Dilma diz que investigadores já sabiam quem era Temer

CONGRESSO PT

Na abertura do 6.º Congresso do PT, nesta quinta-feira, 2, a presidente cassada Dilma Rousseff disse que todas as denúncias contra o presidente Michel Temer eram de conhecimento dos investigadores e acusou parte do Judiciário de usar a lei como “arma de guerra”.

 “Estamos assistindo a esse processo completamente descontrolado e ninguém pode dizer que não estava claro que o que foi gravado não era de conhecimento das instituições de investigação”, afirmou Dilma, numa referência às delações da JBS.

Sob gritos de “Fora, Temer” e “Volta, querida”, a presidente cassada disse que as perguntas enviadas pelo ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ) a Temer, testemunha de defesa, eram um “roteiro” de investigação. “Mais claro, impossível”, provocou ela. Algumas questões feitas por Cunha ao presidente foram vetadas pelo juiz Sérgio Moro. As informações são de O Estado de São Paulo.

Um ano após ser afastada do Palácio do Planalto, no processo de impeachment, Dilma defendeu eleições diretas antecipadas, sob o o argumento de que é uma “questão de sobrevivência” do País, e disse que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é o seu candidato. “Não estou garantindo uma vitória, mas tem de ser garantido o direito de qualquer cidadão brasileiro competir” , afirmou ela. “Perder não é vergonha. Vergonha é ganhar no tapetão, sem voto. É tentar eleger candidato biônico.”

Para a ex-presidente, o Brasil ficará “ingovernável” se não houver reforma política nem democratização dos meios de comunicação. “Não é controle, mas é o fim dos oligopólios”, ressalvou, aplaudida pela plateia. Entre as propostas que devem ser aprovadas no 6.° Congresso do PT está a regulamentação da mídia.

Dilma disse que há uma “tentativa sistemática” de criminalizar o PT. “Estamos vendo o avanço de medidas de exceção”, insistiu. “Quando se rompe a Constituição, tudo se torna possível.”

Sentada ao lado de Lula, antes de discursar, a ex-presidente muitas vezes formava um coração com as mãos e o “jogava” para a plateia. Durante a execução da Internacional Socialista, prejudicada por problemas no som do auditório, Dilma chegou até mesmo a cantarolar alguns trechos do hino.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: