDRO FERREIRA TOME, JOSE NETO COSTA e FRANCINALDO GONZAGA BENTO, pela prática de abuso de poder econômico e político, nos termos do artigo 22, caput e inciso XIV, da Lei Complementar Federal nº 64/90.

O MP pediu também a CASSAÇÃO DOS DIPLOMAS E MANDATOS dos demandados VALDEREDO BERTOLDO DO NASCIMENTO e MARA CARMELITA PESSOA LOPES E LOPES e a CASSAÇÃO DO DIPLOMA de Vereador de YURI FELDMAN CABRAL DA SILVA, por terem sido beneficiados pela prática de abuso de poder econômico e político, nos termos do artigo 22, caput e inciso XIV, da Lei Complementar Federal nº 64/90.

Com esse pedido, os dias estão contados para o prefeito Valderedo e sua trupe que já perdem o sono por perderem a boquinha em plena campanha para governo, onde o prefeito não vai poder exigir de nenhum político qualquer cargo ou outra coisa.

A cidade de Ipanguaçu já está fervendo com as notícias e já tem pessoas influentes na cidade se articulando para uma possível eleição suplementar.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: