fbpx

Doria usou jato de advogado em duas viagens

O advogado Nelson Wilians, que emprestou seu jato particular a Doria em pelo menos duas viagens

Embora diga que viaja no próprio avião, em ao menos duas ocasiões o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), usou o jato particular do advogado Nelson Wilians.

O tucano foi a Pirenópolis (GO) e a Palmas (TO) no avião do advogado. A informação foi antecipada pelo jornal “Valor Econômico”. Doria e Wilians têm uma espécie de acordo de permuta –o advogado viajou, por exemplo, a Santiago, no Chile, no avião do prefeito.

Wilians defende Doria e sua mulher, Bia, ambos como pessoa física e também suas empresas. Seu escritório defende clientes em mais de 60 ações contra a prefeitura. As informações são da Folha de São Paulo.

O advogado diz que não há conflito de interesses, “uma vez que o escritório não possui e nunca possuiu qualquer vínculo contratual com a Prefeitura de São Paulo”.

Em setembro, o Ministério Público acatou pedido do PT para investigar se as viagens de Doria têm intuito eleitoral.

A prefeitura disse em nota que Doria, “quando utiliza aeronave de terceiros, o faz no âmbito de um acordo de troca de horas, algo comum e corriqueiro na aviação executiva e que configura espécie de aluguel”.

“Assim, não há qualquer vantagem indevida auferida pelo prefeito”, conclui a gestão tucana.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: