Em dia de debates na CCJ, Temer anuncia R$ 11,7 bilhões para municípios

Resultado de imagem para temer

No mesmo dia em que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara começou a discutir a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva, o governo federal anunciou a liberação R$ 11,7 bilhões para municípios tocarem investimentos em infraestrutura.

Em busca de apoio de prefeitos e de empresários da construção civil, o governo federal vai apoiar os Executivos locais para que as prefeituras criem programas de concessões em infraestrutura.

Os programas já estavam sendo discutido pela equipe econômica, mas ganharam força após a delação dos executivos da JBS ser divulgada, conforme antecipado pelo GLOBO.

Por meio do Ministério das Cidades, serão destinados R$ 3,7 bilhões para a mobilidade urbana, em projetos de pavimentação de ruas, pontos de ônibus, calçadas, ciclovias e ciclofaixas, bicicletários, iluminação e sinalização das vias, e paisagismo.

Sem dinheiro no Orçamento da União, com cortes que atingem todas as áreas do governo, o montante que será destinado aos municípios, no caso dos projetos de mobilidade, será financiado com recursos do FGTS. O Ministério das Cidades vai selecionar os projetos que serão beneficiados, após as prefeituras enviarem as propostas.

Segundo o ministério, serão liberados ainda R$ 2 bilhões aos governos locais para projetos de abastecimento de água, esgoto, e tratamento de resíduos sólidos.

Em outra frente, Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil vão criar uma linha de crédito com R$ 4 bilhões (metade para cada banco) para bancar concessões nos municípios, em projetos de infraestrutura.

Além disso, o Banco do Brasil vai estabelecer uma linha de crédito de R$ 2 bilhões para as prefeituras comprarem equipamentos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: