Doria cobra saída de Aécio e cúpula do PSDB se cala

A discussão sobre permanecer ou abandonar o governo do presidente Michel Temer não foi o único momento da reunião do PSDB na noite de segunda-feira em São Paulo em que a cúpula tucana escolheu ficar em cima do muro. O constrangimento que a permanência do senador Aécio Neves (PSDB-MG) na presidência da sigla tem imposto aos tucanos entrou no cardápio indigesto do encontro, mas a maioria dos presentes impediu que a discussão seguisse adiante.

Aécio é investigado em nove inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) e, desde que foi flagrado em uma gravação com o empresário Joesley Batista, dono da JBS, pedindo R$ 2 milhões, está afastado da presidência do PSDB. Entretanto, a falta de uma solução definitiva para a situação dele na hierarquia do partido tem sido alvo de queixas de diversos tucanos. Um deles é o prefeito de São Paulo, João Doria, que, mais de uma vez, pediu publicamente a saída de Aécio da direção da legenda. As informações são de O Globo.

Na noite de segunda, ele fez a mesma defesa para Aécio e outras 14 lideranças do partido na sede do governo paulista. Conforme relatos ouvidos pelo GLOBO, Doria, depois de fazer elogios a Aécio, disse que uma saída definitiva do senador da direção do PSDB seria um gesto de atitude bem-vindo para reduzir o desgaste que a situação tem imposto à legenda.

Aécio reagiu dizendo que cada questão deveria ser discutida a seu tempo. Um outro senador se juntou ao mineiros e disse que não era o momento oportuno para o assunto. Sem mais comentários, a discussão foi encerrada antes de iniciar.

Doria negou nesta terça ter tratado o assunto no encontro, assim como o presidente interino do PSDB, senador Tasso Jereissati. Em entrevista ao fim da reunião, Tasso anunciou que o partido deverá antecipar para agosto uma eleição interna para definir o substituto de Aécio e demais dirigentes.

— Em agosto vamos fazer uma nova convenção que não vai ser só a eleição de uma nova Executiva mas vai haver ampla discussão sobre o futuro do partido — disse Tasso.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: