Domingão: graduado em Harvard duvida da plateia e erra Pergunta do Milhão

O cientista de computação Arthur Abrantes, primeiro brasileiro negro a conseguir se formar na graduação de Harvard, nos Estados Unidos, com bolsa de estudos, errou a pergunta que valia R$ 1 milhão do “Domingão com Huck”, mas faturou R$ 300 mil.

Abrantes foi o participante do quadro “Quem quer ser um milionário” deste domingo (5). Na questão milionária, Arthur deveria responder a seguinte pergunta: “O dia 21 de abril marca a fundação das cidades de:”, com as opções de resposta a) Brasília e Londres; b) Brasília e Roma; c) Brasília e Barcelona; d) Brasília e Porto.

O cientista não sabia a resposta e pediu a ajuda da plateia. O público apontou como alternativa correta a letra B, Brasília e Roma, mas Arthur duvidou e preferiu marcar a alternativa C, Brasília e Barcelona. Entretanto, a plateia havia acertado e ele, por não concordar, errou e deixou a competição com R$ 300 mil.

Elogiado por Huck

Arthur Abrantes foi apresentado por Luciano Huck como um prodígio. O apresentador se surpreendeu com a inteligência do mineiro, sobretudo por explicar suas respostas e citar curiosidades a cada pergunta do quadro.

“O cara mais corajoso, louco e genial que eu já conheci. Você é o Brasil que me dá orgulho”, disse Huck.

Abrantes foi o primeiro brasileiro negro que conseguiu se graduar na Universidade de Harvard com uma bolsa de estudos integral. Ele é funcionário de uma startup em Los Angeles, na Califórnia. Segundo contou, com o valor recebido do “Domingão” vai investir em um negócio próprio.

Desde que o quadro “Quem quer ser um milionário” foi lançado, nenhum participante conseguiu sair do programa com o valor máximo de R$ 1 milhão. O participante que mais lucrou no programa foi o professor Rafael Cunha, em 2021, que saiu com R$ 500 mil em dinheiro. Ele poderia arriscar a pergunta do milhão, mas preferiu ficar com a metade do valor a perder o que já estava garantido.

Com informações do Splash – UOL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.